captura-de-tela-2016-12-31-as-3-04-37-pm

Que nossa cidade seja abençoada assim como todo o nosso lindo Brasil e o mundo! Que reine a paz!

 

Desejamos a todos um 2017 repleto de muito amor, saúde e muitas alegrias. Que nossos governantes sejam mais patriotas, que as pessoas tenham mais amor no coração e menos rancor e como diz esta oração de Sã Francisco de Assis, que serve para todas as religiões….

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

 

captura-de-tela-2016-12-31-as-3-04-50-pm

Muita luz para 2017!

 

Se todos tentarmos pensar mais deste modo o mundo seria diferente….

Adorei o video abaixo…vamos respeitar todos os 7.5 bilhões de pessoas, todas as religiões e crenças, vamos parar de julgar e crucificar, vamos tentar entender o outro e só amar…quem sabe assim o mundo seria mais feliz…

 

 

E esta musica …”What a wonderful world….” para acabar 2016 e a cada ano sermos seres melhores…

 

 

Que este ano de 2017 que começa hoje, seja um ano de muito amor. Obrigada leitores queridos por mais um ano nos acompanhando com tanto carinho.

Ana Cecilia, Bebel e Maria Pia.

 

 

captura-de-tela-2016-10-23-as-5-01-17-pm

Claudia Cardinale

 

Quando era pequena e entrava no quarto de minha mãe, ela já dizia…”chegou a Claudia Cardinale“, típico dela, sempre querendo levantar o nosso ego com elogios mágicos como este. Não acho que me pareça nada com ela, mas aos olhos de minha mãe, eu era um tipo raro de beleza! Minha prima querida Cristiana, irmã de AC, era chamada por ela de Ornella Mutti e minha tia amada Maria da Glória, irmã de minha mãe, de Virna Lisi…e por ai vai!

Esta é uma característica de minha família, nada econômica em elogios. Me lembro de uma história de minha tia Vivi, que perguntava as babás quando voltavam das festinhas de criança, quem tinha elogiados os filhos, na época nós achávamos um absurdo, mas repetimos exatamente a mesma pergunta anos depois, com nossos próprios filhos.

 

captura-de-tela-2016-10-23-as-5-02-13-pm

Claudia Cardinale.

 

Mas voltando a Claudia Cardinale…grande artista italiana, nasceu em 15 de Abril de 1938 na Tunisia, de pais Italianos, e iniciou no cinema após ganhar um concurso de beleza em 1957. Ela trabalhou com os maiores mestres do cinema como Frederico Fellini, Luchino Visconti, Sergio Leone, Werner Herzog, e contava que “Trabalhar com Luchino era como fazer teatro, nos reuníamos todos em volta de uma mesa para discutir o roteiro. Já com Fellini era improvisação pura, era mágico. Tive a sorte de ter grandes mestres.”

Um dos filmes que mais adorei foi “O Leopardo” de Visconti onde ela aparece gloriosa com Alain Delon.

 

captura-de-tela-2016-10-23-as-5-21-42-pm

Alain Delon e Claudia Cardinale esplendorosos.

 

Esta é das grandes cenas do cinema internacional mundial. Claudia Cardinale dançando com o grande Burt Lancaster. Adoroooooooo!!!!

 

 

Claudia fez mais de setenta filmes e muitos de grande sucesso como 8 e meio, Rocco e seus irmãos, o Leopardo, Era uma vez no Oeste e vários outros…

Claudia Cardinale se casou com Franco Cristaldi em 1966 e divorciaram-se em 1975. Desde 1975 vive com o diretor de cinema italiano Pasquali Squitieri.

Claudia tem dois filhos: Patrizio de um relacionamento fora do casamento com um francês, quando ela tinha 17 anos e posteriormente adotado por Squitieri e Claudia fruto da união com Squitieri.

Ela escreveu uma autobiografia chamada Moi Claudia, Toi Claudia e continua muito ativa na vida política e artística da Italia, com posições firmes e opiniões importantes.

MP

Convidei mais uma vez nosso “Mestre ” Manoel Thomaz Carneiro para escrever uma nova crônica para nosso blog. Como sempre, ele se supera a cada crônica, e agora a partir da semana que vem, ele dará suas maravilhosas palestras não só no Leblon como também na Barra.

Falo por experiência própria, faço seus cursos há quase 5 anos, e posso garantir que minha maneira de pensar mudou, que durante estes anos eu cresci muito e a cada vez aprendo mais com ele. Tenho certeza que será um sucesso seu novo curso, e que todas as suas novas alunas ficarão encantadas com sua sabedoria.

MP

 

img_0343

 

                             PENSAR TODO MUNDO PENSA

MAS PENSAR BEM, EIS A QUESTÃO.

 

“Outro dia fui convidado para mais uma entrevista no Sem Censura sobre o Enfrentamento. Como sempre faço quando me propõem um tema, passeio pelos pensamentos para a construção da ideia sobre o que devo falar.

A primeira coisa que me veio à mente foi a diferença entre Viver e Existir. Estar vivo é uma coisa, mas saber existir na vida é outra questão.

É um hábito na vida humana, amigos sentarem para um café. Em meio a conversa, alguém começa a contar uma estória pessoal ou mesmo de outra pessoa. E, então… Uma análise coletiva se instala. O encontro por um bom período transforma todos em psicanalistas, psicólogos e até juízes são incorporados. Em verdade todo mundo tem uma psicologia pessoal para viver. Afinal, pensar todos pensam, mas pensar direito com bases fundamentadas em conhecimentos precisos, eis a questão.

A vida exige mesmo de cada um de nós, sabedoria e força. Este aspecto me traz sempre a mente a grande frase de Freud, “Somos feitos de carne, mas temos que viver como se fôssemos de ferro“. O que me leva a pensar na indiferença da vida diante de cada pessoa! Ela não pede licença para apresentar algo difícil e nem pergunta se a pessoa está pronta para aquele acontecimento.

 

captura-de-tela-2016-10-15-as-1-17-36-am

 

Na mitologia grega encontra-se a narrativa das três irmãs Moiras que traçam o destino de cada um de nós. Uma é cega, outra é muda e a terceira é surda. A cega tece o ponto do destino sem olhar para quem, a surda sem escutar os apelos de proteção, tece outro acontecimento e a muda arremata o drama sem dizer uma palavra sobre como enfrentar aquele destino tramado.

 

captura-de-tela-2016-10-15-as-1-27-08-am

As três irmãs Moiras traçando os destinos de todos nós.

 

Não podemos ser indiferentes às tecelãs da vida. Temos que, diante de cada destino tramado, encontrar uma destinação de boa continuidade. Cada um de nós precisa pensar com conteúdos de perspectivas sem grandes marcas de dor, de ódio e de revolta.

Por este aspecto inerente a vida é que aprender a pensar é fundamental para qualquer pessoa. Para viver bem precisa encontrar uma orientação, uma referência e se apoiar na força de uma ideia consistente.

Ao encontrar um rabino e falar sobre este aspecto, ele me contou uma estória muito interessante que ele havia escutado de outro rabino.

Havia, numa época bem distante, uma tribo que lutava contra a outra. Uma delas tinha como referência de confiança Moisés. Toda vez que ele percebia que a exaustão invadia o combate, levantava a mão e os guerreiros olhavam para o céu e reconquistavam força para o enfrentamento. Moisés, na verdade, não tinha nenhuma força especial, mas a confiança que eles tinham no líder, atuava como um despertar de capacidade. Venceram o combate.

O que os diferenciavam em relação a tribo perdedora? Era o fato de acreditar que Moisés ao levantar a mão, impunha a lembrança que nos céus havia a força.

Esta passagem simboliza o que em psicologia é chamado de Estado Numen. Quando algo, um arquétipo ou uma ideia é estimuladora da suscitação de uma condição interna na pessoa.

Difere do conceito de Iluminado, que vem de fora. O Inuminado suscita em si mesmo por uma confiança profunda em algo, o sentimento de capacitação.

Quando elegemos uma fonte significante de referência, esta pessoa ou arquétipo funciona como um suscitador de traços de capacitação. Portanto, um grande aprendizado é saber que devemos buscar referências construtoras e evolutivas.

Somos modelados e desenvolvidos através das ideias que se tornam conteúdos de nossos pensamentos e reflexões. O destino acontece, mas a destinação que damos a cada um de nós é um ato pessoal de escolha.

A palavra tragédia tem origem na palavra grega trage-odes, que significa canto dos bodes. Trage-odes descrevia o choro dos bodes quando percebiam que iriam ser sacrificados, que não havia mais saída. Portanto o destino de fato acontece, mas a sensação do trágico é construída quando diante de um acontecimento, ela se pensa sem saída. A partir daí, através da desesperança, do não saber se refletir com a capacitação, a pessoa canta a tragédia grega. O canto dos bodes.

Quando concedi a entrevista para o Sem Censura, estava ao meu lado um outro entrevistado que era um rapaz chamado Oscar Capucho. Ele ficou cego aos 9 anos. Sua perda foi gradual. Sua mãe dizia: “Filho preste bem atenção a tudo, nas cores, nas formas, para que você possa guardar estas imagens em seus pensamentos. Será através destes pensamentos, que você verá o seu futuro“.

A mãe era a figura que ele elegeu como confiança e referência. Através das ideias de capacitação que ela passava, ele se pensava e se modelava.

Oscar conseguiu, apesar da cegueira, se tornar bailarino. Oscar Capucho dançou um pas de deux na abertura da Paralimpíada do Rio.

Diante do destino limitador, ele encontrou uma destinação de amplitude e liberdade. Evitou a tragédia. Evitou dançar o Canto dos Bodes. Aprendeu a pensar. Aprendeu a se pensar.

Oscar não se define como cego. Tem uma cegueira, que não o impede de enxergar a liberdade. Aprendeu que a vida impõe acontecimentos inevitáveis, mas que qualquer um pode se impor diante da vida.

Pensar todo mundo pensa, mas pensar bem, eis a questão.

Viver todo mundo vive, mas Existir bem na vida, eis a questão.”

Manoel Thomaz Carneiro

horario

 

Sem querer ser antipática ou parecer querer dar lição, mas a turma dos atrasados e sem consideração cada dia aumenta mais…

Voce acha que alguém que for convidado pra jantar na Casa Branca com o Presidente americano vai chegar atrasado? Hahaha, du-vi-do!!! Não tem nada mais mal educado e cafona que atraso! Atrasar é um atraso de vida, a palavra já diz tudo! Fora a falta de consideração com quem convidou, e com os outros convidados!

 

hith-white-house-attacks-E

 

Quem está recebendo muitas vezes não sabe que NUNCA, JAMAIS, se espera pelo convidado atrasado! Temos que ter consideração com quem tem com a gente! Isso não existe em nenhum lugar civilizado do mundo, mas tem gente querendo lançar essa moda aqui… Todo mundo mofando, durante 3 horas ( sim eu disse tres horas! Isso aconteceu comigo, daí a inspiração para escrever este post…), esperando os atrasados que não estão nem aí… Chegam quando querem, se quiserem e se forem realmente; meu Deus!

Marcou um almoço para 1:30? Drinks e salgadinhos por no máximo uma hora e quinze, e comida na mesa! Todo mundo tem uma vida além… Jantar 8:30? Na mesa às 9:30 / 10 hs no máximo se for véspera de fim de semana.

E pra simplificar, nada melhor que todo mundo chegar na hora. Ninguém chega atrasado, as pessoas saem atrasadas!!!

Vejam este post aqui!

AC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...