Antes de ir ao cirurgião plástico, dê uma passadinha no dentista!

 

 

 

É inacreditável o que um simples tratamento dentário pode fazer de diferença no nosso rosto, nas rugas, na expressão…

 

Dr. Marcelo Fonseca

 

Assistam este vídeo, feito especialmente para o 40 FOREVER pelo DR. MARCELO FONSECA, e me digam se não tenho razão!

 

AC

 

 

MARCELO FONSECA ODONTOLOGIA

Av. Ataulfo de Paiva, 226 – Leblon, Rio de Janeiro
Tel: (21) 2512-1100
AC

 

FullSizeRender-1

Victor Patino e MP

 

Meu amigo Victor Patino, depois de passar por todas as grandes marcas como diretor de marketing, na Dior em Paris, Viviane Westwood em Londres, Prada em Milão e Gucci em Florença resolveu se lançar na decoração. Victor é muito craque para isso, tem o maior bom gosto e está fazendo a coleção mais linda de caixas de malaquitas do mundo!

Virou meu sonho de consumo, e acho que o de muita gente, e com certeza vai fazer um sucesso louco mundo afora!

Devo dizer que é realmente muito difícil de escolher pois todas são absolutamente imperdíveis, obras de arte by VP.

 

FullSizeRender-2

Mon grand jardim: Malaquita, prata, turques e rubis.

FullSizeRender-4

Caixa mon grand jardin: Malaquita, vermeil, pérolas e rubis.

FullSizeRender-8

Mon grand jardim: Malaquita, prata, pérolas e rubis.

FullSizeRender-7

Malaquita e prata.

FullSizeRender-3

La sourie voleuse: Malaquita, vermeil, caixa menor.

FullSizeRender-6

Mon petit jardin: caixa de malaquita ( menor) , prata, rubis.

FullSizeRender-5

FullSizeRender

Detalhe do ratinho de vermeil.

As caixas podem ser encomendadas em 3 tamanhos, em malaquita ou ébano, de prata ou vermeil. Victor é um grande criador, desenha cada peça com muita originalidade. Em algumas que não estão fotografadas,  ele utiliza prata que pode ser personalizada com nome e data. Nada mais chique para um lindo presente inesquecível!

Por enquanto Victor está despachando só pela Europa mas em breve estará pelo Brasil também.

MP

Contato: v.patino@hotmail.it

 

Na minha adolescência, domingo de sol com Fla X Flu era “dia de rock”, e olha que sou botafoguense: mas a Cesar o que é de Cesar. Saíamos da praia pro Maracanã, direto e com canastra e depois Carreta que mais tarde virou Plataforma … Farra na veia!

Mas entre o jogo e o jantar era obrigatório para filhos, netos e afins, passar na casa da minha adorada avó, Elisa Gonçalves. E quando o Fluminense ganhava, meu super tio André fazia uma solitária algazarra, numa família que era uma espécie de ONU de torcedores, tinha até representante do América entre nós, mas pó de arroz, só ele mesmo…

E estava incluído, em suas comemorações, um arroz divino e tão visual que até hoje, quando quero abafar, tiro-o de minha cartola: riso tricolore, va benne?!

 

O lindo arroz tricolor que fazia meu tio André vibrar!

 

Só que ele também fica show no natal pois além de combinar perfeitamente com o menu desta festa, tem as cores dela… Portanto, façam-no o ano todo, ele merece! BN
INGREDIENTES:

–1 Beterraba crua lavada e descascada (rosso);
– 1 Molho cru de espinafre lavado: só as folhas (verde);
– 1 Colher de açafrão em pó (bianco ma non troppo);
– 1 Colher de café de curry em pó;
– 1 Kg de arroz Basmati, cozido como as instruções do rótulo ou similar;
– 1 Xícara de azeite, que será divida em quatro partes;
– Sal e pimenta a gosto.

PREPARO:

– Bata, no liquidificador, a beterraba com 1/4 da xícara de azeite, sal e pimenta do reino a gosto;
– Bata, no liquidificador, as folhas de espinafre com outro 1/4 da xícara de azeite e             tempere com sal e pimenta do reino. Passe na peneira e reserve;
– Divida o arroz cozido em três partes;
– Coloque, em uma panela ou frigideira larga, a beterraba mais 1/3 do arroz e mexa delicadamente, até o arroz absorver toda a cor da beterraba. Desligue o fogo e reserve;
– Repita o mesmo processo como o espinafre;
– Coloque, em uma panela, o açafrão mais o curry, a pimenta do reino, o sal, 1/4 da xícara de azeite e mexa até diluir o açafrão e o curry. Acenda o fogo e acrescente a última parte do arroz, até que fique amarelo por igual, sem deixar fritar.
– Preencha uma forma grande de pudim untada com o arroz, fazendo camadas, cada uma de uma cor, até completa-la;
– Quando estiver cheia, aperte com uma colher.

OBS: Este arroz tem que ser enformado, na hora de servir, pra não perder a cor. Aliás, vocês podem monta-lo de outras maneiras e chamar de seu…BN

 

 

 

FullSizeRender-6

Melhor aparelhinho do mundo para tirar bolinhas de casacos.

 

Há uns 3 anos atrás, dei uma dica de como tirar bolinhas de xales de lã, mas esta agora não se compara…

Outro dia andando pelo Leblon, entrei num Bazar que adoro, na Ataulfo de Paiva, e comprei para experimentar uma maquininha de apenas 10 cm, que prometia tirar bolinhas de casacos.

Como todos sabem, mesmo os casacos de cashemire com muito uso, criam estas pequenas bolinhas de lã, muito irritantes! Peguei então um casaco que adoro, pretinho básico, para fazer a experiência e para minha surpresa total saiu TUDINHO sem restar uma única bolinha!

A maquininha é um show e recomendo a todas as donas de casa. Comprei logo duas para reposição futura, pois é um objeto que não posso mais viver sem e garanto que é um sucesso total!

MP

FullSizeRender-1

Muito simples basta botar duas pilhas e ligar .

 

FullSizeRender-3

Neste pequeno reservatório ficam armazenadas as bolinhas que desaparecem do casaco.

Bazar Variedade

Avenida Ataulfo de Paiva 1314/ loja A

Tel: + 55 21 2274 0248

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...