O perfil da doce Bia!

Uma das músicas que amo nesta vida é “I Left My Heart in San Francisco” e sempre que penso no que ficou pra trás, ela surge como uma trilha sonora interior, automaticamente acoplada ao meu pensamento.

Em BSB, onde morei por quinze anos, deixei grandes amigos que formavam minha família paralela, hábito comum de todos os que moram por lá. E Bia Koffes é uma das minhas “parentas brasilienses” junto com Cleucy, “Teresocas e Monicas”, Adrienne, Marina, Maria Helena, Mariana, Palmira, Isabel, Ana Maria…

E foi com a maior alegria que descobri que minha querida Bia estava, na maior moita, fazendo um sucesso incrível sem que eu soubesse de nada: pedi que contasse a novidade pra gente! BN

BIA KOFFES: “Sempre gostei muito de tudo o que se relaciona à casa e tenho habiliade para o trabalho manual. Assim, fiz as aplicações na cortina do quarto do meu primeiro bebê, produzi sozinha todos os aniversários dos meus filhos, patinei as cadeiras da minha churrasqueira e piscina e acabei fazendo algumas festas para as amigas.

Como arquitetura, decoração e tudo o que se relacionava à casa sempre foi uma grande paixão, aos 40 anos resolvi fazer vestibular para arquitetura. Passei, cursei durante dois anos e abandonei. Aí vem a velha história de que tudo tem seu tempo…

Mas a minha paixão não tinha passado, por isso estava sempre inventando alguma coisa. Há dois anos, resolvi fazer porta guardanapos para dar de Natal para as amigas e familia. Todos amaram e queriam encomendar. Então, em agosto de 2011, convidada para o chá  de panela da Laura , filha da nossa amiga Theresa Neves, resolvi presentea-la com alguma coisa feita por mim. Fiz um jogo americano que ficou muito lindo e daí veio a idéia de confecciona-los profissionalmente.

Comecei com estes jogos que serviam tanto para a mesa quanto para serem usados como bandeja (são madeirinhas forradas com tecido e impermeabilizadas), num jantar ou almoço com numero de convidados maior. Assim, todos ficariam com o mesmo look.

Hoje faço além dos Jogos americanos e guardanapos, capas para os jogos, toalhas de lavabo e guardanapos de coquetel. E ainda guardanapos avulsos com mil e uma caras como de fustäo com bordado ingles, algodão com passa fita e bordado inglês, double face (xadrez com estampado, pois com xadrez, estampado com xadrez) e também algodão com guipir: todos medindo 53×53! São lindos e amplos!

Uma coisa que ainda estou bolando e aceito sugestões: é de como fazer aquela toalha das assinaturas (post “Se minha toalha falasse). ELA É SIMPLESMENTE GENIAL! Queria ter tido esta ideia quando me casei, para poder imortalizar todas as pessoas que passaram na minha vida nestes 35 anos de casada”. Beijos da Bia

PS: Amada, também amaria ter inventado aquela toalha de sonhos… mas ainda está em tempo de copia-la, temos 40forever: vou encomendar a minha, “chez toi”! BN

CONTATO: 61 81558258

CLIQUE AQUI PARA O FB!

Vamos dar uma olhada nas lindas artes que nossa Bia anda fazendo! BN

Um lindo serviço americano/bandeja para comer no colo!

Outro modelo de serviço americano, já todo produzido...

Este pra peixe é uma graça...

... E este pra frutos do mar também...

Este é super romântico... amei!

Sou louca por uma " toile de Jouy"!

Ai que lindo este guardanapo, esperando uma mesa que o queira...

...E este também! Imaginem numa mesa toda com maçãs verdes e o primeiro serviço americano que mostrei (azulão), fica tudo de bom!

E lá vem o coelhinho chegando...

Pro "grand finale" escolhi esta produção de Páscoa!

A queridíssima amiga Marina Sauer tem uma elegância etérea, que impregna o ambiente à sua volta, suavemente, sem a gente se dar conta… Quando você olha está lá ela, flutuando acima da moda, do “dernier cri”, do look fácil. Clássica e moderna na mesma fornada ( juro que dá), junta o vintage com o novo como ninguém: coisa de quem aprendeu desde o berço.

Misturando divinamente o requintado “savoir faire” da sua Argentina com a descontração e alegria cariocas, terra que adotou, em casa e na rua ela é um mix de tudo que amo. Por isso é seu o “LOOK DO DIA”! BN

O que temos visto ao longo dos anos são artistas que tem suas obras super, hiper valorizadas depois de mortos. Mas o alemão GERHARD RICHTER definitivamente não está nesta categoria!

No início da década de 80, Gerhard Richter pintou 24 quadros mostrando angulos diferentes de velas brancas e nem um único vendeu, perigou ir pra categoria que citei acima! Quando um destes quadros,  “Candle”, apareceu na Christie’s em Londres no outono passado, 30 anos depois, foi então arrematado por  U$16.5 milhões de dólares, tornando GERHARD RICHTER o artista vivo com obras mais bem vendidas no mundo. Logo depois uma grande colecionadora comprou um trabalho seu por U$ 20 milhões de dólares!

Só no ano passado vendeu um record de U$ 200 milhões de dólares nos leilões, passando batido por Claude Monet, Alberto Giacometti e Mark Rothko! Outros artistas venderam trabalhos individuais por um preço maior—Jeff Koons, por exemplo—mas em termos de volume em leilões, Richter atualmente está numa posição imbatível no mercado, podendo inclusive curtir seu sucesso espetacular!

Ele tem trabalhos super distintos em estilo como  Picasso, mas seus abstratos do final dos anos 80s são os mais procurados.

AC

 

 

 

 

 

 

AC

 

Glorinha é das pessoas elegantes que conheço. Está sempre muito chic e tem no seu currículo de vida muitos países onde morou como França, Austria, Marrocos, Venezuela e Kuwait.  Foi embaixatriz do Brasil, e pelo mundo aprendeu a ter um olhar diferente da moda. Mulher de bom gosto e requintada, a cada coleção nos surpreende com as novidades, com a mistura deslumbrante de cores e a combinações de materiais.

MP

Glorinha Paranagua

Ai vai a sua nova coleção Inverno 2012.

 

 

Glorinha Paranaguá

Rua Visconde Piraja 365, loja 2

tel 021 2267 4295

21- 2522 8203

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...