VALE VER DE NOVO: O LINDO “CHÂTEAU DE FERRIÈRES, DA FAMÍLIA ROTHSCHILD, VIRA ESCOLA DE EXCELÊNCIA EM HOTELARIA E GASTRONOMIA… LUXO SÓ!

Château de Ferrières, um dos símbolos da elegância e requinte francês!

Château de Ferrières, um dos símbolos da elegância e requinte francês!

 

Devo este post à minha querida amiga Marina Sauer que, como eu, ama a elegância e beleza, com pitadas de tradição. Por isso, quando leu o novo destino do “Château de Ferrières”, situado nas cercanias de Paris e um dos símbolos do estilo da família Rothschild, encantadora, correu pra me contar e eu pra vocês, “bien sûre”!

 

Exif_JPEG_PICTURE

Vejam a beleza do bosque que o circunda…

 

Encomendado, no final do século XIX, pelo Barão James de Rothschild ao arquiteto inglês, Joseph Paxton, Ferrières instalou-se na cidade francesa de Ferrières-en-Brie, ganhou estilo renascentista italiano, quatro torres que o identificam, um bosque lindo “à sua margem” e história de conquistas e reconquistas, paralela à história da própria França.

 

Os barões de Rothschild, Guy e Marie-Helène em seu baile surrealista...

Os Barões de Rothschild, Guy e Marie-Helène, em seu baile surrealista: nesta época, Ferrières era o castelo mais elegante de toda França!

 

Salvador Dali no baile surrealista, logicamente: a classe artistica pontificou em "Ferrières" de MH!

Salvador Dali, como não podia deixar de ser, no baile surrealista: a classe artística pontificou na era MH!

 

Até se firmar, nos “sixties”, sob a batuta dos requintados Barões Guy e Marie-Helène de Rothschild, como o palco das festas mais exclusivas do país, que misturava o “crème de la crème” da sociedade européia, como os Barões de Waldner, os Príncipes de Mônaco e os Duques de Windsor à artistas bombados, que iam de Brigitte Bardot a Salvador Dali, passando por Mstislav Rostropovich, Audrey Hepburn, Yves Saint Laurent e quem mais brilhasse.

 

A beleza da fachada renascentista do castelo!

A beleza da fachada principal, no estilo renascentista, do “Château de Ferrières”!

 

Em 1975, a generosidade do casal doa Ferrières à Universidade de Paris, já com o intuito de associa-lo à atividade acadêmica. Porém no começo, ele é utilizado apenas como ponto turístico, imperdível, a ser visitado. Um destino ok, mas não à altura de seu passado.

 

O "Château de Ferrières" depois da reforma que o transformou numa escola de excelência!

O “Château de Ferrières” depois da reforma que o transformou numa escola de excelência!

 

Por isso, vibrei quando soube que o grupo francês Accelis, especializado na indústria do luxo, investiu 25 milhões de euros transformando o castelo de sonho na “Escola Ferrières”, o primeiro centro de excelência do país para o estudo de hotelaria, gastronomia, enologia e luxo, “à la française”…

 

IMG_4068

Um dos salões do castelo, depois de reformado!

 

Programada para abrir neste outono, junto com o recomeço do ano letivo francês, a Escola comportará um campus de 20 mil M2, que abrigará até 1500 alunos, sendo metade deles estrangeiros. Os números de suas instalações são grandiosos e comportam 10 salas de aula, uma biblioteca, adegas e salas de “degustação” de vinho, cozinhas profissionais, auditório com 500 lugares, 2 restaurantes de aplicação, uma butique e um “hotel, resort e spa” quatro estrelas, para treinamento dos estudantes.

 

Ferrières, "escola de excelência, à francesa!"

Ferrières, “escola de excelência, à francesa!”

 

A parte acadêmica está sob a tutela de Jean-Robert Pitte, seu presidente de honra e ex presidente da Universidade da Sorbonne e grande defensor da gastronomia francesa, classificada em 2010 como “Patrimonio Imaterial da Humanidade”, pela UNESCO.

 

Uma sala de aula em Ferrières: luxo só!

Uma sala de aula em Ferrières: luxo só!

 

E uma butique para treinamento.

E uma butique para treinamento…

 

O curso, em Ferrières, funcionará como um “pós bacharelato”, terá algumas versões, dependendo do interesse e afinco do aluno. Clique aqui para todas as informações!

Antes de ir, tenho que confessar: me deu uma vontade louca de voltar a estudar… BN

 

Eis o restaurante-escola "Le Baron"... O outro, o "Le Chai" vai abrir também para o público!

Eis o restaurante-escola de “Ferrières”, “Le Baron”, que luxo chê… O outro, o “Le Chai”, vai abrir também para o público: quero conhecer!!!

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *