Vejam que maravilha para apoiar nossos copos nos braços desequilibrados dos estofados…

 

Num almoço na casa deslumbrante de uma amiga, eram tantas maravilhas para admirar que fiquei tonta: difícil listar um rol interminável dos detalhes mais elegantes.

Porém, achei irresistível mostrar pra vocês um acessório especial, por sua precocidade, pelo conforto que imprimiu ao sofá onde estava colocado e, além do mais, primeiro era inédito na minha vida decorativa e inacessível para todos, já que não existe mais a loja que o concebeu!

Portanto, como diriam no Instagram #ficaadica… Quem sabe alguém não inspira-se e resolve produzí-lo?! Tomara, quero muito e vocês? BN

 

Vejam, mais de perto, que show!

 

Roberto Diniz, foi meu professor de computação no Rio de Janeiro e também um amigo da família, vejam que interessante seu blog que já é grande sucesso em Portugal! Trata se de um blog sobre investimentos imobiliários em Portugal​ e várias outras questões sobre o pais.

 

 

“Nasci no RJ, na década de 50, sou cidadão brasileiro e português, neto de quatro avós portugueses e fui criado como se português fosse.

Aqui, nas ruas de Lisboa, estou em casa e sinto-me, aos 60 anos, retornando a infância.
​Decidi emigrar e logo pensei, na sempre, “Saudosa Terrinha” dos meus entes queridos​.

Desde que conheci… Portugal, foi um caso de amor imediato.

No Brasil, fui professor e consultor por muitos anos e gostava muito do que fazia mas faltava-me um pouco de paz e harmonia que havia perdido ao longo dos anos.

O Rio de Janeiro mudou e eu não consegui me adaptar!

Então, chegou a minha hora de partir… Aqui estou bem, sinto e creio que voltei no tempo. Vivo nas ruas lisboetas um encontro singular e idêntico ao tive no passado com um Rio de Janeiro que conheci, amei e só vive, apenas, nas minhas memórias, o Estado da Guanabara dos anos de 1960.

Aqui, junto de Fernando Pessoa, a minha paz voltou!”

A ideia de criar o Blog veio do enorme interesse,​ por parte de brasileiros, em saber ​todos os tipos de ​informações sobre Portugal.
Como é viver no “País das Quintas”, o mercado de imóveis, trabalhar, vistos de residência, custo de vida, documentos básicos necessários, o dia a dia, etc.

Roberto fez um blog chamado BLOG DO SEU AMIGO CONSULTOR e para saber mais sobre este pais clique AQUI  e conheça todas as dicas…

MP

 

Mesa linda que espera um jantar encantador, organizado pela querida Beth Accurso!

 

A queridíssima Beth Accurso, além de empresária de mão cheia, é também uma super dona de casa, perfeição é seu codinome…

 

Close no capricho da Beth: lindo as romãs misturadas ao centro de mesa de orquídea!

 

Por isso, quando ela contou, num chat que temos, sobre um jantar de “reisado”, que estava organizando em volta da mesa para a ala jovem de sua família, todo D.O.C. (De Origem Caseira) como amamos, pedi que fizesse post de presente pra vocês, tal a maravilha do relato. Como “de brinde” vieram duas receitas divinas, desmembrei-o e por isso, muito em breve, teremos outro post com a sobremesa. Sigamos com ela, acho que irão amar! BN

 

Vejam a beleza da “galette des Rois” do jantar da Beth: os Reis Magos devem ter vibrado! 

 

O “REISADO” DE BETH ACCURSO!
“Adoro “Dia de Reis”, cresci com esta tradição pois mamãe sempre comemorou este dia como um segundo natal e dizia: “O reisado é o verdadeiro dia de troca de presentes”. E assim, trouxe esta tradição para minha família, quando casei.

Para comemora-lo, caprichei na mesa onde misturei romãs aos arranjos de flores, que são invariavelmente de orquídeas, as minhas favoritas. Sempre faço tudo em casa com a preciosa ajuda de Lúcia, minha fiel escudeira, que espalhou romã para cada um dos convidados, “buona fortuna”!

Para o jantar, resolvi testar uma salada grega que adoro, ficou maravilhosa, por isso conto a receita pra vocês!

 

Deliciosa, elegantérrima e fácil de fazer: Tudo de bom a salada grega da Beth! BN

 

SALADA GREGA

INGREDIENTES (PARA 6 PESSOAS):
– 3 Tomates maduros,
– 1 Pepino comum,
– 1 Cebola roxa pequena,
– 100g Queijo Feta em peça,
– 1/3 Xícara de chá de azeitonas pretas gregas,
– Azeite a gosto,
– Sal e pimenta-do-reino (moída na hora) a gosto.

PREPARO:
– lave, seque e corte os tomates, cada 1 em 8 gomos, da seguinte maneira: Dispense as tampas dos tomates e coloque o restante na tábua, cortando-os em cruz e depois em X, para obter as 8 partes,
– Ponha o tomate cortado em 1 peneira,
– Misture a eles 1 colher de chá de sal e deixe “desidratar” por meia hora (esta desidratação vai deixa-lo mais canudo),
– Descasque a cebola e corte-a em cubos médios e coloque em uma tigela,
– Cubra com água e gelo e deixe gelar até a hora de montar a salada (a água gelada diminui a ardência da cebola),
– Lave e seque o pepino,
– Com a ponta de um garfo, raspe sua casca no sentido do comprimento (as ranhuras formadas ajudam a reter o molho, por isso o pepino fica mais bem temperado),
– Depois de “lanhado”, corte o pepino ao meio e a recorte as duas metades em “meias-luas” com 1cm de espessura,
– Corte o queijo Feta em cubos de 2cm,
– Fatie as azeitonas, jogando fora os caroços,
– Coloque os tomates, já “desidratados”, em uma nova tigela,
– Escorra a água da cebola e junte-a aos tomates,
– Misture também o pepino fatiado, as azeitonas e, finalmente, o queijo Feta,
– Tempere com bastante azeite e a pimenta-do-reino, moendo-a na hora: quantidade a gosto,
– Sirva!
OBS: Cuidado com a quantidade de sal pois o Feta já é bem salgado”.

 

Nick a postos, esperando os convidados: ano que vem vamos todos! BN

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...