BETINA SAMAIA A FOTÓGRAFA

Convidei minha querida amiga, e maravilhosa fotógrafa Betina Samaia para nos explicar com suas palavras seu ultimo trabalho fotógrafico,

MP

“A fotografia que me interessa é aquela que procura e procura e desbrava e revela quem somos.

As imagens que guardamos dentro e procuramos descobrir fora são imagens que trabalham com o que Jung chama de arquétipos, com o nosso inconsciente coletivo. Quando esta imagens aparecem gostamos ou deixamos de gostar por razões absolutamente pessoais e nos relacionamos com elas porque revelam chaves para os nossos mistérios.

Roland Barthes dizia que uma pessoa realista entende que a fotografia não é uma cópia da realidade mas sim que é pura mágica, uma emanação química do passado. Para mim a realidade de uma fotografia é interior.

O deserto nos  dá a dimensão de quem somos e do que representamos. O silêncio, a comunhão, a solidão, o caos do deserto servem de espelho. A seca e as águas, a beleza e a aparente monotonia criam um conflito que leva à reflexão, e é disso que eu gosto. Não há caminhos no deserto, não há trilhas, cada um faz o seu.

Joseph Campbell dizia, se você já sabe os passos que vai dar então este não é seu caminho.

Aquí não existem viagens iguais, os caminhos são  únicos . Cada um traça sua própria pegada e precisa correr o risco de seus proprios passos.”

Betina Samaia

 

Não só é uma grande fotógrafa como uma grande poetiza. Picasso também dizia esta frase  parecida com a de Joseph Campbell : “Si l on sait exactement ce que l on va faire à quoi bom le faire? – Si sabemos exatamente o que vamos fazer para que faze lo.

 

Clique na imagem para ampliar

 

Clique na imagem para ampliar

 

Clique na imagem para ampliar

 

Clique na imagem para ampliar

 

Clique na imagem para ampliar

 

Clique na imagem para ampliar

 

Clique na imagem para ampliar

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 ideias sobre “BETINA SAMAIA A FOTÓGRAFA

  1. Parabéns!! Linda matéria, ótimo texto! A Betina é uma artista excelente que inspira todos nós. Ela tem a vantagem de ser formada em psicologia e a fotografia contemporânea tem um elo muito estreito com as aventuras da mente.
    abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *