Temos um casamento semana que vem, e fui ver um fraque para meu filho ser padrinho. Missão impossível pois tudo é muito feio e de má qualidade. Foi quando meu Pai me ligou falando que tinha um para emprestar. Fui correndo e chegando là tive uma pequena aula de como se usa um fraque elegantemente.

Primeiro que o chic é  paletó cinza escuro, nada de preto, e colete de piquet branco. A calça deve ser cinza com listas brancas de giz. A camisa branca comum com abotoaduras, a gravata pode ser prata ou de “pois” ,chiquérrima, e sapato preto classíco. Um lenço branco no bolso e uma flor na lapela ficam melhor ainda! e se usa geralmente para casamentos.

 

 

Existe sempre uma confusão com a casaca que é bem diferente. Para começar a lapela da casaca é de cetim e preta, o casaco não abotoa, a gravata é branca de borboleta , o colete branco também, sapato preto e geralmente se usa para recepções muito “habilées”.

 

 

Cartola-1

 

MP

 

Laurene Powell Jobs tem 47 anos e é mãe de 3 filhos. Casou-se com Steve Jobs em 1991 quando se conheceram enquanto ela estudava para um MBA na Universidade se Stanford. Antes, no fim dos anos 80, ela trabalhou no mercado financeiro, na Merrill Lynch Asset Management e na Goldman Sachs.

Interessada em política educacional, tem dedicado seu tempo e $$$$ a esta causa, que bom!

Laurene fundou em 1997, junto com Carlos Watson, um grupo de defesa da reforma educacional chamado College Track. Ela dá consultoria a políticos e ONGs e faz parte do Conselho da NewsSchools Venture Fund.

Sempre trabalhando de forma discreta e focada, a familia Jobs tem doado milhões nos últimos anos para a educação e formação de estudantes de baixa renda, capacitando-os a entrar nas faculdades com programas acadêmicos e extracurriculares intensivos. O programa já treinou mais de 1.000 estudantes, dos quais 90% conseguiram entrar para a faculdade.

Com o hábito de ir às escolas conversar com os estudantes, ela é reconhecida por entrar numa sala de aula e enxergar o que outros não conseguem, com suas perguntas, o que revela que ela tem um compromisso genuíno com a idéia de que toda criança tem direito a uma educação excelente.

Recentemente, Laurene criou uma organização filantrópica mais ampla chamada Emerson Collective. Esta entidade colabora com uma variedade de empreendedores para apoiar reformas sociais internacionais e domésticas.

Ela será muito bem vinda por estas bandas de cá!

AC

 

 

Kit sobrevivência ao convidado inesperado!

Quem convive comigo sabe que dedico as minhas manhãs de segunda ao shopping alimentar: Por isso, não é coincidência a enxurrada de assuntos gastronômicos neste dia, é conveniência, sai tudo fresquinho das lojas especializadas!

A novidade de hoje, encontrei no Zona Sul: Três novos sabores de queijo, marca President, français bien sûr, a mesma do Brie e do Camembert que uso em casa, não é Fauchon, mas “quebra um galhão”!

São eles:

A- “Fromage au Poivre et aux Baies Roses”,

B- “Fromage aux Noix”,

C- “Rondelé, 100% au chèvre de France”.

“Harmonizei” como vocês vêm na foto, com torradas Magic Toast (light ou integral, dependendo da sua balança), marca Marilan, brèsillienne bien sûr! São deliciosas, finíssimas e crocantérrimas.

Sabe pra que tamanho esforço? Pra agradar a ele,  aquele amiguinho do maridão, que chega quarta à noite, sem aviso prévio, ainda pra jantar, pra ver aquele Flamengo X Bahia falido mas que  só eles pensam que vai mudar a vida na face da terra! Ah, e pra ficar o auge do requinte, serve com uma saladinha só de alface, azeite e sal, bem displicente, como quem não quer nada! Pro maridão, no sábado, ser toooddoo seu!

BN

A escultura de Sergio Camargo exposta em Paris

Gagosian Gallery em Paris

A maior galeria de arte do mundo, a GAGOSIAN, abriu em sua filial de Paris, uma exposição dedicada a artistas neoconcretos brasileiros: LYGIA CLARK, HÉLIO OITICICA, SERGIO CAMARGO, LYGIA PAPE, MIRA SCHENDEL e AMÍLCAR DE CASTRO. A exposição vai até o dia 5 de novembro e se chama “Brazil-Reinvention of the Modern”.

O mercado de arte internacional reverencia as obras destes craques, e a prova disso é o recorde histórico para um brasileiro, com a venda de uma obra de LYGIA CLARK, na última Art Basel. No catálogo da exposição em Paris consta um texto do crítico de arte Paulo Venancio sobre  Lygia em que ele diz que sua obra é “inclassificável” e que “Os Bichos, as famosas esculturas que Lygia Clark realizou nos anos 50, ocupam um lugar central nas transformações que mudaram a escultura do século 20”.

Consta que a Gagosian mantém um “olheiro” no Rio monitorando o mercado para a matriz em New York…

AC

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...