Delícia pra comer sem culpa. Depois, haja César!

Amanhã é dia de São João, que junto com Santo Antonio e São Pedro compõe a trindade homenageada pelas festas juninas.

Para entrarmos no clima, conto a receita do arroz doce mais chic que conheço, sobremesa típica do cardápio de arraial que a sofisticação francesa deu seu toque de classe, unindo-o à uma compota de morango: de comer rezando!

INGREDIENTES PARA O ARROZ DOCE:

(Para 6 pessoas)
3 xícaras de medida ou 300 gramas de arroz de grão curto;
600 ml de leite;
1 fava de baunilha, partida ao comprido;
2 colheres de sopa de açúcar granulado;
150 ml de creme de leite fresco

PREPARO: 

-Coloque o arroz num coador e lave-o muito bem até a água sair completamente limpa. Deixe-o escorrer bem;
– Ponha o leite nema panela média, acrescente a fava de baunilha e o arroz lavado. Leve ao fogo até ferver;
– Reduza o fogo e deixe o arroz cozinhar lentamente, mexendo frequentemente, durante cerca de 30 minutos ou até o arroz estar macio e cremoso;
– Adicione o açúcar, mexa e transfira a mistura para uma tijela grande;
– Retire a fava de baunilha, cubra a superfície com plástico aderente e deixe esfriar;
– Numa outra tigela bata o creme de leite ligeiramente;
– Quando o doce estiver frio, misture vagarosamente o creme de leite batido.
– Sirva com uma compota de morangos.

INGREDIENTE PARA A COMPOTA DE MORANGO: 

-2 caixas de morangos grandes e bem lavados;
– 2  xícaras de açúcar light União;
-3 xícaras de água mineral sem gás, para a calda de açúcar;
-1 xícara de água mineral sem gás, para o morango.

PREPARO: 

-Fazer uma calda com o açúcar e a água, até chegar no ponto de fio, reservar;
-Bater no liquidificador 1 xícara de água e seis morangos;
-Juntar o morango batido com a calda em ponto de fio que estava reservada. Deixar ferver por 5 minutos, retirando a espuma que fica por cima.
-Junte os morangos restantes e ferva por dois minutos.
Está pronta: agora é só morrer de comer e, depois, correr pra Proforma! BN

Esta é uma corruptela da versão original, para os puristas que querem os morangos, ao vivo e a cores: Basta toda calda com eles batidos!

 

Convidei Adriana Lacerda para nos contar sobre o sensacional trabalho que o artista VIK MUNIZ está fazendo durante a RIO+20 no Museu de Arte Moderna no Rio de Janeiro:

AC

 

Vik Muniz

“Se você já admira o trabalho do artista plástico Vik Muniz, assista ao documentário Lixo Extraordinário e apaixone-se ainda mais pelo seu talento e percepção humana. No documentário, indicado ao Oscar, a arte de Vik mostrou para o mundo a vida dos catadores de lixo do aterro sanitário de Gramacho, no Rio de Janeiro, que gerou polêmica ao anunciar este mês que fechou as portas.

E nesta semana repleta de eventos durante o Rio+20, Vik Muniz criou uma instalação de arte no Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro, onde reproduziu uma imagem da Baía de Guanabara.

A obra, chamada Paisagem, feita de lixo reciclado, foi transformada em um projeto colaborativo, contando com a ajuda de cidadãos que levaram milhares de peças de “lixo” como garrafas de plástico, papelão, embalagens, latas, sacolas plásticas, etc…

E o interessante é que quem leva material reciclado pode colocá-lo, ele mesmo, na instalação, com a orientação da equipe. E com isto, o artista emana o sentimento de humanidade, de que juntos somos mais do que individualmente. Que cada um tem um papel e pode fazer a sua parte.

Vik comentou que diferente de outras obras onde o artista reserva para si o mérito, neste caso, ele achou mais interessante tornar a obra em uma experiência onde todos fazem parte.

Para ver a paisagem na sua totalidade, é preciso subir uma passarela construída dentro de um galpão que abriga a obra de arte. E perceba, a imagem fica mais nítida na foto que no olho nu.

A instalação é de 30m x 40m, e durou três dias para tomar forma, onde cada dia é completada pelos participantes.

Vik, que é de uma simplicidade e simpatia, disse que não vai mudar o mundo com esta obra, mas criou um espaço de reflexão, fazendo as pessoas pensarem e questionarem o que podemos fazer com materiais que não damos valor.

O lixo, algo feio, pode se tornar em algo belo.”

 

A Ministra da Cultura, Anna de Holanda, e Vik Muniz

 

Adriana Lacerda, do blog Escapismo Genuíno, para o 40 FOREVER

Atualmente existem inúmeras opções para manter a boa forma e a saúde.

Segundo uma amiga nutricionista, conhecedora de tudo que nos leva a uma qualidade de vida melhor e que é fã de carteirinha do lema: somos o que comemos! Me deu duas dicas   a Chia e o Goji Berry e eu super recomendo.

A Chia é uma semente mágica de origem mexicana, parece gergelim com sabor de nozes. Os estudos mostram que ela era cultivada desde 2600 a.C. E que os astecas e maias usavam para aumentar a resistência física. Uma pesquisa mostrou que é ótima para baixar a pressão arterial e diminuir o nível do colesterol ruim, entre inúmeros outros benefícios. Aliás Gwyneth Paltrow é fã numero um deste grão.

GWYNETH PALTROW

 

A semente

 

Vitamina de chia

O Goji Berry é de origem chinesa e muito utilizada na Medicina Chinesa. Tem poder antioxidante e combate os radicais livres e o envelhecimento precoce. Também estimula o colageno, prevenindo a flacidez.

A fruta.

Podemos encontrar estes grãos sensacionais para o nosso dia-a-dia em casas de produtos naturais e farmácias de manipulação.

E depois é só esperar e se deleitar com as mudanças em nosso organismo. Alias o nosso corpo Agradece! MP


Arthur (fashion week) Hue!

Hoje é véspera do alegríssimo dia em que comemoramos São João, sua festa é a mais genuína e querida do calendário brasileiro.

Por isso, escolhi um Look para entrarmos no clima. Quem o porta é nada mais nada menos que o cachorro mais fashion que conheço, Arthur F. Hue, cujo pai, caprichosíssimo, é o amigo do peito do BLOG e maravilhoso arquiteto José Hue.

Vejam, na foto de cima, o que ele encomendou ao craque figurinista Reinaldo Elias, o mesmo de Zorra Total, para Arthur usar nesta temporada junina! BN 

CONTATO DE REINALDO:
Tel: 21 9971 4521

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...