Conheci hoje por uma amiga de Fortaleza, os bebês criados por Dani Maia. Fiquei muito impressionada com a perfeição destas bonecas que parecem totalmente reais. Dani sempre adorou brincar de bonecas, e se apaixonou pela arte do “Reborn” (renascer em Inglês). Depois de fazer vários cursos sobre o tema, resolveu fazer seus próprios bebês num ateliê super charmoso em Fortaleza. O lugar parece um quarto de bebê para que a  inspiração seja total!

Cada um de seus bebês é único e exclusivo, são feitos de vinil e com uma tinta importada muito especial! Muitas adultas estão adotando estas lindas criançinhas que parecem mesmo de verdade! Vejam se não é uma loucura!

MP

 

 

 

 

 

 

Dá para acreditar que não são verdadeiras? Eu quando ví não acreditei que eram bonecas! Parecem muito mais real do que qualquer boneco do museu de cera Madame Tussauds.

Reparem a foto do primeiro encontro Reborn de Fortaleza.

Clique AQUI para entrar neste incrível site, e saber muito mais sobre este assunto ou AQUI para outro site incrível da grande artista de Reborn Silvia Brandão, dá vontade de adotar já!!!!!!

 

Rua da encantaadora Berchtesgaden, capital da linda Baviera!

 

Volto, mais uma vez, à viagem à Salzburg, no verão europueu passado, lugar que me encantou tanto, que o assunto não se  esgota. Hoje vou contar pra vocês sobre um passeio de barco lindo que fizemos, saindo da cidadezinha de Berchtesgaden, ao extremo sul da Baviera, Alemanha.

 

Berchtesgadener Land, dos lugares mais lindos dos Alpes!

 

Situada na Berchtesgadener Land, uma das localizações mais lindas de toda Europa, qualhada de montanhas completamente verdes que nascem como musas, de rios ou lagos, rumam direto pro céu, sem limite nem piedade, resultando no visual mais estonteantes do planeta Alpes.

 

A linda Watzmann nascendo nas águas do divino lago Königssee: pura magia…

 

Berchtesgaden, a capital deste sonho, é também uma atração a parte, abrigando uma salina do século XVI e edifícios históricos. Nosso “cruzeiro” saiu daí por ser ela um porto, às margens do Königssee, lago maravilhosos circundado pelo paredão verde que descrevi e que, num certo ponto o estragula, simulando uma espécie de “canyon” ou “desfiladeiro” technicolor.

 

O lago cortando caminho entre as montanhas!

 

Como foi delicioso navega-lo, conhecer lugarejos lindos saídos de conto de fada e pousados em suas margens, só pra arrancar suspiros de admiração e refrescar nossas desiludidas memória: A caprichosa vida pode ser, sim,um espetáculo além da imaginação.

 

A chegada ao vilarejo com a Igreja de St Bartholomew a nos receber…

 

Que tal a cor da água?!

 

Deixei pro final a cereja deste bolo alemão, porque ela também foi o último porto. Chama-se St Bartholomew por conta da joinha em forma de igreja, dedicada ao santo padroeiro dos fazendeiros e leiteiros dos Alpes. Acoplada a um pavilhão de caça, ele do século XII e ela no XI, ambos foram remodelados ao longo dos tempos sendo que o “lodge”, ex residência dos príncipes locais, virou pousada deliciosa e a igreja continua recebendo os peregrinos, que vêem de todo lado e, em especial, no dia de seu padroeiro,  24 de agosto.
Um almoço por aí é inesquecível BN

 

FIQUEM COM AS FOTOS DO LINDO LUGAREJO DE “ST BARTH” DA BAVIERA E SUA CAPELA DE SONHO…

 

Visão da chegada, em terra: A igreja acoplada ao “Lodge”.

 

Vejam o “pavilhão de caça”, ex residência dos príncipes locais, que virou pousada/restaurante.

 

Vejam “os fundos” da linda igreja, com suas cúpulas vermelhas…

 

Outro ângulo da fachada…

 

Em cima da porta  da Igreja…

 

Por dentro… Delicadeza mor!

 

O lindo teto, todo pintado!

 

A beleza do púlpito!

 

O altar!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...