CORRIDA PARA O OSCAR!

 

Vi mais três filmes que concorrem ao Oscar, em variadas categorias. Falo sobre eles abaixo!

“A SEPARAÇÃO” é o filme do momento, só se fala, debate e escreve-se sobre ele! Portanto, compre de véspera sua entrada ou vais ficar na fila do gargarejo!

Quanto a mim, pouco ou nada me restou a dizer, diante de tantas aclamações; só recomenda-lo, pois vale muito o seu ingresso!

O filme do iraniano Asghar Farhadi é objetivo e direto. Como um “drama de costumes”, através da sua bem montada história, ele te envolve num falso thriller para mostrar a dura realidade da vida cotidiana no Irã, os atritos na convivência da classe média alta com a classe trabalhadora, a precariedade do sistema judiciário, a monumental importância da religião e de sua moral fundamentalistas para toda sociedade, as angustias dos filhos de pais separados que são as mesmas, não importa o credo, etc, etc.

Amei ver o belo filme de Farhadi, o diretor mais badalado do país e me deparar com um elenco afiadíssimo de homens e, especialmente de mulheres, que pontificam em seus papéis (a filha do casal protagonista, e também de Farhadi, rouba a cena). E acreditar que pode haver luz no fim do túnel iraniano, por mais extenso que ele seja: “Separações” é uma excelente prova disto!

J. EDGARD, O FILME = LEO DiCAPRIO + CLINT EASTWOOD!

Na semana de estréia de “J. Edgard”, o filme que conta a história do FBI através da figura do seu controverso diretor, John Edgard Hoover, as resenhas de dois dos principais jornais eram, diametralmente, opostas e me deixaram confusa: resolvi fazer a prova dos noves!

Antes do meu veredito, uma pausa pra dizer que, cada vez mais, sou fã de Leonardo DiCaprio e sua vontade férrea de acertar. OK, todo começo é complicado e o Titanic nem é tão ruim assim. Mas, de uns tempos pra cá, ele tem se arriscado e muito: um dia acaba acertando. Até lá, seguimos vendo boas tentativas como “Diamantes de Sangue”, “A Origem”, “Os infiltrados”, “O Aviador”. Sempre histórias interessantes, diretores de primeiro escalão e a obsessão de se afastar da figura fácil de galã.

Voltando a Hoover, o filme tem o mérito de contar uma boa história e Clint Eastwood a qualidade de acreditar no ser humano. Vale o seu ingresso!

UM FILME PRA QUEM GOSTA MUUUUUIIIIITTTOOO DE GEORGE CLOONEY!

O filme “Os descendentes” conta com o carisma e o charme de George Clooney, que é mesmo o Cary Grant do século XXI, umas imagens bonitas do Havaí e mais não foi dito, nem foi perguntado!! BN

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 ideias sobre “CORRIDA PARA O OSCAR!

  1. Concordo com a opinião de quem escreveu sobre os 3 filmes. Adorei A SEPARAÇÃO! Já Os Descendentes, não consigo entender a razão dele estar entre os 5 filmes que concorrerm ao Oscar desse ano, e muito menos como ganhou o GOLDEN GLOBE! Acho o George Clooney um gato, ok, mas sinceramente, que papel fácil não? e outra, ele faz sempre papéis assim… nada diferente, e também ganhou o Golden Globe. Já Leonardo mostra quão bom ator tem sido ao longo dos últimos filmes!

  2. Gente que lindas!! Eu também fiz corrida pro OSCAR, daí fiz uma listinha de todos os indicados e marcava toda vez que via mais um!! Passou, foi lindo e fiquei feliz com os ganhadores! Estou amanda conhecer e passear pelo blog! Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *