Bom dia!
“CRISTO É VIVO” diria eu para vocês se estivéssemos hoje, domingo de Páscoa, na Rússia Imperial. E a vossa resposta seria: “ELE É VIVO DE FATO!”

 

 

Aprendi esta saudação, e muito mais, no maravilhoso livro “Os Ovos de Fabergé”, de Toby Faber, Editora Record. A pretexto de contar a vida e obra da família de joalheiros Fabergé, ele acaba tecendo o fio da meada da revolução russa de uma maneira inusitada, até seu fatídico final, sem perder de vista a interessante história da casa de jóias mais importante do país e seus preciosos ovos.

 

Alguns dos 54 “Ovos Imperiais” que Fabergé fez para a família real russa. Sobreviveram 46, espalhados mundo afora.

 

Que não por acaso foram inventados pelo tzar Alexandre III, na Páscoa de 1885, quando encomendou o primeiro, o ovo “Galinha”, para presentear sua adorada Maria Feodorovna, transformando em jóia a tradição ancestral da troca de ovos de galinha enfeitados no dia da comemoração da Ressurreição de Cristo, símbolizando a vida renovada pela “esperança da passagem”, na festa religiosa mais importante da Igreja Ortodoxa russa.

 

O ovo “Galinha” : o primeiro dos ovos imperiais, encomendado por Alexandre III na Páscoa de 1885, inaugurando o último sinônimo de esplendor da Rússia tzarina. Aparentemente sem mais, a grande surpresa é que o ovo, copiando uma boneca “matrioshka”, continha esta gema acima, feita de ouro e dentro dela uma galinha, idem, idem.

 

O “Ovo Militar em aço”: o último a ser feito, na Páscoa de 1916, presente de Nicolau II a imperatriz Alexandra. A surpresa do ovo é esta miniatura de quadro sobre cavalete, que mostra uma cena de Nicolau II junto com seu filho e herdeiro Alexei, debruçados sobre mapas com oficiais de alta patente, já que estavam em plena Primeira Guerra.

 

O requintado presente acabou tornando-se obrigatório, na família real, até a abdicação de Nicolau II ao trono da águia bicéfala, em 1916. Um a um, somente os ovos imperiais vão sendo descritos no livro com minúcia de detalhes, uma leitura curiosa e rica. Adoro pontos de vista pitorescos para antigas histórias, têm sempre a acrescentar.

 

Este é Peter Carl Fabergé que comandava a joalheria russa mais emblemática, na época dos “Ovos Imperiais”!

 

Fabergé produziu, em tese, 69 ovos, sendo 54 os chamados imperiais, isto é, os encomendados pelos tzares Alexandre III, seu idealizador, e Nicolau II, que prosseguiu com o hábito paterno, até sua renúncia ao trono. Os temas, pra confecção dos ovos, giravam em torno de datas comemorativas do império, referências à vida pessoal da homenageada ou ainda tradições russas.

 

A linda tzarina Maria Feodorovna a inspiradora do luxo dos luxos, os ovos Fabergé!

 

A Imperatriz Alexandra Feodorovna, deslumbrante e também musa inspiradora.

 

As tzarinas Maria Feodorovna e Alexandra Feodorovna foram as únicas inspiradoras e “recebedoras” do presente pascal mais requintado da face da terra, os ovos imperiais de Fabergé, eles o último sinônimo de esplendor da Rússia czarista. BN

 

ALGUNS OVOS ENCOMENDADOS POR ALEXANDRE III:

O “Ovo Relógio da Serpente Azul”, de 1887, no qual a lingua de uma serpente indica a hora, é lindo em seu trabalho de esmalte espetacular. Este e o ovo “Galinha” foram os únicos que sobreviveram, da década de 80.

 

O lindo ovo “Memória de Azov”, presente da páscoa de 1891 de Alexandre para Maria… O grande barato é que eles sempre traziam uma surpresa em seus interiores.  Aqui, é o lindo navio em que viajavam os dois filhos do casal real, na época da Páscoa.

 

 

Ovo “Palácios Dinamarqueses” de 1890, de Alexandre para Maria, relembra a terra natal da tsarina e é feito de liga tonalizada de ouro, coberta por esmalte absolutamente polido: Hi tech!

 

Um lindo mini biombo com cenas da Dinamarca era a surpresa do ovo acima. Até hoje nossos ovos de chocolate copiam esta prática de presentes velados.

 

ALGUNS OVOS ENCOMENDADOS POR NICOLAU II:

O lindo ovo “Coroação” que Nicolau deu para a imperatriz Alexandra, em 1897, comemorando a deles, é considerado por muitos, a obra-prima de Fabergé.

 

O espetacular ovo de 1900, “Transiberiano”, que trazia como surpresa a réplica miniatura do trem, em ouro maciço: celebra o feito que permitiu à Rússia dominar os mercados da Ásia, “das praias do Pacífico aos pés do Himalaia”.

 

Em 1901, Nicolau presenteou a mãe Maria Feodorovna com o ovo “Palácio Gatchina”, baseado na sua casa de veraneio.

 

E no mesmo 1901, o ovo de Alexandra foi o “Flores Selvagens”. Flores para Alexandra, gravidérrima da sua quarta filha, Anastasia.

 

O deslumbrante ovo de 1903, “Pedro, o grande” quem ganhou foi Alexandra, comemorando os 200 anos a fundação de São Petersburgo pelo tsar Pedro, o grande.

 

O ovo “Kremlin”, de 1906, foi dos mais elaborados, representa a linda catedral Uspenski.

 

Ovo “Iate”, de 1909, que comemorava o novo barco do casal real.

 

Para Maria Feodorovna, em 1910, o ovo “Alexandre III Equestre” fez a sua Páscoa, pois relembrava seu adorado marido.

 

O “Ovo Inverno”, da Páscoa de 1913, foi concebido por Alma Pihl, das poucas mulheres que desenharam para a joalheria. Encomendado por Nicolau II para a mãe Maria Feodorovna: dos mais lindos!

 

Que vossa Páscoa seja muito especial e que nós todos, de alguma forma, renasçamos com ela.
Beijos das 40FOREVER AC, BN e MP

 

 

 

Há 5.000 anos, quando os persas queriam desejar felicidade a alguém, ofereciam ovos de galinha, símbolo de fecundidade e renovação. O costume veio para a Europa e começou a ser praticado na festa de Páscoa, que comemora a ressurreição de Jesus Cristo. O domingo de Páscoa marca o fim da Quaresma, período de jejum dos fiéis que, entre outros alimentos, não podiam comer ovos. Assim, no dia do renascimento de Jesus, os católicos comiam a produção de ovos acumulada durante este período…

Na véspera da Páscoa, data sagrada da ressurreição de JESUS CRISTO, e de se comer muitos chocolates, nada melhor do que se falar de uma marca consagrada mundialmente!

A Auer, fundada em 1939 em Geneve, fabrica um dos melhores chocolates do mundo, estilo “provou gamou”, ( e engordou, claro!). O negócio está na quinta geração da familia de fabricantes de chocolate.

Hoje, a confeitaria de luxo da Auer, faz trufas frescas e chocolates pra lá de tentadores que podem ser encontrados não só lá mas pelo mundo quase todo, até na India! Em embalagens lindas, os chocolates também podem ser comprados pela internet! Dieta online, já era!

AC

 

 

 

 

 

Inspirem-se porque amanhã é dia! Chocolate até dizer “chega”!!!! Comam sem culpa, faz bem pra saúde!

Feliz Páscoa, desde já, pra todos voces!

AC, BN e MP

 

AUER

www.chocolat-auer.ch

RUE DE RIVE, 4, GENEVE
TEL: +41- 22- 311 42 86

AC

Não conheço nada mais incrível, lindo e caprichado que a Páscoa na casa de minha amiga Melissa Gontijo. É um luxo total! Tudo é decorado para esta ocasião. Os centros de mesas, os guardanapos especialmente bordados de coelhinhos, milhões de ovos de chocolate espalhados por todo canto e flores maravilhosas. Cada detalhe é pensado, para cada cantinho da casa uma surpresa encantadora, vejam as fotos ….

MP

Melissa linda toda de roxo!

Uma das maravilhosas mesas!

Um dos centros de mesa…

Outro centro de mesa…

Mais um…

Adoro a família de coelhinhos com o cesto de ovos para distribuir…

Outra mesa linda.

O roxo predomina… mas nada é por acaso. O roxo é a cor da quaresma na igreja católica. 

Vejam o detalhe do coelho bordado!

Mesa infantil…

Mais surpresas…

Esta família de coelhos está linda!

Reparem o detalhe da estante! 

Sensacional!

Amei estes coelhos de palha e ráfia…

Linda a cestinha…

Este casal de coelhos de buxinho está demais…. 

Ana Maria Gontijo com sua filha Melissa e suas netas Ana Maria e Ana Cecilia.

Fofa esta miniatura!

Que delícia! Mas só para comer no Domingo de Páscoa!

MP

Minha querida amiga Tereza Penna acabou de mandar esta dica sensacional!

A Dior acaba de lançar um top coat em gel que promete uma unha com superfície lisa, um brilho incrível, além de prolongar a permanência do esmalte nelas.
O produto é como um esmalte em gel, e pode ser usado em cima de seu esmalte comum sem a necessidade das lâmpadas de LED para secar.
As unhas ficam impecáveis por 15 dias! Dica maravilhosa para quem vai viajar, pois nós sabemos a dificuldade que é achar uma boa manicure em qualquer que seja seu destino!

MP

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...