Sim, é assim que a imprensa americana se refere ao vestido que Kate Winslet usou no Festival de Veneza.
Desenhado por Stella McCartney, o color-blocked Bicolour Octavia, faz com que a pessoa pareça mais magra dois tamanhos… Milagre perde!

SEGREDO: A lateral é preta!
A “celebrity stylist” June Ambrose (sim tem essa profissão lá, acho que aqui também!), diz que seu corpo parece refeito.
Este é um dos muitos modelos da coleção “Ilusão de Ótica” de Stella para este outono nos Estados Unidos.
AMEI!

AC

Kit da mamma brasiliana!

Nada como uma bela “pasta da mamma”, também concordo! Mas pra quem tem mãe brasileira mesmo, come io, o jeito mais prático de comer uma fake , mas bem gostosa, é comprando no supermercado.

Depois de vários testes, acabei me apegando à uma marca italiana, que encontro no Zona Sul, chamada “Giovanni Rana”, que produz tortellonis super leves com recheio sem conservantes: Os de alcachofra, os de queijo com tomate, os de queijo com nozes e os recheados à base de pesto são deliciosos.

Se quiser uma outra opção, o nhoque recheado de requeijão, da “MassaLeve,” é divino!

Para completar, duas dicas que a “Mamma”usaria:
1- Tomate cereja “Sweet Grape”, à venda no Zona Sul ou Hortifruti
2- Parmezon ralado dos bons, marca “Talento Mineiro”, no Hortifruti.

E buono appetito!
BN


CLIQUE AQUI PRA ENTRAR NO CLIMA DA MACARRONADA!

Audrey Tautou é tão encantadora, que vamos ao cinema aqui em casa, atrás dela, sem nem ler resenha: E é sempre “satisfaction guarantee”!

Amamos ” O Fabuloso Mundo De Amélie Poulin”, “Albergue Espanhol”, “Hors De Prix”, “Coco Antes De Chanel” e agora, seu mais novo filme em cartaz no Rio: “Uma Doce Mentira”.
Nele, a cabeleireira Émillie Dandrieux (Tautou) se mete em uma sucessão de mal entendidos, por conta de uma carta anônima amorosa que recebe e repassa para alguém mais necessitado que ela: Sua própria mãe!
Um enredo mais ou menos vira comédia romântica dos anos 50, graças ao charme e despretenção com que Audrey encarna suas personagens. Acho que é mal do nome!
Me lembrou, com saudosismo e dos bons, a adorável “Sessão da Tarde”, com que a Globo preenchia este horário morto, na nossa adolescência! Vá ver “Doce Mentira”porque é um revival pra alma!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...