…Em Miami! Mas como Miami é logo ali, amei quando a minha cunhada amadíssima, ANDRÉA, me mandou as fotos contando que pirou ao entrar nesta loja, que abriu sua primeira filial no mundo! De CAPRI para Miami!

 

 

 

 

Leiam o que a ANDRÉA nos conta sobre a TUCCIA DI CAPRI!

“Tive uma boa surpresa em Miami semana passada! Estava a procura de sandálias, quando por acaso, descobri na Pensylvania Avenue, esquina com a Lincoln Road, uma loja linda de Capri que faz sandálias sob medida!

Fui recebida por uma gerente brasileira super simpática, que ainda me deu dicas ótimas sobre qual tamanho ficaria melhor no meu pé.

Na entrada da loja existe uma mesa com 2 artesãos que confeccionam ali mesmo as sandálias! Elas podem ser rasteiras ou com salto de madeira. A proposta é bem interessante e o produto é de boa qualidade!

 

 

Ainda fazem também rasteiras lindas para crianças!

Então, depois de experimentar e olhar milhares de modelos lindos expostos nas prateleiras, escolhi 3 originais sandálias. Tiraram a medida completa do meu pé e passei 1 hora depois para buscá-las!

 

 


Ficaram lindas e super confortáveis! Adorei! Agora toda vez que for a Miami vou dar uma passadinha lá para ver as novidades!”

AC

 

Para crianças e homens também!

 

Material pra fazer as sandálias!

 

Um sale básico que a gente ama!

 

 

Esses dois não param!

 

Clima de Capri!

 

 

 

TUCCIA di CAPRI

www.tucciadicapri.com

1630, Pennsylvania Avenue (esquina com Lincoln Rd), Miami Beach

Tel: 1- 305.534.5865

 

AC

 

Barbara Duvivier deslisando a caminho do mar…

 

Minha amada mãe, Sonia Bittencourt, é quem conta que o impagável cronista Sérgio Porto, quando estava sem assunto, recitava o versinho: “Ibrahim, Ibrahim, se não fosse você o que seria de mim”, e punha-se a contar mais uma das maravilhosas histórias do igualmente lendário e querido jornalista, Ibrahim Sued.

 

O gente finíssima amigo de Bárbara vinha na frente, abrindo caminho no asfalto, para a dupla brilhar!

 

Pois assim faço eu, com o Leblon e adjacências: quando a imaginação falha, pernas pra que te quero e sigo, confiante, pro meu celeiro infalível de novidades… De tanto ir, já estou devendo uma rima ao “inspirador”; aceito sugestões.

 

“Free Line” tout court!

 

Posição de encaixe no pé!

 

Outro ângulo!

 

Pois dia destes, estava com minhas inseparáveis companheiras de caminhada dominical, as já vossas conhecidas, Marcia Solera e Patrícia Peltier, no maior debate “under the escaldante sun”, quando algo passa por nós e à jato, pensei ser efeito colateral dos 40 graus que fazia. Ficava entre um skate imaginário ou um patins sem botas. Recuperada do susto, amei conhecer a nova e surpreendente engenhoca de locomoção dos descolados, que atende pelo nome de “Free Line”.

 

A encantadora Bárbara evoluindo…

 

Vejam os seus pés…

 

Divinamente pilotado por uma típica “Menina do Rio”, Bárbara Duvivier, que do alto dos 20Forever cortava a orla deslizando, linda, a sua juventude, acompanhada de um “partner”, formavam um descontraído pas de deux sobre rodas, vigoroso e alegre como a flor da idade exige, compondo uma cena carioca que parou a praia e eu, tiete, aplaudi de pé. BN

 

 

 

Queridos leitores do nosso blog, eu estava com muitas saudades do nosso mestre Manoel pois ele ficou em Paris nos últimos 3 meses. Há 20 anos, Manoel passa este período fora do Brasil, para o desespero de suas alunas que morrem de saudades!

Realmente ficar sem o Manoel este tempo todo é uma tristeza;  ainda bem que ele voltou!! Amei esta crônica que ele mandou exclusivamente para o 40 Forever, para nos ajudar a dar soluções práticas para todos  os problemas do cotidiano de nossas vidas.

MP

Chegar ao Essencial

Há algum tempo ouço a palavra Detox. No primeiro instante fiquei meio perdido no significado, mas logo compreendi que se trata de uma purificação física. O método ganhou diversas derivações e está num crescente no interesse das pessoas. Na minha última temporada em Paris, este procedimento era pauta… Diante de tanta empolgação quanto ao corpo, pensei que um Detox Psíquico também é fundamental para a vida. No fundo o trabalho de elaboração psicológica nada mais é do que uma desintoxicação das ideias acorrentadoras aos sofrimentos e as estagnações.

Quantas idéias, princípios e sentimentos circulam pelas veias mentais das pessoas, que as tornam envenenadas e com isto fracas para viver.

Podemos fazer Detox de várias formas.

O Papa Francisco que eu já considero milagroso!

O atual Papa Francisco está de certa forma no espírito do Detox, ao retirar os excessos nas pompas de forma a dar o recado de se fazer um papado mais leve, mais próximo, numa demonstração do que é essencial.

Quando modificamos nosso olhar de modo a conquistar a visão do essencial, permitimos a construção interior de uma percepção mais direta e potente. Estamos retirando os elementos congestionadores das passagens para as satisfações fundamentais.

A felicidade é sensorial, portanto depende da clareza de nosso olhar, do apuro de nossa escuta e da boa articulação de nossa voz interior. Saber bem sobre a fisiologia de nossos sentimentos abre recursos para a eliminação das idéias boicotadoras da sensação de bem estar.

Aonde, portanto, encontrar essa sensação que a vida vale a pena? Em nossas percepções.

Percepções de que?

De saber olhar o seu mundo real e possível.

Saber encontrar um contexto que ame. Saber encontrar atividades, livros, amigos, viagens que se identifique. Quando se encontra seu rosto no mundo encontra-se o lugar de sua alma.

Quantas vezes dizemos: “Isto é a minha cara”.

Eu ao longo da minha vida fiz inúmeros Detox. Retirei o que não combinava com a minha alma e coloquei através das grandes decisões as identificações. Inseri em meu cotidiano grande parte de mim, por isso minha alma gosta de ir aonde vou. Ela está onde estou e assim me sinto inteiro. A felicidade é o êxtase de nosso interior diante do lugar, e das atividades que ela se vê.

 

Antidepressivo

 

A França é atualmente a maior consumidora de antidepressivos. Ao invés de apenas saberem desta triste posição, começaram a buscar a compreensão das causas que cristalizaram esta realidade. Chegou-se a uma grande conclusão. A mentalidade cartesiana de eficácia absoluta levou ao distanciamento com certa dose de descompromisso, de entrega à banalidade, ao dizer sem estar na elaboração de uma tese. No fundo as almas francesas começaram a não se ver naquela sociedade de excessiva racionalidade, da imersão na busca da máxima produção… Podemos figurar o que se passa na afirmação que as almas não amavam o mundo que dispunham para viver. Veredito conclusivo: Almas distantes do essencial, pessoas distraídas do verdadeiro ponto da vida. O grande trabalho agora é destilar um pouco estes princípios de hiperatividade para se voltar ao nível de expectativa de eficiência num grau de humanidade. Um Detox dos excessos para chegar ao essencial.

Idéias sobre o amor altamente performáticas onde não cabe um erro, idéias de performance só pesam a alma e geram incapacidade de amar a vida como ela é. O Papa trocou a cruz de ouro por uma de prata. Amor de ouro ou amor de prata?

Um amor prateado… Também vale a pena ser vivido. Vale ouro.

Clique AQUI para entrar no blog do Manoel.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...