Achei esta a fachada mais triunfal da Casa Cor SP.

Achei esta a fachada a mais triunfal, da Casa Cor SP.

 

Fui à São Paulo semana passada e aproveitei para dar um “rolé” na recém inaugurada “Casa Cor SP 2016”. Extremamente prática e com visual completamente contemporâneo, praticidade é a palavra chave da mostra, que está fazendo o maior sucesso.

Foi difícil escolher alguns dos muitos detalhes que podem inspirar, dá vontade de postar tudo! Fiquem com as fotos e tomara que gostem! BN

 

Achei o jardim da entrada bem sofisticado e bastante masculino...

O jardim da entrada é muito lindo, sofisticado e bastante masculino…

 

Logo à entrada a "Galeria Grassi", de Fabio Morozini: interessante a brincadeira dos espelhos...

Logo à entrada a “Galeria Grassi”, de Fabio Morozini: interessante a brincadeira do biombo/espelho…

 

Sala da Clarice Reed: cheia de charme!

Sala da Clarisse Reade: cheia de charme e objetos encantadores!

 

O loft da craque Paola Ribeiro aproveita divinamente o espaço, com muito aconchego e praticidade!

O “loft” da craque Paola Ribeiro aproveita divinamente o espaço, com muito aconchego e praticidade!

 

A "Casa Braile" de Leo Romano, promete ser, além do mais, uma experiência sensorial: original! (Quando fui, ainda não pode-se entrar no ambiente)

A “Casa Braile” de Leo Romano, promete ser, além do mais, uma experiência sensorial: original! (Quando fui, ainda não pode-se entrar no ambiente)

 

O "Eco Ambiente" de Esther Giobbi cumpre perfeitamente sua missão além de ter "peças" especiais...

O “Eco Ambiente” de Esther Giobbi cumpre perfeitamente sua missão, além de ter objetos especiais e escolhidos a dedo.

 

... Como esta cadeira maravilhosa dos Irmãos Campana, Coleção Cangaço e... (na Esther Giobbi)

… Como esta cadeira maravilhosa dos Irmãos Campana, Coleção Cangaço e… (na Esther Giobbi)

 

... E como este par de armários revestidos de capacho de sisal: super curioso! (também na Esther Giobbi)

… E como este par de armários revestidos de capacho de sisal: super curioso! (também na Esther Giobbi)

 

IMG_0456

Este quarto super romântico da Michele Luz espera, com toda pompa e circunstância, a sua majestade o bebê!

 

Achei bem divertida esta sala de jantar/cozinha: tudo às claras...

Achei muito prática e divertida esta sala de jantar/cozinha, de Guilherme Torres: tudo às claras…

 

Detalhe do armário 2 em 1, para os gelados, do ambiente acima: adega e geladeira lindamente arrumadas podem fazer um bonito enfeitando com louvor. Noves fora que bagunça fica proibido: amei!

Detalhe do armário 2 em 1, para os gelados, do ambiente acima: adega e geladeira lindamente arrumadas podem fazer um bonito enfeitando com louvor. Noves fora que bagunça fica proibida. Reparem, na sequência, o armário de louça, também exposto. Amei, cheio de frescor!

 

Detalhe acolhedor do jardim de inverno de Dado Castelo Branco!

Detalhe acolhedor do jardim de inverno de Dado Castelo Branco!

 

Achei divertida esta mesa de bebidas da "sala de música" de Michel Safatle.

Achei divertida esta mesa de bebidas da “sala de música” quase dramática de Michel Safatle.

 

Objeto quase em extinção mas que adoro: mesa de jogo. Esta, também na sala de música de é muito confortável!

Objeto quase em extinção mas que adoro: mesa de jogo. Esta, também na sala de música de Safatle, é muito confortável!

 

Adorei a colocação desta lareira: além de esquentar todo o ambiente, quase não ocupa espaço!

Adorei a colocação desta lareira: além de esquentar todo o ambiente, quase não ocupa espaço. Pena que esqueci de anotar seu autor(a) …

 

Outro objeto que me chamou a atenção foi esta mesa estilo "centopéia": escultura com atribuição!

Outro objeto que me chamou a atenção foi esta mesa estilo “centopéia”: escultura com atribuição! (infelizmente, não anotei autoria)

 

Original: sofá/äbatjour"

Original: sofá/äbatjour” (Desculpe, mas não sei a autoria).

 

Este "bouquet" roubava a cena da sala chic de Dado Castelo Branco!

Este “bouquet” roubava a cena da sala chic de Dado Castelo Branco!

 

Fecho com detalhe de um dos ambientes que mais gostei: do Roberto Migotto.. Pena que as fotos não ficaram boas!

Fecho com detalhe de um dos ambientes que mais gostei: do Roberto Migotto.. Pena que as fotos não ficaram boas!

 

 

 

A Dra. Patricia Caspary, da Clínica Hexsel de Dermatologia, nos fala hoje sobre o colágeno.

AC

 

A Pele e o Colágeno

 

“O colágeno é um componente muito importante da pele. Ele é responsável por manter muitas de suas funções, incluindo o tônus, a firmeza, a aparência jovem e a estrutura de vasos e outros apêndices.

 

O colágeno está presente de forma importante na segunda camada da pele, a derme, mas é também essencial para a sustentação de outras camadas, como a hipoderme. A produção do colágeno é feita pelos fibroblastos e é mais intensa nos primeiros anos das nossas vidas. Com o passar do tempo, a capacidade dos fibroblastos produzirem o colágeno vai diminuindo. Esse processo modifica a estrutura de colágeno na derme a velocidade de sua instalação é dependente de uma série de fatores. O envelhecimento natural da pele, a herança genética, a falta de nutrientes e a exposição a agressores externos são fatores importantes na determinação da velocidade de degradação do colágeno da nossa derme.

Nos últimos anos, muitos pesquisadores tem estudado a suplementação de nutrientes naturais e outras substâncias que possam não só inverter o processo de degradação do colágeno como trazer outros benefícios a saúde (pois o colágeno também está presente nos ossos, cartilagens, coração, etc). Os nutricosméticos, também conhecidos como pílulas da beleza, são produtos ricos em anti-oxidantes e colágeno, distribuídos por várias empresas. Alguns dos mais importantes componentes dessas pílulas são a vitamina C, os carotenos e o colágeno de origem animal.

 

 

Para suplementação oral o colágeno é extraído de fontes animais como o colágeno bovino, porcino e da cartilagem de aves. Esse colágeno é processado em laboratório, através de um processo chamado de hidrolisação, sendo indicado para a ingestão e absorção pelos humanos. É comercializado em cápsulas, mas também pode ser encontrado nos alimentos (principalmente na gelatina). Alguns estudos em laboratório mostraram a estimulação de produção de colágeno por células articulares e fibroblastos da derme, e também maior retenção de água por estas células. No entanto, não há comprovação científica que a sua ingestão de colágeno resulte em uma melhora do colágeno da derme. Estudos mais robustos e elaborados ainda são necessários para comprovar a sua eficácia.”

 

Um dos muitos produtos disponíveis no mercado! AC

 

Dra. Patricia Caspary

 

OBS: As fotos foram todas selecionadas por mim, AC, para ilustrar o texto mandado pela Dra. Patricia!

 

 

DORIS HEXSEL
doris@hexsel.com.br – www.hexsel.com.br
Clinica Hexsel de Dermatologia
Rua Dr Timoteo 782 – 90570-040 Porto Alegre- RS Fones: (51) 3264 1234 e 3264 7353 Fax (51) 3395 1075
Rua Visconde de Pirajá 550 – Sala 107 – Subsolo – Ipanema – 22410-002 – Rio de Janeiro  Fone/ Fax (21) 2431 0160

 

AC

 

FullSizeRender-1

Victor Patino e MP

 

Meu amigo Victor Patino, depois de passar por todas as grandes marcas como diretor de marketing, na Dior em Paris, Viviane Westwood em Londres, Prada em Milão e Gucci em Florença resolveu se lançar na decoração. Victor é muito craque para isso, tem o maior bom gosto e está fazendo a coleção mais linda de caixas de malaquitas do mundo!

Virou meu sonho de consumo, e acho que o de muita gente, e com certeza vai fazer um sucesso louco mundo afora!

Devo dizer que é realmente muito difícil de escolher pois todas são absolutamente imperdíveis, obras de arte by VP.

 

FullSizeRender-2

Mon grand jardim: Malaquita, prata, turques e rubis.

FullSizeRender-4

Caixa mon grand jardin: Malaquita, vermeil, pérolas e rubis.

FullSizeRender-8

Mon grand jardim: Malaquita, prata, pérolas e rubis.

FullSizeRender-7

Malaquita e prata.

FullSizeRender-3

La sourie voleuse: Malaquita, vermeil, caixa menor.

FullSizeRender-6

Mon petit jardin: caixa de malaquita ( menor) , prata, rubis.

FullSizeRender-5

FullSizeRender

Detalhe do ratinho de vermeil.

As caixas podem ser encomendadas em 3 tamanhos, em malaquita ou ébano, de prata ou vermeil. Victor é um grande criador, desenha cada peça com muita originalidade. Em algumas que não estão fotografadas,  ele utiliza prata que pode ser personalizada com nome e data. Nada mais chique para um lindo presente inesquecível!

Por enquanto Victor está despachando só pela Europa mas em breve estará pelo Brasil também.

MP

Contato: v.patino@hotmail.it

 

91dae8dde833db20e7069a63b963d580ae86072f-2

O lindo salão do “Tour d’Argent” com sua vista estarrecedora!

 

Depois de um longuíssimo e tenebroso inverno, curei minhas saudades gastronômica voltando a um dos templo da “grande mesa” mundial. Diziam que tinha perdido muito, qual nada! Foi muito bacana reencontrar, igual, este lugar mágico, de comida e bebida divinos, ícone da história da culinária francesa, cuja trajetória confunde-se com a da própria Paris, que o acolhe.

 

Jantei com amigos por lá, numa noite muito feliz! Reparem o "balela" dos funcionários, ao fundo...

Jantei com amigos por lá, numa noite muito feliz! Reparem, ao fundo,  o “ballet” dos funcionários…

 

Sim, o restaurante “La Tour d’Argent” continua elegante, solene, cheio de “savoir faire” e também de alguns japoneses, brasileiros, americanos… Mas e daí? Assim é a aldeia global. Noves fora o impacto que sentimos, mesmo os acostumados, ao nos deparamos com a vista mais espetacular da cidade: emoção pura.

 

A elegancia dos "adoçantes" na hora do café...

A elegancia dos “adoçantes”, na hora do café…

 

Mas pato vai, “cave” vem, o desfile das grandezas deste paraíso é insuperável e foi-me acrescido, nesta última ida, de uma preciosa informação, que inspirou este post.

 

Seu divino "Miel Maison"...

Seu divino “Miel Maison”…

 

Falo do mel “homemade”, servido com a infusão digestiva, no final das refeições. Ele é, simplesmente, divino e sua origem chiquíssima. Feito, diariamente, por um experiente profissional que o extrai de um apiário local, que guarda mais de 200.000 mil abelhas, sob as telhas do restaurante. Adorei saber que mesmo o maior dos requintes guarda um toque de singela delicadeza, em sua feitura. O detalhe é que por sua raridade, o consumo é restrito ao restaurante e não encontramos exemplares pra comprar, nem no “Les Comptoirs de La Tour d’Argen”, loja anexa que vende algumas das maravilhas do restaurante.

São mesmo fantásticos alguns shows desta vida… Como este! BN

 

Esta é o imperdível "Les Comptoirs de La Tour d'Argent... Deli mil!

Esta é o imperdível “Les Comptoirs de La Tour d’Argent… Deli mil!

 

CLIQUE AQUI PARA O SITE DO RESTAURANTE “LA TOUR D’ARGENT”!

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...