O “Chateau de Bagnol“é um dos hotéis mais luxuosos e lindos da França.Esta dica me foi dada por uma querida amiga libanesa.

Descoberto totalmente em ruínas por Lady Hamlyn que o restaurou, transformando este lugar num paraíso! O castelo data do século 13 e são apenas 21 suites, cada uma mais linda que a outra.

Para chegar, tem um trem maravilhoso que sai de Paris ou pode-se ir, de avião, até Lyon. Daí até lá, são apenas 28 km de distância. Imperdível este programa! MP

Entrada principal do castelo.

Pátio interno.

Vista para o jardim.

Deleite para uma boa leitura.

Lindo este lugar!

 

 

 

 

 

mmmm

Banheira maravilhosa… Reparem a privada, inteira de madeira, um verdadeiro trono!

 

A cidadezinha do castelo.

 

Chateau d Bagnol

69620 Bagnol

França

Tel + 33 474 714000

+ 33 474 714049

 

 

Já que no post anterior falamos de esmaltes, top coat e removedor para as unhas, vamos ver agora as dicas que a Dra. Patricia Caspary, da Clínica da Dra. Doris Hexsel, tem pra nós dar sobre os cuidados que devemos ter para termos mãos e unhas super bem cuidadas!

AC

 

 Cuidados com as Unhas

“A unha ou a lâmina ungueal tem funções importantes no nosso dia a dia. Além de sua função estética elas são essenciais para atividades corriqueiras como o tato e a proteção dos dedos. Para cuidarmos de forma mais adequada de nossas unhas devemos aprender um pouco mais sobre elas.

As unhas se formam a partir da sua porção inicial que chamamos de matriz da unha.  Crescem numa velocidade que pode variar entre um a cinco milímetros por mês, sendo que as unhas dos pés possuem um crescimento mais lento, muitas vezes levando mais de um ano para crescer toda sua extensão. O crescimento das unhas sofre influência de uma série de fatores como deficiências de vitaminas, uso de produtos químico locais (como os removedores de esmalte), presença de infecções e traumatismos locais além do uso de medicações e outras doenças do nosso organismo.

As unhas tem uma consistência firme e elástica o que se deve a sua constituição. Apesar de sua aparência simples elas são produzidas a partir de três camadas diferentes e envolvem uma série de componentes como cistina, água, lipídeos e ácidos graxos.

Uma das alterações mais comuns vistas nas unhas e presente em aproximadamente 20% da população, são as unhas frágeis, ou seja, unhas com espessura fina, tendência a se dividir escamar ou quebrar. Esse problema já é conhecido e manejado pelos dermatologista há alguns anos e pode ser melhorado com alguns cuidados básicos.

 

Alguns dicas que podem melhorar o aspecto das suas unhas:

-Hidratação: As unhas possuem aproximadamente 18% de água na sua composição. Por isso mantê-las hidratadas com óleos e cremes é importante sua conservação. No entanto o contato contínuo e repetido com água pode desidratá-las.

-Alimentação: O desenvolvimento das unhas é influenciado por uma série de nutrientes como ferro, zinco, selênio além das vitaminas A, E, C e biotina.

-Evitar traumas locais: cuidado com calçados e com a manipulação das unhas é essencial. Os pequenos traumas no início da unha podem provocar ondulações e manchas esbranquiçadas além de facilitar infecções. O uso contínuo de alguns esmaltes também pode provocar o aparecimento de manchas.”

Dra. Patricia Caspary

DORIS HEXSEL
doris@hexsel.com.br – www.hexsel.com.br
Clinica Hexsel de Dermatologia
Rua Dr Timoteo 782 – 90570-040 Porto Alegre- RS Fones: (51) 3264 1234 e 3264 7353 Fax (51) 3395 1075
Rua Visconde de Pirajá 550 – Sala 107 – Subsolo – Ipanema – 22410-002 – Rio de Janeiro  Fone/ Fax (21) 2431 0160

AC

Actinidia Arguta ou mini kiwi, para os íntimos, ao contrário de seu irmão mais velho, é uma trepadeira!

 

Se é que isto é possível, do alto dos meus 40FOREVER conheci uma nova fruta esta semana, graças à generosa dica de nossa adorada Vivi Rocha.

 

Pra você ligar o nome à pessoa: eis o “Kiwi Berries”!

 

Trata-se de uma pequena jóia do mundo vegetal, quase uma esmeralda das frutas e doce que nem mel. Além do mais, seu tamanho é outra atração pois cabe inteirinha na boca, tipo bom bocado… Falo da versão “berrie” do Kiwi e eu, que nem sou tão fã de sua irmã mais velha, me apaixonei pela modalidade “piccola” pois o tamanho editou as imperfeições.

 

Agora, devidamente produzidos para entrar em ação e encantar nosso paladar!

 

E o melhor, como supunha minha santa ignorância, esta maravilha da botânica é originária do Japão mas, pra minha imensa surpresa, sem artifícios genéticos: como Jessica Rabbit, “it was drawn like that”…

Aonde acha-los? Pelo Brasil, melhor ver no Google, aqui no Rio, que eu saiba, na Cobal do Leblon ou no Zona Sul e em Sampa, como contou a nossa querida leitora Jaqueline Hochberg, no Emporio Santa Maria. Deliciosos! BN

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...