OS BASTIDORES DA CASA COR X INTELIGÊNCIA EMOCIONAL!

 

As lindas e competentes “Patrícias”, Quentel e Mayer enfeitando o nosso BLOG!

Hoje o BLOG está em festa pois recebe a preciosa visita da queridíssima “3Plus”, Patrícia Mayer, musa da elegância e do savoir-faire. Ela vem nos falar, justamente, sobre “saber fazer”, um tema sempre atual e mais que necessário.

É que junto com a queridíssima sócia, Patrícia Quentel, organizam a maravilhosa exposição de decoração “Casa Cor”, aqui no Rio, há anos, com toda competência e sem nenhum estresse aparente. Será? Para sabermos dos bastidores do maior evento de decoração de nossa cidade, passo a palavra pra quem sabe de tuuudo! BN

PATRÍCIA MAYER: OS BASTIDORES DE CASA COR X INTELIGÊNCIA EMOCIONAL!

” Como é lidar com tanta gente ao mesmo tempo? Essa é uma curiosidade comum do bastidor da Casa Cor Rio, evento que organizo com minha sócia, Patricia Quentel, há 22 anos.

Mas, apesar das muitas estórias que temos para contar, considero importante avaliar o que, na verdade, mais me marcou nesses anos todos à frente desse grande evento. O meu maior ganho, sem dúvida, foi aprender a lidar com o outro,  aprimorar a minha inteligência emocional – essencial para bem viver, em qualquer área de atuação.

Nesta edição que agora começa a deslanchar- e inaugura dia 3 de outubro indo até 19 de novembro- já esta na hora de novamente colocar essa virtude em prática. E é justamente nos bastidores do evento, no chamado making of, que este jeitinho conciliador de lidar com o ser humano precisa funcionar de verdade.

Nessa primeira fase, iniciada há umas 3 semanas atrás, começamos a eleger o “elenco” do evento. O casting, o mix de arquitetos consagrados, os novos valores, seleção realizada com muito critério e baseada nas nossas observações ao  longo do ano. Nossas fontes são publicações da área impressas  e digitais, indicações de arquitetos veteranos, fornecedores…

Lista completa e convites feitos, passamos à primeira etapa:  a escolha dos ambientes pelos arquitetos no imóvel, a esta altura já totalmente configurado para a edição, respeitando sua arquitetura, vocação e tema que vamos desenvolver. Este ano o evento acontece na antiga Casa Do Estudante, na Av. Rui Barbosa, que começou como hotel e foi também internato da Escola de Enfermagem Anna Néri. Um imóvel com vocação para receber- a temática que vamos trabalhar. A implantação do evento no imóvel foi realizada  pelo arquiteto Mário Santos, profissional de extrema criatividade  e competência, que tem estado ao nosso lado esses anos todos.

Cada profissional convidado, este ano são 55 ambientes, deve escolher três ambientes que realmente gostaria de fazer, em visitas realizadas ao longo de cerca de 1 semana. Alguns chegam certos do ambiente que querem, outros passam horas e até dias em dúvida. Acontece que grande parte quer o living, ou a sala de estar ou de jantar, considerados os ambientes “nobres” da casa. Nesse ponto a inteligência emocional entra em ação: tentamos  ponderar, caso a caso, através de exemplos, que nem sempre são os nobres os que fazem mais sucesso. No passado, ambientes como esses  já perderam em sucesso com imprensa e público até para lavanderia de 10 m²…

A partir dai, e até a inauguração do evento, dá-lhe inteligência emocional. Conciliar as escolhas  dos arquitetos com os espaços disponíveis, oferecer outros a quem não conseguiu ficar com suas preferências…missão delicada. E, durante a obra, etapa que agora se inicia, quando o número de pessoas trabalhando na casa pode chegar a mais de 400 ao mesmo tempo, entre pessoal de obra, fornecedores, equipes dos arquitetos, etc, um  período movimentado e, confesso, muito estressante,  em que a temperatura vai subindo ao passo que se aproxima o deadline para os ambientes ficarem  prontos para as fotos. E haja paciência com os nervosismos, egos! De repente, todo mundo ali quer seus 15 minutos de fama, do arquiteto expositor ao assistente, fornecedor, marceneiro, pintor…Do lado de cá, do “comando geral”, é preciso transmitir tranquilidade, praticar o amor ao trabalho, aceitar os ossos do ofício e, de novo, usar e abusar da famosa inteligência….

Evento inaugurado, é hora de lidar com o público e bem recebê-lo, ouvir elogios e críticas. E mais uma vez, colocar em prática nossa experiência adquirida,  no agradecimento, na explicação, no pedido de desculpas, e por aí vai: um exercício constante, aprendizado e legado de vida, nesta missão que é a Casa Cor!” Patricia Mayer

CLIQUE AQUI PARA O SITE DA CASA COR E SAIBA DE TUDO SOBRE O EVENTO!

VEJAM DOIS ÂNGULOS DA FACHADA DO LINDO CONJUNTO ARQUITETÔNICO DA AVENIDA RUI BARBOSA ONDE ACONTECERÁ A CASA COR 2112 ( Estas lindas fotos foram tiradas pela craque Kitty Paranagua)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *