O SUPER LEILÃO DA BOLSA DE ARTE!

Jones Bergamin além de ser um amigo queridíssimo é dos maiores leiloeiros e marchands do Brasil e faz da sua Bolsa de Arte, com galeria no Rio e em Sampa, um endereço obrigatório pra quem ama o mundo das artes. Passo por lá, muitas vezes, só pra assuntar e bater um maravilhoso papo: invariavelmente saio de queixo caído, pois sempre tem uma peça estonteante, pra tirar o nosso fôlego.

Hoje, ele visita o BLOG pra falar sobre seu primeiro leilão de 2012, responde e disserta sobre o tema.

Jones Bergamin, na foto com sua linda mulher Paula, visita nosso Blog!

” BATE BOLA” COM JONES BERGAMIN:
BN: Qual a maior raridade deste leilão?
JB: O lote 40, “Transformável”, da artista Mira Schendel. É uma obra que eu nunca ví disponível no mercado antes, uma verdadeira raridade.
BN: Qual o lote que você acha que vai bombar?
JB: O lote 35 , “Vista de Ouro Preto”, de Guignard.
 BN: Qual é o lote pra quem quer fazer um grande negócio?
 JB: O lote 50 , “Em Flor”, de Adriana Varejão.
BN: Qual o lote que você levaria pra casa?
 JB: Como sou colecionador de Volpi, levaria o lote 28 para casa.
BN: Qual o lote de quem quer prever o futuro?
 JB: O lote 81, uma tela de Wanda Pimentel.

 

JONES BERGAMIN FALA SOBRE O LEILÃO: “Nosso primeiro leilão, deste ano, será no dia 26 de abril de 2012, quinta -feira que vem, às 21:00 horas. Desta vez vamos fazê-lo em São Paulo, na galeria da “Bolsa de Arte”, nos “Jardins”. A exposição do leilão está acontecendo no mesmo lugar e fica até o dia 24 de abril, das 11 às 21 horas.

Este convite, abaixo, é para todos vocês!

Passamos quatro meses selecionando os melhores trabalhos de arte moderna, contemporânea e design e conseguimos reunir quase 200 peças inéditas no mercado. Desde um Di Cavalcante, “Mulheres”, de 1940, que estampa a capa do catálogo até um lindo azulejo da carioca Adriana Varejão.

Um dos "superstars" do leilão e a capa do catálogo, o quadro "Mulheres", de Di Cavalcante, 1940, mede 100X81 e sua venda está estimada entre R$ 2800 000 - 3400 000!

O lindo azulejo de Adriana Varejão," Em Flor" : AMO! Medida: 110X110 e estimativa: R$ 500 000 - 700 000!

Preparamos o catálogo com belas reproduções de todos os lotes, que está sendo enviado aos nossos clientes, aos maiores colecionadores e aos museus do país, nesta semana.

 

Contra capa do catálogo: Antônio Bandeira que é uma pequena jóia, "Cidade", de 1951, estimativa de R$ 400 000 a 600 000!

Para quem preferir, clique aqui e acesse nosso site para ver os lotes on-line ou baixar um PDF do catálogo.
Temos grandes exemplares da arte moderna brasileira, como uma bela marinha de Pancetti, óleos de Cícero Dias, uma paisagem de Ouro Preto de Alberto da Veiga Guignard, duas cidades de Bandeira, duas Ogivas de Alfredo Volpi…

De Pancetti, "Saquarema" em 1955: Lindo e pra quem é surfista o interesse dobra! Estimativa: R$ 350 000 a 450 000, medindo 41X35!

Cícero Dias, "Paisagem com bondinho do Pão de Açúcar", 100x81, deR$ 260 000 a 380 000!

Outra pérola é este Guignard de 1955, " Ouro Preto", sonho de consumo pra quem tem, como eu, raízes mineiras... Estimado em R$ 400 000 a 500 000!

Mas este leilão também apresentará um lote magnífico de obras contemporâneas: uma linda tela de Betriz Milhazes, uma belissíma escultura de Tunga, um grande trabalho de Leda Catunda e um díptico de Antonio Dias maravilhoso.

Escultura de Tunga, da série "Cadentes Lácteos", 1989, medindo 46X75X51, e estimada de R$ 120 000 - 160 000!

"DÏptico", de Antonio Dias, 1985, 120X160 e estimado de R$ 300 000 - 4000 000!

E não paramos por aí. Leiloaremos, também, um conjunto de obras concretas, dos anos 50, como um “Metaesquema” de Hélio Oiticica, um óleo de Fiamingui, um “Transformável” de Mira Schendel, dois mármores de Sérgio Camargo além de outros vários trabalhos de igual importancia.

"Metaesquema" de Hélio Oiticica, guache sobre papel, medindo 43.5X52.5 e estimado em R$ 450 000 - 550 000!

"Transformável", Mira Schendel, em acrílico e alumínio, dimensão variável, estimado em R$450 000 - 500 000!

Para fechar com chave de ouro, a Bolsa de Arte apresenta uma coleção raríssima do mobiliário de Joaquim Tenreiro, o maior mestre da madeira brasileira, composto por dois conjuntos de sofá, poltronas, mesas de jantar entre outras peças”. JONES BERGAMIN

Tenreiro: conjunto de sofá e poltronas, década de 60, jacarandá e veludo, estimativa entre R$ 50 000 - 70 000!

Linda cadeira de balan,co em jacarandá e couro, by Tenreiro, estimada em R$ 40.000 - 50 000!

Este último lance é seleção BN: Cadeira Irmãos Campana, Dolphin Chair, 2002, bichos de pelúcia e aço inoxidável, avaliada entre R$ 30 000 - 50 000!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 ideias sobre “O SUPER LEILÃO DA BOLSA DE ARTE!

  1. ´NA AMÉRICA DO SUL E NO BRASIL NÃO EXISTE UM MERCADO DA ARTE,QUE VOÇE TENHA UMA PRODUÇÃO DE OBRAS DE ARTES MESMO PORQUE A PROFESSÃO DE ARTISTA NÃO E ASUMIDA POR FALTA DE FORMAÇÃO DE ARTISTA CURADORES O QUE VEMOS SÃO NEGOCIOS DE OBRAS CONSAGRADA REPASADAS DE MÃO EM MÃO COMO BOLSA DE VALORES TIMIDA Y LIMITADA , AS FACULDADAE FORMAN DEPENDENTES DE PATROCINIOS E DONATIVOS EM CONVENIOS COM RECURSOS PÚBLICOS É NÃO EM PROFESIONAES COMPETITIVO POR EXCELENCIA DA SUA PRODUÇÃO SER VERDADEIRAS OBRAS DE ARTE

  2. meu nome e alcino tenho 03 quadros do pintor jaime ponciano que eram do meu irmao e pretendo vende-los quero saber se há interesse da sua parte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *