DANDO UMA VOLTA PELA NOVA ZELANDIA!

photo 2-5

Nosso convidado, LUIZ CARLOS SARLO, continua hoje a nos contar o que viu na NOVA ZELANDIA!

Curtam com ele a segunda parte desta super viagem!

AC

 

OMAHA BEACH

Uma praia de areia branca, ar puro, águas cristalinas e abismos ininterruptos. Omaha Beach é um ótimo local para reflexões, pesca recreativa ou mergulho, com boas instalações de lançamento de barcos e um porto protegido all-marés que oferece natação segura para as crianças.

 

Omaha sedia o “OMAHA SHOREBIRDS PROTECTION”, que desenvolve e protege, de forma singular, a procriação de “Shorebirds”.

photo 4-2

photo 1-2

photo 3-2

photo 4-3

OREHA E  WAIWERA

Pequenas vilas, conectadas pela belíssima “Hibiscus Coast Hwy”, oferecem imensas praias, com o tradicional recuo diário de, em média, 120 metros, o Waiwera Thermal Resort, e um McDonald’s, essencial, em Oreha.

photo 1-4

 

photo 5-2

 

 

TAKAPUNA

Explore Takapuna, a capital do estilo de vida de Auckland North Shore. Este subúrbio vibrante é o lar de lojas elegantes, cafés chiques e ruas movimentadas. Visite a deslumbrante praia de águas cristalinas, e aprecie a vista das intocadas ilhas de Rangitoto e do Golfo Hauraki.

photo 4-4

AUCKLAND

A mais populosa cidade da Nova Zelândia, é a Capital Financeira do país, mas não a Federal.

 

Auckland tem o porto mais limpo que já ví. A morte, com certeza, seria mais suave do que cair na águas sujas do porto do Rio, mas nesse, que tem o “Hilton” como vizinho, me deu vontade de nadar. 

Tomando o porto como referência, seguimos paralelamente pela Queen St, que abriga algumas das mesmas tradicionais  lojas da Champs Elysees, além do “BRITOMART TRANSPORT CENTER”, principal estação de trem, e os ônibus, rápidos e confortáveis, que nos levam ao Aeroporto Internacional ($28 return).

 

O porto é dividido, diríamos, em “facções”, com nomes em particular, e são áreas comuns de lazer, com restaurantes maravilhosos, Jazz de altíssima qualidade no meio das tardes de domingo, e produção de energia ao ar livre. Isso mesmo, energia! O governo pretende produzir 30% da energia central através de placas instaladas nos portos, que recuam 5cm a cada pisada turística, ou local, claro.

 

Na “WYNDHAM ST, perpendicular à QUEEN ST, tem-se a “ST PATRICKS CATHEDRAL”, que nos faz terminar de joelhos, agradecendo a Ele, os cinco sentidos, que nos possibilitam apreciar, ao extremo, as belezas que o mundo oferece.

photo 2-4

photo 1-3

photo 3-4

 

Luiz Carlos Sarlo para o 40 FOREVER!

AC

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

27 ideias sobre “DANDO UMA VOLTA PELA NOVA ZELANDIA!

  1. Minha primeira vez em um computador para ver os tão falados posts do Luiz! Lindos, meu neto! Ainda não sabia de tudo isso!
    Sissy, saudades! Bjs da Lininha

  2. AC, a observação sobre o porto foi um tanto quanto curiosa! Parece um lago! Não acredito que seja de água salgada, e tão VERDE! Tudo muito lindo! Amo o blog! bjs

  3. AC, já estive em Auckland, que é realmente fantástica, mas o resto me matou de curiosidade. Vou voando p/ a NZ novamente em minhas próximas férias! Bjs

  4. Luiz, amo todos os seus posts, as adoraria ouvir algo sobre a Croácia. Sei que esteve pelo Leste Europeu há pouquíssimo tempo! bjs mil!
    AC, amo seu blog! Parabéns p/ vc, BN e MP!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *