Captura de Tela 2016-08-23 às 11.38.59 PM

Nesta minha sequencia de Musas do século XX, continuo aqui com a artista que foi considerada um dos maiores sex símbolo de todos os tempos: Norma Jeanne Morteson. a famosa Marilyn Monroe ( 1926 à 1962 ). Ela morreu com apenas 36 anos e marcou um século como poucas artistas o fizeram.

Nascida em Los Angeles, ficou órfã muito cedo, viveu em lares adotivos e orfanatos, e lutou a vida inteira contra a depressão, ansiedade e vicio.

Casou se a primeira vez com apenas 16 anos com James Dougherty ( de 1942 à 1946 ), depois casou se com um jogador de beisebol, Joe Dimaggio ( 1954 à 1955 ) e no ano seguinte com o dramaturgo Arthur Muller ( 1956 à 1961), mas todos terminaram em divorcio.

Apesar de sua morte precoce, seus filmes arrecadaram mais de duzentos milhões de dólares.

 

Captura de Tela 2016-08-23 às 11.39.53 PM

 

Ela foi convidada para cantar ” happy birthday “, no aniversário do presidente americano John Kennedy, que foi seu amante. E este happy birthday se tornou um dos mais famosos do mundo! Contam que seu vestido foi costurado no corpo, de tão apertado que era, e sua voz virou um mito de sensualidade.

Vejam…

 

 

Adoro esta foto de um grande fotografo que conheci em Paris;  Willy Rizzo.

 

Captura de Tela 2016-08-23 às 11.55.25 PM

DIAMONDS ARE GIRL ‘S BEST FRIEND…..delicia de musical e que foi um grande sucesso internacional.

 

Marilyn foi considerada um dos maiores ícones da cultura popular americana do século XX, são  poucos os rivais de Marilyn Monroe em popularidade, incluindo Elvis Presley e Mickey Mouse. O American Film Institute, nomeou-a como a sexta maior lenda da história do cinema nos Estados Unidos, e foi incluída na lista dos norte-americanos mais significantes de todos os tempos.

MP

Captura de Tela 2016-05-19 às 5.41.36 PM

 

Brigitte Anne Marie Bardot ( 28 de Setembro 1934 ) foi o simbolo sexual dos anos 50 /60, eleita pela revista Times como um dos 100 nomes mais influentes da história da moda.

Seu primeiro filme ela tinha apenas 17 anos “Le trou normand” e no mesmo ano casou-se com Roger Vadim, que faria com ela o filme de maior sucesso de sua carreira “Et Dieu cria la femme “( E Deus criou a mulher ). Ela era um mito na Europa e nos Estados Unidos.

 

 

Além de ser a responsável pela popularização de Saint Tropez, na França, ao se mudar para lá no verão de 1964, Brigitte Bardot também mudou a vida de uma pequena cidade do litoral do Rio chamada Búzios, onde ficou hospedada em suas visitas pelo Brasil.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.01.04 PM

Bob Zaguri e Brigitte Bardot.

 

Foi na companhia do namorado Bob Zaguri, um playboy e produtor marroquino, que viveu muitos anos no Brasil, que Brigitte conheceu Buzios. Depois de sua visita ter sido acompanhada diariamente pelos jornais e recheada de fotografias, Búzios foi ‘descoberta’, e virou até município, se tornando um dos pontos mais sofisticados e procurados do verão brasileiro e internacional.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.00.33 PM

Estátua de Brigitte Bardot em Búzios.

 

SEUS CASAMENTOS.

Em 1950 Brigitte Bardot se casou com Roger Vadim (que também foi casado com Catherine Deneuve e com Jane Fonda)  e que foi o responsável por deslanchar o seu sucesso, mas o casamento só durou 6 anos pois se apaixonou por Jean Louis Trintignant no filme “Et Dieu cria la femme”.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 6.58.26 PM

Roger Vadim e Brigitte Bardot.

Captura de Tela 2016-06-25 às 11.09.00 PM

Bardot com jean Louis Trintignant no filme que ela se apaixonou por ele.

Em 1959 se casou com o ator Jacques Charrier que lhe deu seu único filho, Nicolas Jacques Charrier, o qual ela abandonou com o pai quando os dois se separaram.

O terceiro casamento foi com o playboy e multimilionário alemão Gunter Sachs. Eles se conheceram em 1966, apresentados por amigos em comum. Algumas horas depois de terem se conhecido, Sachs enviou um helicóptero até a casa de Bardot em Saint Tropez, e cobriu a casa dela com pétalas de rosas vermelhas. Os dois se casaram quatro semanas depois em Las Vegas, e esta história divina foi uma das mais comentadas no mundo internacional do jet set.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.31.51 PM

Gunther Sachs e Brigitte Bardot.

 

O quarto e último casamento realizado em 1992, e que perdura até hoje, foi com Bernard D’Ormale, um conselheiro político de Jean Marie Le Pen, ex-presidente da Frente Nacional francesa, principal partido de extrema direita da França.

Brigitte Bardot, após ter feito mais de cinquenta filmes, deixou todo este mundo do glamour, e se mudou para sua linda casa em Saint Tropez ; ‘La Madrague”  se dedicando simplesmente a salvar os animais.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.02.59 PM

Vista de ‘La Madrague”em Saint Tropez.

 

Em 1986 criou a fundação Brigitte Bardot, convidou o Dalai Lama para ser membro honorário, e sua fundação foi considerada utilidade publica pelo governo francês. Ela se dedicou a causas nobres como a proibição da caça as baleias, a salvar cães de briga, liderou campanhas contra a fabricação de casacos de pele, lutou pelo fim das touradas.

Brigite Bardot foi um ícone do século XX , musa da beleza sexy e do charme, e de um mundo onde reinava o glamour total!  MP

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.00.12 PM

 

Captura de Tela 2016-05-19 às 5.41.36 PM

 

Brigitte Anne Marie Bardot ( 28 de Setembro 1934 ) foi o simbolo sexual dos anos 50 /60, eleita pela revista Times como um dos 100 nomes mais influentes da história da moda.

Seu primeiro filme ela tinha apenas 17 anos “Le trou normand” e no mesmo ano casou-se com Roger Vadim, que faria com ela o filme de maior sucesso de sua carreira “Et Dieu cria la femme “( E Deus criou a mulher ). Ela era um mito na Europa e nos Estados Unidos.

 

 

Além de ser a responsável pela popularização de Saint Tropez, na França, ao se mudar para lá no verão de 1964, Brigitte Bardot também mudou a vida de uma pequena cidade do litoral do Rio chamada Búzios, onde ficou hospedada em suas visitas pelo Brasil.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.01.04 PM

Bob Zaguri e Brigitte Bardot.

 

Foi na companhia do namorado Bob Zaguri, um playboy e produtor marroquino, que viveu muitos anos no Brasil, que Brigitte conheceu Buzios. Depois de sua visita ter sido acompanhada diariamente pelos jornais e recheada de fotografias, Búzios foi ‘descoberta’, e virou até município, se tornando um dos pontos mais sofisticados e procurados do verão brasileiro e internacional.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.00.33 PM

Estátua de Brigitte Bardot em Búzios.

 

SEUS CASAMENTOS.

Em 1950 Brigitte Bardot se casou com Roger Vadim (que também foi casado com Catherine Deneuve e com Jane Fonda)  e que foi o responsável por deslanchar o seu sucesso, mas o casamento só durou 6 anos pois se apaixonou por Jean Louis Trintignant no filme “Et Dieu cria la femme”.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 6.58.26 PM

Roger Vadim e Brigitte Bardot.

Captura de Tela 2016-06-25 às 11.09.00 PM

Bardot com jean Louis Trintignant no filme que ela se apaixonou por ele.

Em 1959 se casou com o ator Jacques Charrier que lhe deu seu único filho, Nicolas Jacques Charrier, o qual ela abandonou com o pai quando os dois se separaram.

O terceiro casamento foi com o playboy e multimilionário alemão Gunter Sachs. Eles se conheceram em 1966, apresentados por amigos em comum. Algumas horas depois de terem se conhecido, Sachs enviou um helicóptero até a casa de Bardot em Saint Tropez, e cobriu a casa dela com pétalas de rosas vermelhas. Os dois se casaram quatro semanas depois em Las Vegas, e esta história divina foi uma das mais comentadas no mundo internacional do jet set.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.31.51 PM

Gunther Sachs e Brigitte Bardot.

 

O quarto e último casamento realizado em 1992, e que perdura até hoje, foi com Bernard D’Ormale, um conselheiro político de Jean Marie Le Pen, ex-presidente da Frente Nacional francesa, principal partido de extrema direita da França.

Brigitte Bardot, após ter feito mais de cinquenta filmes, deixou todo este mundo do glamour, e se mudou para sua linda casa em Saint Tropez ; ‘La Madrague”  se dedicando simplesmente a salvar os animais.

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.02.59 PM

Vista de ‘La Madrague”em Saint Tropez.

 

Em 1986 criou a fundação Brigitte Bardot, convidou o Dalai Lama para ser membro honorário, e sua fundação foi considerada utilidade publica pelo governo francês. Ela se dedicou a causas nobres como a proibição da caça as baleias, a salvar cães de briga, liderou campanhas contra a fabricação de casacos de pele, lutou pelo fim das touradas.

