CUSCUZ DE TAPIOCA E DO TABULEIRO DA BAIANA!

 

Cuscuz de tapioca fresquinho, feito pela fada Irene: É divino!

Cuscuz de tapioca fresquinho, feito pela fada Irene: É divino!

 

Dedico este post à minha querida amiga Patrícia Peltier, dona de casa de mão cheia: na sua mesa os quitutes são inesquecíveis…

Quando, num almoço em minha casa ela pediu-me, com entusiasmo, a receita do cuscuz de tapioca que comíamos, achei que tinha uma novidade em mãos, abençoada pelo parecer de quem sabe e muito: resolvi postar!

 

Este cuscuz está à altura do tabuleiro divino e desta baiana maravilhosa!

Este cuscuz está à altura do tabuleiro divino e desta baiana maravilhosa!

 

INGREDIENTES:
– 2 Cocos ralados separados um a um;
– 1/2 Kg Tapioca em grãos, própria para cuscuz;
– 2 Xícaras de açúcar;
– 1/2 L Leite de coco feito em casa;
– 2L Água morna.

PREPARO:
– Reserve 1.5 L de água morna (dos 2L pedidos);
– Coloque, em uma panela, os 0.5 L de água restante, mais as duas xícaras de açúcar, ponha no fogo sem deixar ferver de maneira alguma. Quando a mistura começar a fazer bolinhas, desligue imediatamente o fogo e espere 5 minutos antes de começar a preparar o cuscuz;
– Enquanto a mistura acima esfria, pegue o 1.5 L de água reservado, acrescente um dos cocos ralados a ele e bata tudo no liqüidificador;
– Leite de coco feito em casa:
Em uma tigela grande coloque a farinha de tapioca no 0.5 L de água adoçada que estava esfriando;
– Misture tudo muito bem e acrescente o 0.5 L de água que foi batida cm o coco;
– A mistura acima vai ficar muito mole, não se preocupe, ela vai engrossar naturalmente, a medida que a tapioca absorve a água e incha;
– Do 1 L de água que sobrou, vá umedecendo a massa, com colheradas desta água (use somente a água necessária para deixar cremosa);
– Assim que começar o processo acima, isto é, quando a tapioca começar a inchar, pode enformar e acondicione em um lugar fresco;
– Nunca ponha na geladeira pois gelando ele fica pesado;
– Antes de servir, polvilhe-o todo com o segundo coco ralado que estava reservado.
– Sempre mais caprichado servir uma calda para acompanhar… A da foto é baba de moça: receita em breve!
BN

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25 ideias sobre “CUSCUZ DE TAPIOCA E DO TABULEIRO DA BAIANA!

  1. nhamnhamnham estava esperando esta receita ansiosmente, minha Carolzinha ficará doidinha, ela e eu somos loucas por tapioca, que além de conter poucas calorias não contém glúten!! bjbjbj

  2. Bebel,
    Muito legal você ter publicado esta receita. Acho importante resgatarmos coisas boas que ficaram um pouco esquecidas. Eu voltei à minha infância, minha mãe tinha uma querida amiga baiana e na casa dela comíamos maravilhosos cuscuz de tapioca… Inesquecíveis. Bjs,

  3. Ah! Bebel, que delícia!
    Cuscuz é das coisas que amo!! E com Baba de moça é para comer rezando. E depois rezar para não engordar. rsrsrs.
    Beijos da Sandra 🙂

  4. Gostaria de saber por que não podemos utilizar leite no lugar da água. Me parece que com leite ficaria mais gostoso. Obrigada valeria Guimarães

  5. Bom dia! Se eu preparar o cuscuz para comer no outro dia posso ainda deixar fora da geladeira? Não tem perigo do côco azedar? Usei uma tapioca mais grossa do que a que vende no Pão de Açúcar, comprei no mercado Santa Luzia de SP, gosto de sentir as bolinhas maiores… OUtra dúvida, testei o cuscuz só com água e no dia seguinte achei que tinha cheiro de cola e o que preparei com leite não, sabe algo sobre isto… Obrigada, vou testar a sua receita com baba de moça. Gostaria de deixar uma dica que adorei: acrescentar agua de flor de laranjeira à receita, fica divinamente surpreendente e nem precisa de outra calda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *