A unanimidade, Glória Severiano Ribeiro, amiga querida e embaixatriz de Hollywood, no Rio de Janeiro, passa a vida socorrendo a quem precisa e, nas horas vagas, distribuindo gentilezas. Amo atender a seus convites para sessões de pré estréia, como fiz semana passada, e saí encantada pelo lindo filme francês, “Os Artistas”, que ela nos ofereceu!

Que petulância do diretor, Michel Hazanavicius, conceber, no técnológico século XXI, um filme mudo e sem cores, mas cheio de charme e romance, que nos faz mudar de idéia mil vezes, durante sua apresentação, em como enquadra-lo, pra chegarmos à simples conclusão, que estamos diante de uma belíssima homenagem à sétima arte, em seu estado mais depurado: a era do cinema mudo!

Fui vê-lo, em total inocência, por isso sentei, como uma “tábula rasa”, sem noção do que vinha pela frente e isto foi muito bom, pois meu queixo quase caiu, ao perceber aonde eu estava metida: revival, vintage, túnel do tempo, nostalgia, revisita, releitura são alguns dos adjetivos que, isolados, não têm forças para classifica-lo. Mas, quando somados, chegam ao destino desejado por Hazanavicius, e com louvor!

Seu filme é maravilhoso por ser, igualmente, um somatório de suas partes: brilhantes atuações (especialmente, do Clark Gable, Jean Dujardin), cenários e figurinos divinos, história muito bem contada, direções (musical, de arte, de elenco, de filme) impecáveis. E seu maior mérito é jogar, nas nossas caras,  que cinema mudo também é tudo de bom! Vale mil ingressos seus! BN

 

 

Downton Abbey é uma série de televisão britânica, que segue os Crawley, uma família aristocrática inglesa, e os seus empregados no início do século XX (1912).

A série ganhou 6  Emmys e está batendo todos os records de audiencia na TV americana. As atrizes Jessica Brown-Findlay, Laura Carmichael e Michelle Dockery, as tres irmãs da série, chamam a maior atenção pela elegancia e pelas roupas lindas de época usadas nas gravações.

O elenco todo dá um show de interpretação. A trama é muito boa e os cenários são lindos! Recomendo vivamente!

AC

E aqui, o trailer:

 

AC

Uma das mais antigas marcas de luxo renasce com discrição. Em Abril será lançada a “FAURE LE PAGE”marca criada por Augustin de Búffevent. Ele trabalhou alguns anos como diretor do Dior em Paris e agora resolveu criar sua própria marca.

Comprou o número 1 da Rue Cambon, em Paris , a primeira loja que pertenceu a Madame Chanel, o que já é um bom “debut”, fez um cocktail esta semana onde só algumas puderam comprar as elegantes ‘cabas”. Achei lindas mas parecidas com as da Goyard. Aguardem o lançamento oficial vai dar muito o que falar…

O anúncio da marca em primeira mão

 

Os escudos da marca

Silvia Amélia de Waldner já estreando a sua 'Faure le page"

 

Stephanie de Rothschild mulher de Augustin

 

MP

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...