“Caranguejo “é uma escultura da série Bichos de Lygia Clark.

Alessandra Clark sua neta, designer formada pela PUC, herdou o grande talento de sua avó e acaba de realizar o desejo de Lygia de  ter um trabalho economicamente viável à maioria das pessoas.

As fotos são dos Caranguejos em plástico de cores variadas e grafitados por artistas de rua.

O resultado deste trabalho é obra de uma renomada artista acessível ao grande público.

Alessandra

Atelier de Alessandra

Rua Tereza guimarães, 35 . Botafogo

tel 021 78774223

MP

 

 

Acabei muito bem minha maratona do Festival do Rio 2011, assistindo ao interessante “Um Método Perigoso”: Foi o único, dos filmes que vi, aplaudido no final! Não recebeu ovação porque não se trata de obra prima mas é, certamente, uma joinha nascida da adaptação da peça “The Talking Cure”: Por isso, quem brilha são os maravilhosos diálogos de Freud X Jung, típico de texto bem importado do palco!

O diretor canadense David Cronenberg passeia pela convivência conflitada de Freud (Viggo Mortensur), seu discípulo Carl Jung (Michael Fassbender) e o da musa deles  Sabina Spielrein (estridentemente interpretada por Keira Knightly e suas caretas), mostrando o desenvolvimento da técnica psicanalítica freudiana e a contrapartida Junguiana, “a cura pela palavra”, concentrado a narrativa no “case”que dá motivo ao filme: O envolvimento médico, sexual e psicológico de Sabina com Jung, que teve Sigmund Freud completando o triângulo, como o terapeuta dos dois. O sensacional é que este trio de psicanalistas surreal formula, na nossa frente e como aconteceu na vida real, a teoria da transferência e contratransferência, isto é, decodifica o “romance”/relacionamento/envolvimento do médico com o paciente.

No mais, o visual primoroso da Belle Époque vienense, divinamente reproduzido com suas lindas roupas de renda, a elegância de seus palacetes, a cuidada reprodução da casa/consultório de Freud, enfim visu pra lá de caprichado!

Esperando o que?! Larga este sofá que nem jogo tem hoje e vá pro cinema ver se eu tenho ou não razão. Depois, choppinho no nosso bom Bar Lagoa, que ninguém é de ferro: Tudo de mara! BN

CLIQUE AQUI PARA CURTIR O TRAILER!

Stella Moutinho, Rúbia Bueno do Prado e Ruth Londres (in memorian), escreveram há alguns anos este dicionário que se esgotou rapidamente tal o suceso.

Voce sabe o que é, por exemplo, um aquamanile, um estilo Churrigueresco ou quem é Meissonier?

Pois é, eu não tinha noção até me agarrar com o dicionário e aos poucos ir tendo uma aula que ainda vai durar muito, pois são 544 páginas,1.755 verbetes  e 716 fotos.

O dicionário foi todo revisado, atualizado, com apresentação de Jorge Hue e introdução de Carlos Eduardo Castro Leal.

O projeto gráfico, lindo, foi feito pela designer craque da PVDI, Nair Soares.

O lançamento será na Travessa do Shopping Leblon, segunda-feira, dia 24, às 19 horas.

AC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...