Olhando  as fotos  do lixo pós réveillon, me veio uma ideia à cabeça:

Em Angra, todos os verões, a revista Náutica distribui no mar uma revista que entre outras coisas dá dicas de passeios pela região e também tenta ajudar ao meio ambiente com a seguinte campanha “ só jogue no mar o que o peixe pode comer” e informando o tempo de decomposição de materiais usualmente jogados nos mares, rios e lagos..

Nem precisamos sair do brasil para vermos que uma boa campanha e vigilância ajudam bastante. Fernando de Noronha é a cidade mais limpa que conheço.  Tem lixeiras a cada poucos metros umas das outras, cinzeiros improvisados para que não se jogue a guimba na areia, informativos, campanhas e etc. (vide post Fernando de Noronha)

Eu faço a minha parte, na minha casa em Angra Dos Reis, coloquei em cada quarto um cartão com o tempo de decomposição do lixo.

É tão simples, colocar o lixinho no carro, levar um saquinho de lixo para a praia, levar o  lixo para casa…..

Será que uma campanha semelhante à essa da revista Náutica não poderia estar espalhada em outdoors pela nossa cidade?

Alô, Alô,  Eike Batista, você que é o maior amigo do Rio, deixo essa idéia no ar….

Vejo os garis todos os dias bem cedinho varrendo as praias, um trabalho braçal absurdo que poderia ser reduzido…..vejo as ilhas desertas e lindas de Angra amanhecendo imundas com o lixo que o vento levou de outras margens sujas…..

Fico triste, nosso Rio é tão maravilhoso! Se fosse limpo seria perfeito!

Li em algum lugar, o que vários famosos pediriam ao Eike caso ele fosse o Papai Noel. Nao sou famosa mas sou carioca, e aí vai meu pedido: Eike, ajude o Rio nessa também!!!  PEIXES E PEIXAS, vão fazer parte do seu fã clube.

O carnaval vem aí vamos fazer um bonito?

Vivi Rocha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...