MARVIN HAMLISCH, um genio que partiu, mas sua obra é FOREVER…

 

 

 

Todas as maravilhosas músicas do incomparável MARVIN HAMLISCH, marcaram minha adolescencia, juventude, e minha vida. Momentos alegres, tristes, importantes, sem eu perceber, tinham o fundo musical de sua genialidade, em canções inesquecíveis…

 

 

Musicais da Broadway que assisti várias vezes, por pura paixão, como CHORUS LINE ( vi 8 vezes…) e THEY ARE PLAYING OUR SONG, e filmes inesquecíveis como James Bond- “O espião que me amava”, “Nosso amor de ontem” e “Golpe de Mestre”, fizeram parte de sua carreira premiadíssima com Oscars, Emmys e Tonys…

 

 

 

Compositor e maestro, o americano Marvin Hamlisch, faleceu em Los Angeles aos 68 anos de idade, esta semana, e quero aqui prestar nossa homenagem a este genio da música, que para sempre será lembrado.

Marvin Hamlisch nasceu em Nova York, em 1944, e fez seus estudos musicais na concorrida Juilliard School de New York, onde entrou aos 7 anos, e no Queens College.

Ele começou sua carreira na Broadway como pianista, antes de se lançar na composição de canções para filmes e musicais.

Marvin foi dos poucos artistas a conquistar os quatro prêmios mais importantes dos Estados Unidos: três Oscars (cinema), quatro Grammys (música), quatro Emmys (televisão) e um Tony (teatro), além de dois Golden Globes.

Recebeu seus três Oscars na mesma noite, em 1974, pela canção e música do filme “Nosso amor de ontem”, de Sydney Pollack, e pela melhor adaptação musical de “Golpe de mestre”, de George Roy Hill, para o qual adaptou as composições de Scott Joplin.

 

 

 

Seu musical “A Chorus Line” (1975), que lhe valeu o Tony e um prêmio Pulitzer.

Ainda entre os musicais, assinou as partituras de “They’re Playing Our Song” (1978), “A garota do adeus” (1993) e “Sweet Smell of Success” (2002).

 

 

 

No cinema, Marvin Hamlisch assinou composições originais de mais de 40 filmes, entre eles “007 – O espião que me amava” (1977), “Gente como a gente” (1980), “A escolha de Sophia” (1982), “Três homens e um bebê” (1987) e “Frankie e Johnny” (1991).

Sua última composição para o cinema foi em 2009, para “O informante” de Steven Soderbergh.

Marvin Hamlisch era amigo íntimo de Barbra Streisand, que atuou ao lado de Robert Redford em “Nosso amor de ontem”. Ele foi diretor musical de suas turnês americana e britânica em 1994, e do programa para a televisão “Barbra Streisand: The Concert”, que lhe valeu dois Emmy Awards.

 

 

No show de ano novo que Barbra Streisand fez em Las Vegas, ele foi regiamente e merecidamente homenageado. Amigos comuns sempre contaram o quão doce, simples, sem nenhuma pretensão, e talentoso este grande artista era.

Aqui no 40 FOREVER, um pouco dos maravilhosos momentos que ele nos proporcionou com suas músicas, cantadas por grandes nomes !

AC

 

 

 

 

 

MARVIN HAMLISCH entre Jon Corzine e Lily Safra, sua grande amiga

 

Marvin Hamlisch e Barbra Streisand

 

Marvin e Liza Minelli

 

Terre e Marvin Hamlisch

 

AC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 ideias sobre “MARVIN HAMLISCH, um genio que partiu, mas sua obra é FOREVER…

  1. AC querida a homenagem esta linda.
    Marvin Hamlisch sera sempre lembrado pela sua lealdade, humildade,grande senso de humor alem de genio pelos maravilhosos arranjos musicais e letras que escreveu sozinho ou com maravilhosos parceiros.
    Amei o seu post!
    Saudades,Bjs
    A

  2. Genio da musica, talento e sensibilidade de sobra, que perda para todos os amigos e para nós que gostamos de ouvir o que ha de mais belo .

  3. Que post maravilhoso, AC!
    Que saudades me deu das lindas musicas compostas e arranjadas por ele, interpretadas por esses cantores divinos e inesquecíveis.
    Foi emocionante! Que pena que ele se foi!
    Mas seu legado será sp lembrado por tds as pessoas sensíveis…
    Bjs e obrigada por lindas recordações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *