VISITANDO BRASILIA EM DOIS DIAS PARTE 1

Convidei minha grande e queridíssima amiga Claudia Estrela Porto, professora de arquitetura na melhor Universidade da Brasilia a UNB, para fazer um roteiro super especial pela cidade de Brasilia. Claudia já publicou vários livros de Arquitetura, já fez diversas palestras sobre Brasilia pelo mundo, e ainda tem o grande talento de ser uma excelente fotógrafa. Vejam que espetáculo o roteiro que ela nos propõe desta maravilhosa cidade que é nossa capital.

MP

Brasília em dois dias parte 1

 Brasília nasceu do traço urbanístico de Lúcio Costa e da genialidade criativa de Oscar Niemeyer.

Inaugurada em 21 de abril de 1960, a única cidade do século XX tombada como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1987 se enraíza no meio da paisagem do Cerrado, de encontro a um céu imenso e límpido. A escala do espaço é gigantesca e a luz possui uma tonalidade vibrante. Parece que aqui o céu é mais azul e o entardecer tingido de púrpura.

 

 

 

O melhor é pegar um táxi no aeroporto e pedir ao motorista que penetre na cidade pelo Eixo Rodoviário que a corta o Plano Piloto de sul a norte. São 16 km de imenso jardim: árvores, palmeiras e arbustos, com flores e frutos típicos do Brasil. As superquadras se situam de ambos os lados deste eixo.

 

Eixo rodoviário

 

 

Palácio do Planalto

 

 

Comece a visita percorrendo o Eixo Monumental Leste a partir da Praça dos Três Poderes até a Estação Rodoviária, o marco zero da cidade. Na praça destacam-se vários edifícios como o Palácio do Planalto, o Supremo Tribunal Federal, o Panteão da Pátria Tancredo Neves e o Espaço Lúcio Costa, onde você poderá ver uma imensa maquete de Brasília. Este pequeno museu mostra também o plano urbanístico vencedor, de Lúcio Costa, e fotos da época de sua construção.

 

Eixo monumental

 

 

A grande maquete de Brasilia no espaço Lúcio Costa

 

 

Supremo Tribunal Federal por Claudia Estrela

 

 

Panteão da Pátria Tancredo Neves

 

 

De fronte à Praça dos Três Poderes, pare para apreciar o Congresso Nacional, com suas duas cúpulas invertidas, o Senado e a Câmara brasileiros. Continue a visita pelo Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, palácio belíssimo, com painéis e azulejos do artista plástico Athos Bulcão e jardins de Burle Marx. A escultura “o meteoro”, de Bruno Giorgi, repousa no espelho d’água. Suba até o mezanino e de lá, através dos arcos que compõem a fachada, você avistará, exatamente do lado oposto, o Palácio da Justiça. A água cai em cascata pelas lajes curvas de concreto situadas entre suas colunas.

 

Congresso Nacional Por Claudia Estrela

 

 

Palácio do Itamaraty por Claudia Estrela

 

 

Mezanino do Itamaraty

 

 

Palácio da Justiça por Claudia Estrela

 

Os Ministérios se alinham ao longo do Eixo Monumental. Logo adiante está a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, a padroeira da cidade. Nela se penetra por um túnel, o espaço interior banhado de luz proveniente dos painéis coloridos da artista plástica Marianne Peretti. No exterior, observe as esculturas de Alfredo Ceschiatti dos quatro evangelistas – Marcos, Mateus, Lucas e João. São também de sua autoria os anjos pendurados na nave.

 

Catedral de Brasilia por Claudia Estrela

 

 

Os anjos de Ceschiatti pendurados dentro da Catedral por Claudia Estrela

 

 

Do mesmo lado se situa o novo complexo cultural da cidade: o museu e a biblioteca. Termine a visita com o Teatro Nacional, situado do lado oposto do eixo, cujo elemento mais marcante são os volumes de concreto que dançam no jogo de luzes e sombras que incidem nas fachadas laterais do teatro, idealizados por Athos Bulcão.

 

Museu novo

 

 

Vista da nova biblioteca

 

 

Teatro Nacional

 

Explore o Eixo Monumental Oeste, iniciando pela Torre de TV. Do mirante da torre, descortina-se uma ampla vista da cidade. Você compreenderá o sistema viário, composto de “tesourinhas” e avistará no horizonte o lago Paranoá.

 

Seguindo em direção à Praça do Buriti, onde estão o Palácio do Buriti, o Memorial JK e o Memorial dos Povos Indígenas, você verá, à sua direita, o mais novo monumento – o Estádio Nacional Mané Garrincha, que acolherá os jogos da Copa do Mundo de 2014. No Setor Militar Urbano visite o Oratório do Soldado e o Quartel General.

 

Memorial JK

 

Estadio Mané Garrincha

 

 

Termine a tarde contemplando o Palácio da Alvorada e a pequena capela que completa a composição arquitetônica. Observe as famosas colunas, que nos dão a impressão de que o Palácio apenas pousa no solo. A seguir, tome um drinque no “Oscar”, situado no Brasília Palace Hotel, construído para a inauguração da cidade e completamente restaurado.

 

Palácio da Alvorada, residência oficial de nossos presidentes!

 

A linda capelinha do Palacio da Alvorada

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 ideias sobre “VISITANDO BRASILIA EM DOIS DIAS PARTE 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *