WALTER SAES RODRIGUES NETO, CAMPEÃO MUNDIAL HABANOSOMMELIER EM 2015, É BRASILEIRO!

 

Com vocês Walter Saes

Com vocês Walter Saes Rodrigues Neto que fez de seu hobby uma especialidade com direito à título mundial!

 

“O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE QUE FUMAR FAZ MAL À SAÚDE”…
DITO ISTO, VAMOS AO POST!

Fiz uma viagem maravilhosa à Cuba, neste carnaval, que mais adiante contarei, pros interessados. Lá, tive a sorte de conhecer Walter Saes Rodrigues Neto, super advogado paulista e “charuteiro” nas horas vagas. A grande notícia é que o hobby transformou-o no “Campeão Mundial Habanosommelier” de 2015, título máximo para os conhecedores de charuto, e primeiro brasileiro a conquistar esta façanha, na sexta-feira, 27 de fevereiro de 2016, em Havana.

 

Conheci Walter num restaurante em Cojimar, nas cercanias de Havana: Preparava-se para o Campeonato Mundial de Habanosommelier!

Conheci Walter num restaurante em Cojimar, nas cercanias de Havana: Preparava-se para o Campeonato Mundial de Habanosommelier!

 

Tudo começou quando almoçávamos no mesmo restaurante, nas cercanias de Havana e amigos em comum fizeram as apresentações; seguimos papeando… Contou que estava na Ilha para participar do “XIV Concurso Internacional Habanosommelier”, que aconteceria dentro do prestigado “Festival Del Habano”. Para que vocês entendam um pouquinho deste mundo que, apesar da fumaça, é muitíssimo interessante, faço uma pausa e dou algumas informações recém aprendidas.

 

Revista sobre Habanos, os mais que puros cubanos.

Revista sobre Habanos, os “mais que puros” cubanos: Universo paralelo que vende 100 milhões de exemplares/ano!

 

O título “Habano” é dado aos charutos D.O.P., isto é, aqueles que têm “Denominação de Origem Protegida”, confeccionados segundo normas rigorosíssimas, à partir de folhas oriundas de zonas específicas e elas também protegidas com a denominação de origem… Assim, todo Habano é cubano, mas nem todo charuto puro de Cuba é um Habano.

 

Close no título de Walter S Rodrigues Neto!

Close no título de Walter S Rodrigues Neto!

 

Já deu pra perceber que “Globo e você, tudo a ver”, ou melhor, que vinho e charuto são da mesma e sofisticada laia: Ambos têm “terroir”, safra, clima, planta típica (que só dá sublimemente em uma região) e tecnologia local (semi secreta) empregada na confecção. Pertencem, igualmente, a um mundo único, repleto de nuances, “inglobalizável” pois oriundos de um somatório de qualidades específicas e intransferíveis.
Conclusão: “Habano” está para o charuto como o “Premier grand cru classe” está para o vinho, capiche?!

 

Finca Alejandro Robaino, a maior de Cuba do melhor tabaco!

Finca Alejandro Robaina, maior produtor de Cuba, do melhor tabaco!

 

Se algum de vocês, como eu, nunca viu uma plantação de tabaco da melhor cepa do mundo, o de "Vuelta Abajo",  a Côte dÓr dos charutos, eis uma!

Se algum de vocês, como eu, nunca viu uma plantação de tabaco da melhor cepa do mundo, o de “Vuelta Abajo”, a Côte dÓr dos charutos, eis uma… Esta do maior plantador do país, Finca Alejandro Robaina.

 

Já deu pra perceber que “Globo e você, tudo a ver”, ou melhor, que vinho e charuto são da mesma e sofisticada laia: Ambos têm “terroir”, safra, clima, insolação, secagem, fermentação, planta típica (que só dá sublimemente em uma região), “blendagem” e tecnologia local (semi secreta) empregada na confecção. Pertencem, igualmente, a um mundo único, repleto de nuances, “inglobalizável” pois oriundos de um somatório de qualidades específicas e intransferíveis.

 

Walter em ação, nas fotos: Numa vemos ele mostrando como acender corretamente um Habano!

Walter Saes em ação, nas fotos: Numa vemos ele mostrando como acender corretamente um Habano!

 

Voltando ao nosso herói Walter Saes, como Ulisses, teve uma odisséia à sua frente e venceu-a com galhardia; seus números são impressionantes:
– Foi consagrado “Campeão Mundial Habanosommelier” depois de receber a maior nota de todos os tempos e o título de “Melhor Campeão Mundial de Todos os Tempos”;
– A grande final foi disputada por 9 candidatos (os melhores do mundo), sendo que 4 já estavam previamente escolhidos: O de Cuba, da França, da Espanha e Inglaterra.
– Por isso, para chegar em Havana, Saes competiu por uma das outras 5 vagas ainda disponíveis, com mais de 12 mil candidatos, de 80 países.

 

Mais fotos do campeonato mundial em ação...

Mais fotos do campeonato mundial…

 

Quem leu o post até aqui, pode querer saber como se dá a competição. Então, sigamos com as explicações do próprio Walter Saes:
“A competição mede o conhecimento específico e profundo sobre o charuto tais como, preparação da terra, plantação, irrigação, tipos de solo, terroir, clima, colheita, secagem das folhas, fermentação das folhas (não contei que é prima do vinho), envelhecimento, elaboração do charuto e por aí vai.
Avaliam, também, o conhecimento dos candidatos sobre as 27 marcas de Habanos, 250 vitolas (formatos dos charutos), além da história das marcas, harmonização dos charutos com comidas e bebidas (sim, eles também harmonizam), verdadeira prova de fogo”.

 

Walter todo laureado!!!

Walter Saes todo laureado!!!

 

Depois deste teste renascentista de conhecimento em charutos, chegamos à segunda e derradeira etapa do concurso, onde restaram apenas 3 poderosos candidatos: Nosso brasileiro, o de Cuba e Inglaterra.  Aí, um júri sabatina-os  profundamente sobre 16 marcas de Habanos, escolhidas aleatoriamente, e terminam a maratona fazendo serviço de sommelier para duas cubanas “expert”: Ufa, finalmente o campeão!!!!

Salve Walter, “Campeão Mundial de Habanosommelier” e “Especialista Máximo em Charutos”, adorei conhecer este “brand new world”… BN

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “WALTER SAES RODRIGUES NETO, CAMPEÃO MUNDIAL HABANOSOMMELIER EM 2015, É BRASILEIRO!

    • Oi querido, Bom dia! Não trouxe mas pra contar, tanto faz comprar lá como cá, o preço é o mesmo e como o charuto bom tem que envelhecer também, o frescor deles está no bom acondicionamento. Então, os das boas lojas equivalem aos que compramos por lá. Bjs da BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *