Casulos, lagartas e borboletas estampam nova coleção de Teresa Freire, que tem como inspiração obra da artista plástica Patrícia Secco

 

Inspirada na obra da artista plástica Patrícia Secco, a estilista Teresa Freire, da marca TF, lança, na próxima semana, no belo Palácio São Clemente, em Botafogo, Zona Sul do Rio, sua nova coleção – Revoada. O conceito para produção das peças partiu da instalação Metamorfose, exposta com sucesso em galerias do Brasil e do exterior.

 

A artista Patricia Secco e a modelo Alexia Deschamps.

 

Exclusiva e com tiragem limitada, a coleção beach wear Revoada inclui peças como maiôs, biquínis e saídas de praia, pensadas para vestir com glamour mulheres de todos os tipos físicos. “A ideia é ressaltar seus corpos com elegância e valorizar as curvas, em consonância com a tomada de consciência sobre o corpo feminino”, explica Teresa.

 

A estilista inspirou-se em recorte da arte de Patrícia Secco que mostra não somente lagartas, casulos e borboletas, transportando para a coleção também suas revoadas, que lembram ainda o voo das pipas. “Ela captou a essência do meu trabalho, o que oferece às mulheres a opção de se vestirem com peças ao mesmo tempo esvoaçantes e elegantes, como a natureza nos proporciona”, observa Patrícia. A proposta, dessa forma, foi captar todo o movimento e habitat dessa fauna.

 

João de Orleans e Bragança e sua filha Maria Cristina que também vai desfilar.

 

Moda para qualquer hora ou evento – Outro objetivo é que as roupas sejam usáveis não somente na praia ou piscina. Com peças que parecem body e blusa, a coleção atende a uma necessidade bastante atual de compor looks adequados para qualquer ambiente e hora do dia. Para tanto, Teresa também criou elegantes saídas-vestidos, que, ao combinar arte com estilo, permitem essa versatilidade. “As peças falam por si, trazendo uma conotação de elegância, estilo e muita arte”, diz a estilista.

 

 

Em prol da ONG Terra dos Homens – entidade destinada a amparar famílias, jovens e crianças em áreas de alta vulnerabilidade no Rio –, o evento de lançamento contará com a presença de personalidades, artistas e profissionais do segmento, além de formadores de opinião.

 

Após o lançamento, a coleção estará disponível para compra por meio do serviço ready to wear e para lojas de todo o país. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail:
seccopatricia@gmail.com
Ou
teresafreire34@gmail.com

Maiores informações:

Celular Patricia Secco:
+ 55 21 99555-3001

 

 

 

Por trás da moda da COLEÇÃO ILIMITADA está Andreia Alfradique, que nos conta sobre sua marca!

“A Coleção Ilimitada®, ou carinhosamente chamada CI®, tem o perfil de uma concept store. Surgimos com o propósito de trazer para o mercado uma variedade de produtos ilimitados, por isso o nome, e, Coleção, porque são peças garimpadas com muito cuidado e paixão; a ideia é não ter limites e fronteiras na troca de experiências e produtos mundo afora!

Manter a qualidade, a forma e o cuidado com as peças produzidas, incentivando o design atemporal, em vez de tendências passageiras, contribuem para longevidade das nossas coleções. A escolha de tecidos de qualidade, cortes clássicos e criações versáteis, porém conectadas com as tendências internacionais, garantem a durabilidade e confiabilidade das nossas peças!

E com apenas 2 anos já estamos dando passos largos para a globalização. CI® e suas marcas avançam para Portugal inaugurando sua 1a parceria no Porto, exatamente no mês de julho, e a nossa meta é criar parcerias em muitas outras cidades pelo mundo, mostrando o grande valor que nossa moda nacional tem.

Em resumo, todos nós envolvidos de alguma forma com o CI®, tem paixão, tem um coração que bate forte no peito, tem ginga, tem bossa, tem singularidade e consciência sobre todo o sistema que move o meio ambiente e o indivíduo. Tem muito mais amor envolvido nessa história!”

 

 Endereço: Rua Marechal Raul de Albuquerque, 2 – sala 705 . Charita, Niterói – RJ

Telefone: (21) 2710-7181

Celular: +351 918 012 082
Email: colecaoilimitada@gmail.com

AC

Exposição imperdível: a melhor que vi em NYC!

 

Na entrada, somos recebidos por estes “looks” incríveis!

 

“Para que algo seja belo, não precisa ser bonito”… Com esta frase, a genial estilista Rei Kawakubo definiu sua estética e rompeu as barreiras convencionais de beleza, bom gosto e usabilidade da moda, nos anos 80, então capitaneados pelo grande Yves Saint-Laurent e seus “looks” extremamente sofisticados, mas que realçavam a silhueta feminina de maneira tradicional.

 

A mostra é organizada em 9 seções, seguindo dualismos estéticos como “ausência/presença”, “design/not design”, “moda/antimoda”, “alto/baixo”ou “high/low”, como nesta foto!

 

Quantos estilistas não beberam desta fonte!

 

Este vestido mais parece uma instalação…

 

Para homenagear esta artista espetacular que, há 40 anos continua absolutamente avant-garde, o “Costume Institute” do Metropolitan Museum de NYC organizou uma deslumbrante exposição sobre sua obra. Muito mais que uma retrospectiva, a mostra temática é impactante do começo ao fim.

 

Entre o esportivo e super “habillé”…

 

Raridade: estampas nos “looks” de kawakubo.

 

Vejam as golas! Me lembrei dos pintores holandeses do século XVII…

 

Assim, e sem maiores explicações, somos levados a um passeio fantástico por entre vestidos/esculturas que enchem nossos olhos de uma estranha beleza e nos fazem pensar em como os “experimentos revolucionários” da Comme des Garçon, “label” de Rei Kawakubo, conseguiu ganhar as ruas e se perpetuar, mudando o visual de nossos guarda-roupas para sempre.

 

Amei estes cabelos eriçados como num susto!

 

As cabeças dos manequins são um capítulo à parte…

 

Confesso que a exposição foi especialmente impactante para mim, pois cheguei meio às escuras mas sai completamente deslumbrada com tudo que vi e aprendi. Exposição linda, que tem layout simples e elegante, onde reina, absoluta, a moda de Kawakubo, que teve os visuais completados por cabeças mirabolantes e geniais concebidas por Julien d’Ys! Verdadeiro show, que fica no MET até 4 de setembro de 2017.

 

Vestidos ou esculturas?! Parte 1

 

Vestidos ou esculturas?! Parte 2… Este parece origami!

 

Só para ilustrar, fiquem com a definição do curador da mostra, Andrew Bolton, para “REI KAWAKUBO/COMME DES GARÇON: ART OF THE IN-BETWEEN”: “Rei torna supérfluo o debate sobre a separação entre moda e arte”! Falou e disse! BN

 

Nunca vi nada parecido…

 

A maioria dos 140 “looks” da exposição são monocromáticos.

 

 

 

 

Tatiana Carvalho faz cestas deslumbrantes e como sou apaixonada por cestas, fiquei encantada. Tati é uma artista, e desenvolve cada bolsa de uma jeito, a exclusividade dos modelos e a originalidade fazem delas objetos únicos.  Ela me contou que traz todo o material de viagem, e cria com muita imaginação cada modelo.

Tati tem um ateliê em sua casa onde também dá aulas de pintura.

Vejam que deslumbre a sua cestaria !

 

Contato Tatiana Carvalho: + 55 21 98777 4273.

Instagram : @ateliertati

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...