Esta é uma típica "mansão" nas árvores, igual à dos nossos sonhos infantis: Tarzan aprovaria!

Esta é uma típica casa nas árvores, igual à dos nossos sonhos infantis: Tarzan aprovaria!

 

Quem nunca cultivou, na infância, o sonho da casa própria em cima daquela manqueira de estimação, bem no fundo do quintal da casa de campo da avó preferida? Era quase certo ela transformar em fantástica realidade, nosso desejo de sermos os “Tarzan & Jane” tropicais: as queridas davam a vida pra nos ver felizes, não é verdade?

 

São mágicas pra mim, até hoje, estas casas suspensas pela carpintaria e os sonhos infantis!

São mágicas pra mim, até hoje, estas casas suspensas pela carpintaria e os sonhos infantis… Imaginem a Chita curtindo esta escada!

 

No meu caso era impossível, já que a minha vó Elisa morava num simpático apartamento, no coração de Ipanema… Mesmo assim, vi materializar-se minha porção Jane numa inesquecível casinha, em cima da árvore mais frondosa da fazenda de minha tia, também Elisa, no interior de São Paulo: As estrelas nunca nos deixam na mão.

 

Delícia olhar para estes pequenos reinos encantados por fadas e seres fantásticos!

Delícia olhar para estes reinos encantados por fadas e seres fantásticos: esta é gigante, dá pra morar cobras e lagartos!

 

Até hoje guardo, vivíssimas, as lembranças do medo terrível que sentia nas noites passadas naquele lugar mágico, invariavelmente transportada pela minha fértil imaginação, para os confins de um reino improvável, construído com a minúcia dos detalhes mais perigosos que aprendia, durante o dia, nos filmes e livros prediletos.

 

Esta já é para o Tarzã quando se acha Rei das Selvas, em estilo palacete...

Este modelo é perfeito para o Tarzã quando no “mood” Rei das Selvas: o estilo é de palacete, tem até antena parabólica!

 

Dormir era o de menos quando chegava, a minha vez, no rodízio de candidatos para pernoitar na nossa selva imaginária. Já subia apavorada por seres terríveis que brotavam, sem parar, da minha pequena cabeça de menina assombrada. Íam de cobras voadoras  a fantasmas nada camaradas, passando por terríveis morcegos, estes verdadeiros e frequentadores assíduos das frutas do pomar onde pousava aquela casinha minúscula, feita de madeira e sonho das crianças que nela brincaram.

 

Amei esta versão arejada... Na África não rola, mas na selva da minha infância, cairia como luva!

Amei esta versão arejada… Na África não rola, mas na selva da minha infância, cairia como luva!

 

Hoje, tento achar uma explicação que justifique ter feito toda questão de passar tanto medo velado: acreditem, nunca tive coragem de contar, para meus companheiros de farra e férias, o quão me era doloroso fazer parte daquela aventura noturna… Dar bandeira não faz parte da cartilha dos pequenos!

 

Outra inovação nos domínios da família mais famosa da África: versão triplex...

Outra inovação nos domínios da família mais famosa da África: versão triplex…

 

Lembrei destas bobagens ao me deparar, dia destes, com a fotografia de uma casa nas árvores. Fui juntando à outras que apareceram e montei este post para, quem sabe, inspirar alguma de vocês, mães, tias e avós amantíssimas que, mesmo contemporâneas, continuam com um pé no mundo da fantasia… Já os meus, nunca os tirei de lá! BN

 

Muito fofa, com ponte e tudo!

Muito fofa, com ponte e tudo!

 

A Jane, que não é boba, encomendou uma piscina para os dias de calor: eu amei!

A Jane, que não é boba, encomendou uma piscina para os dias de calor: eu amei!

 

Tarzã está podendo, não acham?!

Tarzã está podendo, não acham?!

 

Outro condomínio a la Tarzã: esta moda pegou!

Tarso entrou no ramo das casas pré-fabricadas… Vai bombar!

 

E vocês pensam que a família não sofisticou? vejam que linda a mais nova casa suspensa da Mme Jane!

E vocês pensam que a família não sofisticou? vejam que linda a mais nova casa suspensa da Mme Jane… Arquitetura de primeira!

 

Roberto Diniz, foi meu professor de computação no Rio de Janeiro e também um amigo da família, vejam que interessante seu blog que já é grande sucesso em Portugal! Trata se de um blog sobre investimentos imobiliários em Portugal​ e várias outras questões sobre o pais.

 

 

“Nasci no RJ, na década de 50, sou cidadão brasileiro e português, neto de quatro avós portugueses e fui criado como se português fosse.

Aqui, nas ruas de Lisboa, estou em casa e sinto-me, aos 60 anos, retornando a infância.
​Decidi emigrar e logo pensei, na sempre, “Saudosa Terrinha” dos meus entes queridos​.

Desde que conheci… Portugal, foi um caso de amor imediato.

No Brasil, fui professor e consultor por muitos anos e gostava muito do que fazia mas faltava-me um pouco de paz e harmonia que havia perdido ao longo dos anos.

O Rio de Janeiro mudou e eu não consegui me adaptar!

Então, chegou a minha hora de partir… Aqui estou bem, sinto e creio que voltei no tempo. Vivo nas ruas lisboetas um encontro singular e idêntico ao tive no passado com um Rio de Janeiro que conheci, amei e só vive, apenas, nas minhas memórias, o Estado da Guanabara dos anos de 1960.

Aqui, junto de Fernando Pessoa, a minha paz voltou!”

A ideia de criar o Blog veio do enorme interesse,​ por parte de brasileiros, em saber ​todos os tipos de ​informações sobre Portugal.
Como é viver no “País das Quintas”, o mercado de imóveis, trabalhar, vistos de residência, custo de vida, documentos básicos necessários, o dia a dia, etc.

Roberto fez um blog chamado BLOG DO SEU AMIGO CONSULTOR e para saber mais sobre este pais clique AQUI  e conheça todas as dicas…

MP

 

Pirei quando vi esta amostra de tear com inspiração na grande arte do Mestre Athos Bulcão: lindeza by “Maison Wolff-Siqueira!

 

Minha querida Ana Luisa Wolff-Siqueira, “interior designer” de mão cheia, aproveitou o bom gosto e requinte que Deus lhe deu para desenvolver uma linha de acessórios para casa, todos feitos em tear de tricô e para tanto criou a “Maison Wolff-Siqueira”.

 

Vejam como enfeitam a cama: como manta ou travesseiro “personalizado” com nossas iniciais!

 

Tem jogos americanos lindos como este…

 

… Ou este!

 

Ficam lindas como almofada…

 

Vejam quanta variedade delas!

 

Quando soube destas maravilhas produzidas por ela, quis logo mostrar pra vocês: sempre é maravilhoso refrescar os “looks” da nossa Cama & Mesa. Pois vejam, nas fotos, quantas lindezas, não acham? Pirei! BN

 

Também adorei os presentes da “Maison-Wolff-Siqueira”

 

Caixa linda…

 

Presente pronto pra seguir viagem e encantar alguém que a gente ama!

 

CONTATO MAISON WOLFF-SIQUEIRA:
+55 21 98111 0403

INSTAGRAM: @maison.wolffsiqueira

 

Gloria Maria, amiga querida do nosso BLOG, nos contou que toma diariamente este chá (pouquinho, pra economizar, de tão raro que é!).
BIRD’S NEST TEA, feito da saliva de um passarinho raríssimo, que deixa rastros nos ninhos, só encontrado na Tailândia e na China.
Dizem que este é um segredo milenar chinês para manter a juventude ( oba!), ter energia e conservar a elasticidade da pele.
Deve ser tudo verdade, porque nossa Gloria Maria está um espetáculo!
Palmas pra ela!
P.S. Se alguém for à China, avise-nos, queremos todas o chá!

AC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...