Brigite Bardot foi um ícone do século XX , musa da beleza sexy e do charme, e de um mundo onde reinava o glamour total!  MP

 

Captura de Tela 2016-06-19 às 7.00.12 PM

 

Convidei o meu querido sobrinho, José Mariano Raggio, para escrever sobre cinema, considero ele um dos maiores conhecedores da nova geração. Ele já viu todos os filmes, os antigos, os grande clássicos e os atuais, e está escrevendo para a nova revista que está bombando em São Paulo a “VIC & CO.POST “. 

José Mariano sempre gostou de cinema e é também um excelente crítico do assunto. Pela primeira vez aqui no 40 forever, ele resolveu escrever sobre a nossa ídola e estrela mor de todos os tempos, Audrey Hepburn. Grande escolha Zé!

MP

 

Captura de Tela 2016-04-06 às 9.08.24 PM

Adoro esta foto da Audrey tirada do flme “Breakfast at Tiffany’s”

“Audrey Hepburn…

 Escuto esse nome há anos, junto com Charles Chaplin, Marlon Brando e James Dean, e ela virou uma referência cinematográfica. Seu nome e sua imagem são associados à sétima arte e… Opa… Calma, mulherada, eu não me esqueci da referência que ela também virou no mundo da moda. Com sua beleza, elegância e classe, Hepburn se tornou um ícone para TODAS as mulheres, figurando, inclusive e merecidamente, na International Best Dressed List Hall of Fame pois foi sempre vestida por Hubert de Givenchy.

Captura de Tela 2016-04-06 às 9.28.43 PM

O mestre da costura Hubert de Givenchy com sua musa Audrey Hepburn.

Considerada por muitos a atriz mais bonita de todos os tempos, eleita pelo American Film Institute como a terceira maior estrela da Era de Ouro de Hollywood, ela pode até não ser a minha preferida (alô, Grace Kelly, Ingrid Bergman, Ava Garner, Rita Hayworth), mas está entre as top 10, e isso basta.

Nascida na Bélgica, Hepburn mudou-se com a família para a Holanda, quando o país foi ocupado pelos nazistas, período em que passou fome e sofreu de depressão. Com o fim da guerra, estudou ballet na Inglaterra e começou a sua carreira como modelo. Após ser vista por um produtor, conseguiu dois papéis secundários, foi para a América tentar a sorte e, já no seu primeiro filme em Hollywood, em 1953, conquistou o Oscar de melhor atriz.

A partir daí, sua carreira deslanchou. Ela fez vários outros filmes, todos ótimos, e ganhou mais prêmios ao redor do mundo – Tony, Emmy e Grammy, entre outros. (Concorreu mais quatro vezes ao Oscar, mas não levou.) Na década de sessenta, após seu primeiro divórcio, Hepburn deixou a carreira de lado para se dedicar à família e às causas humanitárias. Casou-se de novo, teve dois filhos e morreu em 1993, vítima de câncer. No dia 4 de maio, ela faria 87 anos.

 Curiosidades é comigo mesmo:

-Audrey Hepburn passou um sufoco tremendo quando viveu na Holanda ocupada pelos nazistas, precisando comer até grama e flores para não passar fome.

-Falava cinco idiomas (inglês, holandês, espanhol, italiano e francês), tinha hidrofobia (medo de entrar na água), foi embaixadora da UNICEF, doando, inclusive, seus últimos salários à causa.

-Segundo seu filho mais novo, ela era caseira e adorava as coisas simples da vida. Seu prato preferido era macarrão com molho de tomate.

 

Aqui vão cinco para mim os melhores filmes de Audrey Hepburn:

 

1) Bonequinha de Luxo (My Breakfast at Tiffany) – 1961

 Captura de Tela 2016-04-06 às 9.05.50 PM

2) A Princesa e o Plebeu (Roman Holiday)  – 1953

 Captura de Tela 2016-04-06 às 9.06.40 PM

3) Sabrina (Sabrina)  – 1954

 Captura de Tela 2016-04-06 às 9.07.54 PM

4) Uma Cruz a Beira do Caminho (The Nun) – 1959

 Captura de Tela 2016-04-06 às 9.09.16 PM

5) Minha Querida Dama (My Fair Lady) – 1964″

Captura de Tela 2016-04-06 às 9.10.03 PMQuem não viu nenhum destes filmes aconselho a ver imediatamente, pois é um deleite total para a alma! São todos imperdíveis e espetaculares, e uma lição de glamour e elegância!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...