“LA PHILHARMONIE” DE PARIS, por GENEVIÈVE YVER!

 

Eis a linda "Philarmonie" de Paris, de Jean Nouvel!

Eis a linda “Philarmonie” de Paris, de Jean Nouvel!

 

Nosso 40FOREVER está abafando e recebe a ilustre visita da maravilhosa jornalista francesa, Geneviève Yver, Editora-Chefe do Groupe France Télevision, para nos contar novidades divinas de Paris… Sigamos com ela! BN

 

O prédio de outro ângulo.

O prédio de outro ângulo.

 

A sala de concerto deslumbrante!

A sala de concerto deslumbrante!

 

“La PHILHARMONIE de Paris”, por GENEVIÈVE YVER!
“Apesar de tudo que aconteceu com os atentados de novembro passado, Paris continua sendo a Cidade Luz…

Uma das razões para afirmarmos isto é “La Philarmonie”, uma nova casa de música e artes, que atrai grande número de franceses e turistas estrangeiros, e que acaba de festejar o seu primeiro ano: foi em 14 de janeiro de 2015 -alguns dias depois do atentado ao Charlie Hebdo – que esta casa, projeto do famoso arquiteto Jean Nouvel, abriu suas portas no Parque de la Villette, zona leste de Paris.

Este conjunto novo chamado “Philharmonie 1” tem um auditório para 2400 pessoas, com um som excepcional que é considerado, pelos especialistas, como “a melhor sala do mundo” para musica sinfônica. E na vizinha “Cité de la Musique”, agora chamada de “Philarmonie 2”, que possui mais duas outras salas, com respectivamente 900 e 250 lugares, abertas aos jazz e todas as músicas do mundo.

Mas o sucesso de “La Philharmonie” não é só a musical, pois funciona como centro para as artes e suas duas primeiras exposições encantaram o público: um tributo à David Bowie, falecido no dia 10 de janeiro e, em seguida, outra mostra consagrada ao não menos famoso maestro Pierre Boulez, também morto no dia 5 do mês passado.

Atualmente, está em cartaz uma exposição absolutamente genial sobre pintor Marc Chagall, ambientada em uma cenografia alimentada por videos e música. As filas enormes para vê-la chamou a atenção de todo o mundo e provocou uma repercussão gigantesca na mídia.

Assim, tem agora a Philharmonie 1, com sua sala principal de concertos, chamada “La Grande Salle”,  atraindo os mais famosos maestros e solistas. Com formato intimista que transmite ao publico uma sensação de imersão dentro do som, para participar fisicamente do concerto, é onde também localizam-se as exposições de arte, ateliês pedagógicos e salas de ensaio. E a Philharmonie 2 ou a Cidade da Música, construida em 1995. Aí, além das salas com programação de jazz e músicas de toda parte do mundo, existe também um museu da música e uma “mediateca”.

Com este novo conjunto o que se percebe é que a vida cultural de Paris está indo do centro da cidade para esta região, o que leva o público das periferias a conviver, pela primeira vez, com um espaço para ouvir concertos e ver exposições de arte”. G. YVER

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 ideias sobre ““LA PHILHARMONIE” DE PARIS, por GENEVIÈVE YVER!

  1. BN, quase capotei 3 vezes!!!!!!!!!
    Como fui à Paris e perdi uma jóia dessas?
    Fiquei encantada! Pelo visto, tenho que voltar para conhecer….. que desagradável….kkkkk
    Bjs e parabéns pelo post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *