ELSA SCHIAPARELLI UMA GRANDE ESTILISTA SURREALISTA

 

blog-202-1_580

Vestido de Elsa Schiaparelli bordado por Lesage e inspirado num desenho de Cocteau.

 

Para se entender de moda é necessário conhecer alguns nomes importantes do século passado, como a chiquérrima estilista italiana Elsa Schiaparelli, avó da famosa atriz Mariza Berenson .

 

marisa_003

A neta de Schiaparelli Mariza Berenson

 

Sua primeira coleção foi em 1929 e logo foi considerada criadora do momento e se tornou imediatamente a grande rival de Mademoiselle Chanel e de Mademoiselle Vionne, o trio da costura parisiense da época. Elas frequentavam o mesmo mundo e testemunhavam das mesmas aspirações.

Seu ateliê em Paris ficava numa esquina da Placê Vendôme e era uma verdadeira festa, o grupinho de “Schiap” era o mais divertido de Paris. Pessoas como Marcel Duchamps, Man Ray, Jean Cocteau, Salvador Dali e mais tarde Lauren Bacall, Humphrey Bogart e Gary Cooper faziam parte de sua corte.

Sua clientela era nada mais nada menos que Marlene Dietrich, Katherine Hepburn, Greta Garbo, Gloria Guiness, a Duquesa de Windsor, e várias outras.

O vestido de lagosta feito para Duquesa de Windsor revolucionou a moda. Ela ousou e começou a criar roupas como se fossem obras de arte. Foi a primeira a trabalhar com a colaboração de artistas plásticos e se tornou a estilista surrealista. O vestido que ela fez para Duquesa de Windsor, com uma lagosta aplicada, foi inspirada na escultura de seu grande amigo Salvador Dali., que era uma lagosta sobre um telefone.

 

ngay9t

Telefone com lagosta de Salvador Dali

 

 

lobster-dress-schiap

Pode ser mais surrealista! Inspirado em Salvador Dali.

 

Elsa Schiaparelli marcou a moda com sua originalidade e seu maior legado foi ter criado roupas como se fossem obra de arte, e tudo isso sempre ousando sem barreiras !

 

tumblr_la6psr3lvg1qa0vo1

MP

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 ideias sobre “ELSA SCHIAPARELLI UMA GRANDE ESTILISTA SURREALISTA

  1. Eu creio MP que não existe apenas um mero flerte, entre a moda e a arte, historicamente falando, e sim um verdadeiro caso de amor, indissociável um do outro, como podemos ver nas criações de Dior inspiradas no Impressionismo com suas nuances suaves lembrando o mar, céu e flores; o belíssimo vestido de Saint Laurent inspirado na tela de Mondrian, eternamente copiado, um ícone da história da moda que a aproximou da arte até que a moda também fosse vista como uma forma de arte. A colaboração de Schiaparelli para a moda/arte é tão instigante, perturbadora e as vezes divertida como sua fonte de inspiração, porque é impossível ver uma obra do gênio Dali e ficar impassível… lindo seu post, AMEI!
    Acho que vou criar um vestido com uma “cachara” bordada nele… rsrs bjbjbj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *