A querida joalheira Silvia Furmanovich e o sofá lindo da Coleção Mangue, de Ary Perez!

 

Passeando pela “ARTRIO”, feira anual carioca, onde encontramos as mais belas novidades do mundo das artes e cia da cidade, me deparei com o “stand” deslumbrante da joalheira que amamos, Silvia Furmanovich.

 

Adorei a cadeira Mangue, compondo uma dupla mais que perfeita com a Baia de Guanabara!

 

Além das jóias que encantam a todos, fiquei boquiaberta ao conhecer a maravilhosa linha de móveis, luminárias e esculturas que compunham o ambiente, parte da coleção “Mangue”, do “designer” craque, Ary Perez. Eram peças incríveis, concebidas com a mesma força e elegância que caracterizam a natureza rústica e ao mesmo tempo delicada dos manguezais, mas que o traço genial de Perez imprimiu contemporânidade.

 

Vejam que visual as esculturas de caranguejos, que saíram do Mangue pra virarem pura arte!

 

O resultado foi um visual absolutamente impactante que contrastava, com louvor, com a apoteótica Baia de Guanabara, produzindo uma dupla inesquecível! Krajcberg aplaudiria de pé… E eu também! BN

CLIQUE AQUI PARA O SITE DE ARY PEREZ

 

A coleção também tem luminárias lindas como este abajur… Vale entrar no site pra conhecer os lustres e luminárias de pé que são deslumbrantes!

 

Esta é uma das mesas de centro da Coleção Mangue!

 

Detalhe charmosérrimo: os mini caranguejos que funcionam como imãs para “costumizarmos” os móveis… Idéia maravilhosa!

 

 

 

A linda Alexia Deschamps, com sua bolsa produzida da Kataploft

 

Nada mais atual nos tempos de crise do que dar um ar novo aquelas coisas que se tem no armário “abandonadas”,  porque demos um enjoada de tanto usar ou que por tanto uso ficaram desgastadas…

A Kataploft, marca criada por Wiled Silveira, segue conceito do upcycling, recriando acessórios em algo impactante. São bolsas, sapatos, óculos e tudo mais do universo da moda com nova roupagem. Tecidos vintage, broches, brincos, spikes, plumas, pêlos….fazem parte da matéria prima usada no processo. O resultado é pura ousadia. Tudo exclusivo, sem igual. Tudo feito à mão: com cola, agulha e linha.

 

 

 

Segundo Wiled Silveira, que assina as loucuras da Kataploft, a ideia é dar vida e alegria aos modelos. Nada é básico. O funny, o diferente, o brilho, norteiam as criações.

  

 

 

 

 

 

 

KATAPLOFT

(21) 98442-4257

@kataploft

 

A diretora criativa da Joalheria Sara,  nossa querida Laja Zylberman foi homenageada pelo arquiteto David Defizio em uma das quatro novas vitrines da Artefacto. O ambiente de 33 metros quadrados, chamado de “Estar da Joalheira”, trouxe como apostas a utilização de materiais e acabamentos sofisticados, como aço dourado e cristais. “A sobriedade e a tradição presentes nas joias de Laja foram inspiração para o desenvolvimento do projeto. “Busquei retratar ainda a relação da Sara com o a cidade do Rio em uma combinação de elementos como o papel de parede que reproduz um linho e o painel em mármore Carrara destacado por iluminação indireta”, contou David.

 

Com móveis como os sofás Maddox em linho cru, a cômoda Ray em laca branca e as mesas laterais Huis, Halston e Croma, o ambiente agradou a joalheira. “A vitrine ficou a minha cara e retratou ainda minha paixão pelas artes”, elogiou Laja.

 

 

Durante a inauguração do espaço, Laja apresentou a nova coleção da joalheria, inspirada no artista norte-americano Jasper Johns.

AC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...