BN e Lupe Moreira, num dos recantos mais lindos da face da terra: a orla da Urca e sua vista surreal!

Fiz um programa mágico com minha amadíssima amiga, Lupe Moreira, destes que vou levar na memória, dos 40forever!

Aproveitando a maravilhosa dobradinha, estiagem / lua cheia, que o início de fevereiro nos ofereceu, com dias radiosos e noites prateadas, ela me convidou para almoçar no Bar da Urca e foi tão divino, que resolvi contar pra vocês.

Eis o Bar da Urca, em dose dupla: embaixo, atendimento “prêt-a-porter”, no balcão. Em cima, o restaurante, “haut couture”: os dois são tudo de bom!

Senhora de um bom gosto supremo e sempre modesta, Lupe me avisou que era um restaurantezinho, bonitinhos, gostosinho, na Urca, mas que eu ia amar. Deixei os superlativos, em casa, e segui atrás dos “inhos”, sem nenhuma expectativa.

A primeira surpresa foi ao chegar: me deparo com um bar e uma portinha, ao lado, e mais ou menos umas cinquenta pessoas, tentando se aproximar de qualquer um deles! Antes que eu tivesse tempo de esboçar o meu espanto, surge um “moço”, simpaticíssimo, chamado Armando, me perguntando se eu era a Bebel. Mesmo que não fosse, teria dito que sim: pode subir, que sua amiga te espera!

Esta é a passagem, quase secreta, para o delicioso paraíso da Urca!

Daí pra frente, eu tinha chegado “in heaven” e estava prestes a descobrir: o Bar da Urca foi fundado pelo craque, Seu Gomes, o mais antigo empresário “dos balcões” da cidade, em 1972. Calejado pelo sucesso, ele foi o mentor de lugares bombados “do ramo”, até idealizar sua obra prima, que eu acabava de conhecer, e que administra com os “Aramandos”, pai e filho, um deles o gentil “moço” que me resgatou.

Olhem o restaurante, com Armando Filho na vigilia…

Entro, procuro a Lupe e encontro, com ela, um charme de lugar, cheio de boa energia, alegríssimo e um espaço muito bem aproveitado: nossa mesa era comunitária, compensando um “beco arquitetônico”, com uma vista estonteante da Baia de Guanabara e o maravilhoso serviço da casa.

Noves fora o menu, onde pontifica a “ancienne cuisine” portuguesa, como nos restaurantes Mosteiro ou Adegão Portugues: nos esbaldamos com o caldinho de peixe, bolinhos de bacalhau, pastéizinhos e empadas divinos. Pra arrematar, uns camarões grelhados + cervejinha gelada, que ninguém é de ferro!

Olhem que show: a vista que tínhamos, de nossa mesa “de pista”, que incluia montes de jovens que frequentam o bar de baixo. Encostados na mureta, curtem sua cervejinha, acompanhada dos bons bocados servidos pelo balcão: o Rio também é uma festa!  

Estávamos sentadas ao lado do senhor de camisa branca. E com toda privacidade: o bom arquiteto adaptou um corredor, que virou um mesão!

Tudo isso, ao som de um papo delicioso, que deixaram encantado, o meu coração. Notaram que recuperei meus superlativos, pois sem eles, seria um texto injusto…

Agora, passo à região prêt-a-porter, ou melhor, pra zona do balcão, que deu fama a este lugar de sonho!

Aí, um time treinadíssimo de funcionários, como os da foto, dão conta de um batidão daqueles, das 6:30 da matina às 23:30. É uma festa pra os olhos ver a mureta, em frente, repleta de jovens batendo papo, curtindo a vista linda, as famosas empadas de camarão e cia!

Sucesso é isto, o resto é brincadeira!

O balcão do bar, que dá nome ao lugar, o da Urca, e suas atrações super stars!

Close up no balcão e suas vedetes!

Pra vocês que conhecem esta jóia há tempos, me desculpo pela ignorância… Mas pra quem o Bar da Urca for uma boa nova, aconselho que vá curti-lo agora, no auge do verão: é um programa imperdível! BN

Rua Cândido Gaffrée 205, Urca, ao lado do Forte São João.
Telefone para reserva: 21 2295 8744

SITE!

 

Este post tem seção masculina e feminina.

Homens, cliquem aqui por favor e divirtam-se!

 

Mulheres, continuem aqui!

Este assunto é de uma falta de glamour total, então mandei todos eles para o site da Ferrari enquanto nós tratamos do assunto do nosso interesse!

Para não ficarmos assim:

Temos que prestar atenção nesta idéia brilhante que a brasileira Renata Pacheco, do Espírito Santo, teve e criou: o Sutiã COLOLISO. O nome já diz tudo né?

Essa embalagem super fofa voce guarda debaixo do travesseiro

Depois que “todos” já tiverem dormido no seu quarto, você tira esta almofadinha mágica e coloca

entre os seios!

Renata diz : “quando nós mulheres dormimos de lado (decúbito lateral), que é a nossa posição preferida, um seio cai sobre o outro induzindo a formação de rugas. Buscando solucionar esse problema, “rugas do sono”, surgiu o COLOLISO, sutiã  que usado ao dormir previne a formação das rugas de colo e, além disso, quando as rugas já estão instaladas, auxilia os tratamentos terapêuticos. O COLOLISO pode, ainda, ser associado a tratamentos dermatológicos, com o fim de aperfeiçoar o seu resultado. Isso porque, a sua utilização auxilia na formação de colágeno na região, tornando mais eficaz o tratamento de rugas de colo. E para mulheres que dormem de bruços e usam silicone, ou estão na época pré-menstrual(mamas doloridas) o sutiã COLOLISO diminui a pessão entre as mamas e o colchão.”

Isso é pra ficar com este look FOREVER!

 

 

Clique aqui para o site do COLOLISO!

OU: contatos com Renata Pacheco

(27) 3225-2011 e (27) 3227-1984

renata@renatapacheco.com.br

AC

fachada da loja

Outro dia, passeando pela Cobal de Botafogo, reencontrei Seu Aníbal Patricio, um simpático português que me conhecia desde pequena, da casa de minha avó Dulce Marcondes Ferraz, onde naquela época já ia ajudar a servir os vinhos. Me emocionei quando ele me lembrou de como minha avó recebia bem, e de todos os detalhes de sua casa…

Seu Aníbal veio para o Brasil com 7 anos, é farmacéutico de formação e seu amor pelo vinho vem desde a infância, pois sua família produzia vinhos para consumo próprio.

Há 7 anos se dedica a sua loja “Esprito do Vinho”, onde começou apenas com vinhos portugueses, e hoje com o “boom” do vinho no Brasil tem vinhos do mundo inteiro ( Hungria, Cróacia, Eslovenia, França, Italia….)

Aníbal dá duas sugestões excepcionais para o verão carioca: um ótimo Rosé chamado “Graça”, vinho Alentejano, feito artesanalmente ( produção de apenas 4.800 garrafas), o rótulo é feito pela própria produtora, preço R$ 55,00. Estou louca para provar! E um branco francês feito com uva Gross Manseng preço R$ 60,00. Este também é super artesanal, tudo home made. Como a França produz coisas incríveis…

No “Espirito do Vinho” se encontra vinhos de 28 reais a 28 mil reais (Petrus safra 1981) a variedade é incrível! Vale a pena uma passadinha….

MP

Tel: ( 021) 2286-8838 ou 2535-0070

Visual da loja

 

Variedade de Porto

Seu Aníbal com seus vinhos excepcionais....

 

Adorei o quadro de rolhas!

Champagnes....Prosecos...

 

Cristal...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...