A CHARMOSA ZURIQUE DE KARIN SODRÉ!

 

Que linda esta cidade... Vou por Zurique no meu roteiro...

Que linda esta cidade… Amaria conhecê-la…

 

Este post maravilhoso nasceu de minha tentativa de assassinato à palavra FONDUE quando privei-a de seu eterno e imprescindível E…

Atenta e generosa, nossa amiga leitora e advogada competentíssima, Karin Sodré, escreveu-me encantadora mostrando o deslize e, conversa vai email vem, nos deu a imensa alegria de contar sua recente viagem à Zurique. Sigamos com ela! BN

 

As irmãs Julie e Karin Sodré, ilustradora e advogada, respectivamente: Competência e simpatia! Noves fora a tendência para emagrecer... Vejam as tortinhas que as duas nos mostram!

As irmãs Julie e Karin Sodré, ilustradora e advogada, respectivamente: Competência e simpatia! Noves fora a tendência para emagrecer, como diria AC… Vejam o “lanchinho” das fofas!

 

ZURIQUE, POR KARIN SODRÉ:

“Inspirada num post sobre Fondue, do 40 Forever, e desafiada a passar algumas dicas sobre Zurique aqui estou eu. Quanta honra!!

 

Bahnofstrasse

Eis a bombada Bahnhofstrasse toda engalanada para o natal: Luxo só! BN

 

Passei uma semana nesta cidade suíça encantadora. Foram 6 dias intensos de muito trabalho mas entre uma reunião e outra, também deu para aproveitar a Bahnhofstrasse (principal rua de Zurique onde o comércio bomba! As melhores marcas estão nesta rua, assim como os principais centros de compras Globus, Jelmoli e Manor – uma perdição!!!) e conhecer alguns dos melhores restaurantes da cidade.

O tempo esteve maravilhoso com pouquíssimos momentos de chuva e temperaturas em torno dos 14ºC. Se não fosse a agenda intensa certamente eu teria passado dias inteiros passeando pelos lindos parques, visitado os incríveis museus e o Zoo ou simplesmente andado de bicicleta ao redor do Zürcher See. Fica para uma próxima!

 

O maravilhoso restaurante Kronenhalle: Preciosidades nas paredes!

O maravilhoso restaurante Kronenhalle: Preciosidades nas paredes, como karin nos contou. BN

 

De qualquer forma, graças ao trabalho, tive a oportunidade de conhecer restaurantes fantásticos que valem o registro para que visitem quando estiverem na cidade:
– O primeiro deles é o Kronenhalle (Rämistrasse 4). Trata-se de um restaurante tradicional suíço frequentado por banqueiros, artistas e empresários; segundo me explicaram: “pessoas que querem ver e serem vistas”… À parte desta observação pouco democrática o local parece mais uma grande galeria de arte com obras de Chagal e Picasso espalhadas pelas paredes! Uma viagem no tempo… A comida também é um capítulo à parte – simplesmente maravilhosa!! Comecei com uma sopinha de aspargos (aliás, a temporada de aspargos havia acabado de começar) e terminei com o famoso zürcher geschnetzeltes mit Rösti (espécie de picadinho com batata rosti).
– Uma segunda dica é jantar no restaurante Pavillon no Hotel Baur au Lac (Talstrasse 1). O lugar é lindo, perto do lago de Zurique e com uma proposta mais leve. O serviço é impecável e a atmosfera divina – em homenagem, Bossa Nova como trilha sonora de nosso jantar!
– A terceira dica fica por conta de um tradicional restaurante italiano que também merece uma visita – Bindella (In Gassen 6); fica perto da Bahnhofstrasse e da Sprüngli (uma confeitaria dos Deuses que fica na Paradeplatz! Lá são vendidos os famosos Luxembürgeli (pequenos macarons) e chocolates de todas as formas. Só pelo cheirinho já vale a visita! No segundo andar há o restaurante, ou melhor, uma casa de chá/café com pequenas tortas divinas e que devem engordar só de olhar). Tirando a Sprüngli, recomenda-se fazer a reserva tanto para almoço quanto para o jantar.

 

O "Tram" de Zurique lembra os trens elétricos cariocas dos 60ties... Saudades deles!

O “Tram” de Zurique lembra os trens elétricos cariocas dos 60ties… Saudades deles! BN

 

Em termos de locomoção, todos (independente da classe social) utilizam o Tram (trem urbano) que passa com hora marcada. A compra dos bilhetes é feita através de máquinas nos próprios pontos. Apesar da rara fiscalização todos compram os seus tíquetes: Uma super lição de civilidade… Portanto, durante o dia, esqueçam o taxi (que, aliás, é caríssimo).

 

Eis o famoso pesto que a Karim nos conta a seguir: To sentindo o gostinho daqui!

Eis o famoso pesto que a Karin nos descreve a seguir: To sentindo o gostinho daqui! BN

 

Uma última dica é conhecer uma região que fica a quatro estações do Technopark (use a linha 4 do Tram). Fugindo um pouco do centro de Zurique tive a surpresa de conhecer este local construído em baixo de uns arcos abandonados. É uma área mais alternativa com diversas lojinhas de arte, design, moda, restaurantes (escolhemos um italiano com um pesto incrível) e bicicletas (as mais transadas e caras que já vi na vida…). Um ótimo programa para se fazer após o check-out…”. Karin Sodré

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “A CHARMOSA ZURIQUE DE KARIN SODRÉ!

  1. Zurich e imperdivel. E gloriosa, chique e com um astral altissimo! Bjs, Blindesimas e, obrigada por ter brought back exceptional memories.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *