Almocei com a designer TORY BURCH, de quem somos fãs, pois suas roupas e acessórios são divinos, em sua rápida passagem pelo Rio, depois de inaugurar as lojas de SP, e disse à ela que tinha visto sua casa nos Hamptons na Vogue e que tinha ficado totalmente encantada com a beleza da decoração. Depois tinha lido em algum lugar que ela teria vendido a casa… Ela então me contou que não, que esta casa ela fez com todo amor e que adora curtir os fins de semana na companhia dos filhos!

 

 

Tory Burch

 

Olhem que linda a decoração, amei!

AC

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: VOGUE

 

 

 

AC

O imortal Marcos Vilaça, maravilhoso em seu fardão!

Hoje, nosso BLOG está pra lá de metido e não é pra menos…

Recebe, radiante, a honrosa visita de um dos brasileiros mais ilustres que conheço, membro da Academia Brasileira de Letras e seu inesquecível Presidente, grande mestre das palavras, mas que nem por isso esquece da modernidade: “incansável renovador” pode também defini-lo.

Maria do Carmo e Marcos Vilaça, mais o amor deles que também é FOREVER: Casal imperdível!

Trata-se do intelectual e pernambucano de mão repleta, Marcos Vinicios Rodrigues Vilaça, que pra quem chegou agora eu resumo: ele é tudo nesta vida. Advogado e professor de direito, jornalista, ensaísta, poeta além de escrever o fino, na prosa ou verso, o talento é tanto que transborda para a oratória que mais louvo: a do trovador do cotidiano, pois Vilaça também é exímio contador de casos. Ao seu lado e de Maria do Carmo, adorável amiga e sua companheira de uma vida, passei noites memoráveis, curtindo suas Odisséias e, quando em vez, rolando de rir.

E foi numa dessas que lhe perguntei: literatura e Blog, tudo a ver/nada a ver?
Fiquem com sua resposta, reflexiva e muito contemporânea, tanto que eu chamaria de post: Inteligência é tudo nesta vida.

Ministro Vilaça, grande elegância no visual e na escrita: vejam lendo o seu post!

MARCOS VILAÇA:
“Acostumei-me às intermináveis discussões do tipo: é possível literatura no jornal? Claro que sim.  Em qualquer plataforma é viável ter a expressão literária consagrada.  No romance, na poesia, na crônica, enfim em vários gêneros que se utilizem das plataformas representadas no livro, na revista, na televisão, no rádio.  Consequentemente, nos blogs da internet.

O que faz a diferença é o estilo.  A obra somente subsiste pelo estilo.  Se o estilo é bom, não importa se está numa revista de literatura ou numa crônica na internet.

Assusta-me apenas a ligeireza com que se usa a internet e me espanta também o radicalismo das avaliações.  Está na internet? Não presta, é mentira.  Não é assim, tudo depende da forma e do fundo, que o estilo faz visíveis pela seriedade no trato.

Talvez seja bom lembrar a sentença de Dámaso Alonso: “que nada se interponha, se isto for possível, entre o leitor e a obra”. MVV

Ernesto Neto

Que exposição espetacular a de Ernesto Neto no Espaço Louis Vuitton em Tokyo! Realmente extraordinária, e digna de um grande artista consagrado que é Ernesto. O título já diz tudo “Madness is part of life” A loucura faz parte da vida.

A vida é um corpo. Projeto no papel!

Esta escultura é feita de polipropileno ( material reciclável ), poliéster, bolas de plástico e poliamida . A instalação mede : 780 x786 x1486 cm.

Aqui vai uma explicação dada pelo artista para sua obra.. obra prima digamos de passagem…

“Loucura é uma parte da sociedade, algo que precisa ser controlado, escondido por medicação, como se fosse a coisa certa pra se fazer, mas certo para quem? O mundo é cheio de paixão, esta pequena loucura que mora dentro e em nosso redor. Nós precisamos disto!

Através deste título nos poderíamos mudar algumas posições humanas nas quais coloca-nos no centro do universo, multiverso, etc.

A idéia é de fazer a nossa mente viajar fora de nosso corpo, como se fosse algo sobrenatural além da natureza, como cultura poderia ser fora da natureza e não parte dela. A vida é maior do que nós, e nós somos parte dela, se existe Deus, Deus é a Natureza e nós somos uma pequena parte espacial, mais ainda assim só uma parte.

É a escultura da Familia Balanço, feita de pele e uma passarela, esta passarela é suspensa, e as pessoas podem andar, sentar ou deitar em cima. No caso de LIBWPO ( “Life Is a Body We are Part Of“. A vida é um corpo em que somos parte ), a peça é feita de 2 partes: Zoid no corredor de cima e óvulo na sala de estar.
Esta é uma escultura para ser experimentada.
Nós também temos a idéia de levantar as pessoas acima, perto do vidro construindo um jeito de causar uma experiência de alguma vertigem, ou no mínimo lidar com o sentimento de flutuar no “CÉU”. A peça é o trabalho que lida com a estabilidade, como nós movemos, desejamos e tememos. A porta é o portal entre estes dois universos, ou a continuidade deles. A parede de pele na peça é feita interconectadas nas células espirais. A passarela do corpo é feita de ” Células Roe “e de tubos cheios de bolas de plástico.”

Deve ser uma sensação incrível andar por dentro desta estrutura genial e cheia de simbolismos, certamente sentimentos diferentes surgiram nas nossas mentes nesta viagem!!!

MP

A exposição ficará até dia 6 de Janeiro de 2013 no Espaço Louis Vuitton em Tokyo no Japão.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...