ALHO ASSADO: DIVINO!


O couvert maravilhosos do Bistrô Lorenzo, com o alho assado (bem em primeiro plano) pontificando!

A versão aqui de casa!

Antigamente, o destino gastronômico do alho era quase a sarjeta já que, tirando o refogado, a Genny dos acepipes só levava pedrada e, no máximo, pegava um posto pra espantar vampiro!

Sua vida, rumo ao estrelato, mudou no dia que o charmoso Bistrô Lorenzo o entronizou em seu “couvert”, numa versão assada, que não deixa rastro, nem cheiro e é uma verdadeira delícia: meu marido ficou viciado e comecei a tentar reproduzí-lo em casa.

Faço uma pausa pra dizer que este post é em homenagem à nossa querida leitora “Miriam fac”, nome como está em seu email: promessa cumprida, eis aqui sua receita!

Pois voltando às tentativas, que não foram poucas, mesmo com a ajuda do querido Janjão Garcia seu criador, conseguimos reproduzí-lo em casa finalmente e dúzias de alhos depois, graças à técnica da Irene e meus leigos palpites: Fiquem com a receita!

INGREDIENTES:

1 alho inteiro grande, de preferência roxo;
Azeite muito bom;
Flôr de sal.

PREPARO:

Corte as pontas de  cima dos dentes do alho, tomando cuidado para não desmantelá-lo. Colocá-lo para assar, no forno, pré-aquecido, durante uns 10 minutos. Retire o tabuleiro, reque ligeiramente o alho com “um fio” de azeite, polvilhe-o com a fl6or de sal e ponha-o para assar, de novo, por mais uns 5 a 7 minutos, dependendo do “ponto”que queira dar.

OBS: O processo é o mesmo pra qualquer quantidade que você desejar!
Faça e me conte se deu certo! BN

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário