VALE VER DE NOVO: BALA DE CAFÉ, JÓIA RARA!

 

Esta receita é uma preciosidade, vocês vão ver!

Na minha infancia, em casa de meus avós, cada vez que minha tia, Graciema Mello Franco de Andrade chegava, carregando uma lata com as famosas balas de café feitas por ela, era um Deus nos acuda, todo mundo queria! Inesquecível a delícia das balas e os momentos do “toma lá da cá”, entre os muitos primos que somos. Parecia um formigueiro de crianças em cima de uma lata!

Durante anos pensei em como conseguir esta receita, e eis que sua neta, Maria, tinha o segredo do tesouro, agora aprimorado, super puxa-puxa, pois foram algumas obturações perdidas lá atrás… Mas vou dizer, valeu a pena cada uma perdida, fora que o dentista ficava radiante, vamos combinar!

Me contem depois se não é um sonho!

AC

BALA DE CAFÉ DA VOVÓ, por Maria Andrade

 

1  colher de sopa de farinha de trigo

1 gema de ovo

1 colher de sopa de Claybom

1 copo grande de leite

1 copo grande de café feito, forte

3 copos grandes de açúcar

8 colheres de sopa de mel

2 folhas de papel vegetal

 

MODO DE PREPARO

No fundo de uma panela coloca-se a farinha e a gema. Mistura-se bastante, para dissolver bem, sem embolotar. Junta-se o restante do leite. Mistura-se o açúcar, o café, o mel e a manteiga por último. Deixe ferver mexendo de vez em quando (mais ou menos 40 minutos no fogo médio).

 

O PONTO DE BALA: quando soltar da panela e ficar espumante.

Forra-se o mármore com manteiga. Derrame o caldo, espalhe e corte pelas pontas com uma tesoura untada.

 

AC

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 ideias sobre “VALE VER DE NOVO: BALA DE CAFÉ, JÓIA RARA!

  1. A empregada da minha avó também fazia essa bala deliciosa. Era assim mesmo, embrulhada neste papel! Ela era analfabeta e as balas se foram junto com ela… Agora, vcs descobriram a receita! Oba!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *