VALE REVER “QUANDO A ARTE PÕE A MESA”


Usei um serviço americano com "toile de Jouy" com desenho de prédios de Niemeyer. Pedi pra fada Nadia Alves de Souza que bordasse sua assinatura nos guardanapos.

Usei um serviço americano com estampa “toile de Jouy” cujo tema era desenho de prédios de Niemeyer/vistas emblemáticas cariocas: Amei este encontro. Pedi pra fada Nadia Alves de Souza que bordasse sua assinatura nos guardanapos.

 

Estou convencida que meu computador tem um “buraco negro” sugador de fatos e fotos, com vida própria e sentimentos nobres também: “Regreats, it had a few”…

Como foi com este jantar, que dei durante a Arte Rio 2013, para as queridas de uma amiga portuguesa que amo, proprietária da maravilhosa Galeria Baginski. O registro, que sumira há tempos, como num passe de mágica e, do nada, reapareceu em meu arquivo.

Mostro pra vocês, então, as fotos da mesa que fiz em torno do grande artista Oscar Niemeyer, tema que achei que combinava com minha adorada homenageada. BN

 

A MESA:

 

Com o essencial.

Com o essencial.

 

De outro ângulo!

De outro ângulo, para vermos as flores.

 

DETALHES:

 

Usei uma escultura de Oscar Niemeyer como centro de mesa!

Usei uma escultura de Oscar Niemeyer como centro de mesa!

 

"Visão aérea" do centro da mesa.

“Visão aérea” do centro da mesa.

 

Detalhe de um dos lugares.

Detalhe de um dos lugares.

 

Velas acesas esperando as convidadas...

Velas acesas esperando as convidadas…

 

Entrada: suflê de queijo com calda de camarão (ao lado, na mini molheira, por conta dos alérgicos).

Entrada: suflê de queijo com calda de camarão (Esta à direita, na mini molheira, por conta dos alérgicos).

 

O “APARADOR”:

 

Usei, para florir o jantar, um conjunto de mini orquídeas que achei na nossa beloved Cadeg!

Usei, para florir o jantar, um conjunto de mini orquídeas que achei na nossa beloved Cadeg!

 

O cardápio...

O cardápio…

 

Como a homenageada é portuguesa, a sobremesa eram doces brasileiros e jabuticaba, pra as "diets".

Como a homenageada é portuguesa, a sobremesa eram doces brasileiros e jabuticaba, pra as “diets”.

 

... E mais os queijinhos que amamos com nossos doces!

… E mais os queijinhos que amamos com nossos doces: Catupiry, requeijão, queijo meia cura Solidão.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 ideias sobre “VALE REVER “QUANDO A ARTE PÕE A MESA”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *