Exposição retrospectiva Cicero Dias: Um percurso poético 1907 – 2003

Mormaço, 1941

Começa nesta quarta feira, dia 2, no Centro Cultural Banco do Brasil a maravilhosa e imperdível exposição do grande pintor pernambucano, Cícero Dias. 

A mostra tem curadoria de Denise Mattar e consultoria de Sylvia Dias, filha do artista.

Trata-se do conjunto da obra de Cícero Dias, contextualizando sua história e evidenciando sua relação com poetas e intelectuais brasileiros e sua participação no circuito de arte europeu.

Além das obras, apresenta cartas, textos e fotos de Manuel Bandeira, Gilberto Freyre, Murilo Mendes, José Lins do Rego, Mário Pedrosa, Pierre Restany, Paul Éluard, Roland Penrose, Pablo Picasso, de quem Cicero era compadre,  padrinho de batismo de sua filha Sylvia,  Alexander Calder, entre outros.

No engenho de açúcar de Cícero Dias, homens brotam do chão e mulheres carnudas desabrocham como flores, de pétalas aos montes. Lavadeiras nuas esfregam roupas no riacho, e uma cortesã aguarda o senhor da terra refestelada sobre os lençóis cor-de-rosa de uma cama plantada bem no meio do canavial.

 

O Goleiro, década de 20

 

Esse mundo fantástico das telas do modernista, alvo de uma retrospectiva agora no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio, está estruturado em cima da cor.

Mesmo em seus trabalhos mais abstratos, Cicero não esquece a luz dos trópicos. Recife, onde o mundo começava, na visão do artista nascido num engenho ali perto, parece entranhado até nas mais secas de suas composições construtivistas, de formas angulosas que parecem serenas praias pernambucanas colapsadas e passadas a limpo com régua e esquadro.

Cícero Dias – Um Percurso Poético.

O Centro Cultural Banco do Brasil 

de 2 de agosto a 25 de setembro de 2017   

AC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *