A ARTE DE USAR O CHAPÉU

 

images

A linda Romy Schneider super elegante de chapéu.

 

A ORIGEM DO CHAPÉU

A palavra vem do latim capa, capucho, ou seja a peça do vestuário feminino e masculino usada para cobrir a cabeça, podendo ser de milhões de materiais diferentes.

No decorrer da história, o chapéu teve variantes, como turbantes e as tiaras, sempre com conotação social. Para marcar esta distinção na antiga Roma, os escravos eram proibidos de usar chapéus.

 

kate-middleton-tiara1

A linda tiara de Kate Middlenton

 

 

Pode ter conotação politica como o bonet rouge do partido republicano francês ou conotação religiosa, como os chapéus dos papas, cardeais e bispos.

Através do chapéu expõe-se a caracteristica de um povo, como os cocares dos índígenas ,  os turbantes usados pelos Sikkis indianos, ou chapéus pontiagudos de palha trançado com motivos geométricos que os chineses usam para a colheita de arroz. E os diferentes tipos de chapéus eclesiásticos que definem o status social dentro da hierarquia religiosa.

 

 

Kopfbedeckung

O turbante de um indiano Sikkis.

 

A rainha da Inglaterra por exemplo está sempre com seus modelitos coloridos. Não acho nada elegantes e muito carnavalescos!

 

rainha-3

A Rainha Elisabeth e seus chapéus coloridos!

 

 

Na Idade Média, as mulheres eram obrigadas a cobrir o cabelo com um tecido branco por motivos religiosos. Esse costume evoluiu para as mantilhas espanholas e os véus das noivas. Nos países muçulmanos, nos vemos ainda a obrigatoriedade do uso do chaddor ou burka pelas mulheres, preservando as das tentações mundanas.

 

burca-mulher

Uma mulher de burka

 

As primeiras chapeleiras surgiram apenas no final do século XVIII quando pessoas de qualquer classe social começaram a usar chapéu. Nos anos 30 o chapéu começou a fazer parte do vestuário feminino. No inverno os chapéus de veludo, pele ou feutro servem para esquentar, e no verão os de palha ou tecido para proteger do sol.

 

QUANDO USAR UM CHAPÉU

Saber usar um chapéu não é missão tão fácil. No Brasil, apesar do sol quente em que vivemos, não temos muito este hábito. Eu acho muito elegante usa- lo para um casamento no verão, que começa durante o dia, ou num almoço no campo. Tudo na vida é uma questão de bom senso, e como chapéu a noite não tem nenhuma utilidade, a regra é retira-lo e JAMAIS usa-lo a noite!

Sempre uso chapéu para ir a praia, pois acho lindo um belo chapéu de abas grandes para me protejer do sol. Para as crianças é sempre essencial o uso dos chapéus!

 

b48fc3b7e506e010c2f9f8ab0e1a2565

Que tal este chapéu da Sofia ?

 

O boné é considerado o chapéu mais usado no mundo, por toda a juventude e pelos esportistas, Tiger Wood, o campeão de golf, não tira de jeito nenhum. O capacete também é considerado o chapéu protetor para os esportes, tem que ser usado para moto, esqui e bicicleta.

Tenho que confessar que ADORO um chapéu bonito para uma ocasião especial, é sempre irresistível e muito elegante!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 ideias sobre “A ARTE DE USAR O CHAPÉU

  1. Acho chapéu um acessório muito chique se usado corretamente, em hora oportuna e modelo adequado para a ocasião, mas que pode ser um desastre como vemos constantemente pelo correr da história das celebridades e de algumas ilustres desconhecidas também… os casamentos e derbys da vida que o digam rsrs

  2. A Rainha Elizabeth, por motivo de segurança, deve sempre vestir-se com uma única cor para se destacar em qualquer local que esteja. Sua cor predileta é azul.
    Acho-a sempre própria, com chapéus adequados a sua
    idade. Devem sempre ter abas pq ela não pode estar
    em público de óculos escuros assim como as bolsas que precisam ter alças para que ela tenha as mãos livres. Ninguém usa chapéus ou fascinators como as inglesas, mesmo que mais excêntricos, mas sempre com muita personalidade!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *