OPALA

Opalas Preciosas Australianas

 

Na Idade Média acreditava-se que as Opalas traziam sorte…

Hoje, super na moda em anéis, brincos e jóias diversas e divinas, são também consideradas talismãs de “Boa Fortuna”.

Naturais da Austrália, que concentra 97% da produção mundial, elas brilham como num arco-íris, numa gama infinita de cores.

Numa época muito distante da nossa, nas lendas e contos que cercam os aborígenes da Austrália, dizia-se que o Criador descia à Terra num arco-íris, para trazer uma mensagem de paz para todos os seres humanos. Em cada lugar que Ele pisou, naquele chão, as pedras se tornaram vivas e começaram a brilhar em todas as cores do arco-íris… Assim teriam surgido as Opalas!

 

Essas são mexicanas

 

Opalas Preciosas Brancas

Existem duas categorias de Opalas: as Preciosas e as de Fogo. As Preciosas mais importantes e raras tem o chamado “Play of Color”, pois quando a luz passa, elas ficam com as cores do arco-íris: Pontos vermelhos ( melhor qualidade quando esta cor prevalece), amarelos e azuis. As Opalas Preciosas vão das transparente às opacas. As Opalas de Fogo variam do amarelo ao laranja fogo.

Agora pasmem: existem Opalas no Piauí ( pouquíssimas)! Aprendi com nosso gemólogo favorito e competentérrimo, Daniel Sauer, que me deu uma aula interessantíssima sobre o tema.

AC

Brincos maravilhosos de Kimberly McDonald, com brilhantes rose cut, safiras rosas e rubis

 

Opala Negra, safiras e brilhantes

 

 

 

Michelle Obama, com brincos de Opala

Opalas de Fogo, AMSTERDAM SAUER

 

Opala Preciosa Branca, natural do PIAUÍ!!! AMSTERDAM SAUER

 

Kimberly McDonald

 

Amy Adams e suas jóias de Kimberly McDonald

 

Anel espetacular de Kimberly McDonald

 

O que são estes brincos? OMG! Kimberly McDonald e suas Opalas negras divinas!

 

Lindos!

 

Opala negra

 

Opala Preciosa com brilhantes azuis e verdes, SARA

Outra Opala Preciosa da SARA, numa "monture" linda e especial!

 

AC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

13 ideias sobre “OPALA

  1. Credo, Fofa!!! E jurava q a opala era urucubenta!!! Kkkkkkkk!!! Lendo 40Forever e aprendendo!!! Hehehehe!! Vou providenciar uma urgente! Bjsss

  2. AC, muito boa sua exposição sobre opalas. Sou do Piauí e em Pedro II, (PI) temos minas e a produção não é tão pequena assim não! Sr. Sauer! Fique de olho! Adorei visitar seu museu !Parabéns!
    Nunca ouvimos falar que eram agourentas! Nunca mesmo!

Deixe uma resposta para Ana Cecília de Magalhães Lins Lacerda Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *